Gegradi_200

O escritório Rui Juliano – Perícias, proprietário do curso, a fim de definir a carga horária, de forma acadêmica, qualificada e transparente, solicitou um Parecer ao GEGRADI – pertencente à Universidade Federal de Pelotas – UFPEL, para que determinasse esta quantificação. 

O Curso de Perícia Judicial Online, na modalidade a distância, teve como ponto de partida a transposição do conteúdo do curso estruturado e ministrado de forma presencial. Para esta transposição foi estruturado o projeto PER_on, desenvolvido por pesquisadores do grupo GEGRADI, vinculados ao Departamento de Desenho Técnico e Gráfica Computacional da Universidade Federal de Pelotas, estabelecendo uma parceria com a Empresa Rui Juliano – Perícias que atua na área de Perícias Judiciais e ministra os cursos na modalidade presencial. Para elaborar um parecer referente a definição da carga horária do Curso de Perícia Judicial Online, considerou-se inicialmente parâmetros extraídos do curso presencial, relativamente ao número de horas do Curso e a equivalência de conteúdo entre curso presencial e curso a distância. Avaliou-se também as tendências nacionais e internacionais relativas ao estabelecimento de carga horária para cursos, que consideram igualmente o trabalho efetivamente desenvolvido pelos estudantes. Tendo como base estes referenciais, analisaram-se os parâmetros que definem o atual curso “Perícia Judicial Online ” considerando-se toda a dinâmica proposta para o Curso. Sugere-se, finalmente, dois critérios para a definição de carga horária, um deles considerando a versão do curso com turmas teste e outro considerando a possibilidade de uma versão diferenciada que ofereça um grau de complexidade mais elevado nas atividades propostas e nos temas para discussão.

Considerando-se a análise dos parâmetros mencionados anteriormente e as tendências mundiais, somos de parecer que o Curso “Perícia Judicial Online” na proposta atual considere uma carga horária de 25 horas/créditos para a validação das horas dedicadas a aprendizagem dos estudantes.

Pelotas, junho de 2006

Neusa Rodrigues Félix
Professora Titular, PhD
Líder do Grupo GEGRADI
Coordenadora da Especialização em Gráfica Digital – DTGC-IFM
Universidade Federal de Pelotas

Veja o Parecer completo clicando aqui