NBR8769 – Diretrizes para especificação de um sistema de proteção completo
Fixa diretrizes necessárias para a especificação de um sistema de proteção completo, bem como as especificações para tais sistemas, de maneira a complementar as especificações para as partes componentes desses sistemas.

NBR8770 – Tubo de zircaloy sem costura para a fabricação de elementos combustíveis
Fixa condições exigíveis para os tubos de zircaloy sem costura destinados à fabricação de elementos combustíveis.

NBR8771 – Acido clorídrico comercial – Determinação da acidez pelo método volumétrico
Prescreve método para determinação da acidez no ácido clorídrico comercial, pelo método volumétrico, expressa como porcentagem em massa de HCl.

NBR8772 – Fertilizantes e corretivos da acidez dos solos – Determinação de cálcio pelo método permanganométrico
Prescreve método para determinação de cálcio pelo método do permanganométrico em fertilizantes e em corretivos da acidez dos solos contendo ou não fosfato.

NBR8773 – Fertilizantes – Determinação de boro
Prescreve método para determinação de boro em fertilizantes.

NBR8774 – Butilato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação quantitativa e qualitativa do butilato.

NBR8775 – Captan – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação quantitativa e qualitativa do Captan através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR8776 – Mirex – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação qualitativa e quantitativa do Mirex.

NBR8777 – Metidation – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Metidation, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR8778 – Vamidotion – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação quantitativa e qualitativa do Vamidotion.

NBR8779 – Carbofuran – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Carbofuran.

NBR8780 – Pirimicarb – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Pirimicarb.

NBR8781 – Captafol – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Captafol.

NBR8782 – Molinate – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Molinate.

NBR8783 – Tebutiuron – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Tebutiuron.

NBR8784 – Pirimifos-metil – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Pirimifos-metil.

NBR8785 – Permetrina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Permetrina.

NBR8786 – Cipermetrina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Cipermetrina.

NBR8787 – Secbumeton – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Secbumeton.

NBR8788 – Metobromuron – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Metobromuron.

NBR8789 – Clorobromuron – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Clorobromuron.

NBR8790 – Bromopropilato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Bromopropilato.

NBR8791 – Napropamida – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Napropamida.

NBR8792 – Terbutrin – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Terbutrin.

NBR8793 – Prometone – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Prometone.

NBR8794 – Profenofos – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Profenofós.

NBR8795 – Vernolato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Vernolato.

NBR8796 – Eptc – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de EPTC.

NBR8797 – Espuma flexível de poliuretana – Determinação da deformação permanente à compressão
Prescreve método para determinação da deformação permanente à compressão de espuma flexível de poliuretano.

NBR8798 – Execução e controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto
Fixa condições exigíveis que devem ser obedecidas na execução e no controle de obras em alvenaria estrutural de blocos vazados de concreto, não armada, parcialmente armada e armada.

NBR8799 – Avaliação de imóveis rurais
Fixa as condições exigíveis para a avaliação de imóveis rurais dos seus frutos e dos direitos sobre os mesmos, e tem por objetivo: classificar a natureza dos imóveis rurais, dos seus frutos e dos direitos a avaliar; instituir a terminologia, as converções

NBR8800 – Projeto e execução de estruturas de aço de edifícios (método dos estados limites) (NOTA:2 ERRATAS INCORPORADAS)
Fixa condições exigíveis a que devem obedecer o projeto, na execução e na inspeção de estruturas de aço para edifícios, executados com perfis laminados ou soldados não híbridos e com ligações feitas por parafusos ou soldas, baseada no método dos estados

NBR8801 – Materiais pozolânicos – Determinação do teor de umidade
Prescreve método para determinação do teor de umidade dos materiais pozolânicos.

NBR8802 – Concreto endurecido – Determinação da velocidade de propagação de onda ultra-sônica
Prescreve método de ensaio não-destrutivo para determinar a velocidade de propagação de ondas longitudinais, obtidas por pulsos ultra-sônicos, através de um componente de concreto.

NBR8803 – Perfil extrudado a base de cloreto de polivinila (PVC) para juntas de estruturas de concreto
Estabelece requisitos e condições necessárias exigíveis no recebimento de perfil extrudado a base de cloreto de polivinila (PVC) para aplicação em juntas de estruturas de concreto.

NBR8804 – Perfil extrudado à base de elastômeros para juntas de estrutura de concreto – Determinação de características físicas, extração acelerada e efeito de álcalis
Prescreve método para execução de ensaios em perfil extrudado à base de elastômeros, para aplicação em juntas de estruturas de concreto.

NBR8805 – Cálculo de serpentina de aquecimento a vapor de tanques de embarcações
Fixa condições exigíveis para a execução de cálculo de serpentinas de aquecimento a vapor de tanques de embarcações.

NBR8806 – Condições básicas para projeto de ar condicionado para sala de controle da praça de máquinas de navios mercantes
Fixa condições exigíveis para o cálculo do ar condicionado na sala de controle da praça de máquinas de navios mercantes, para serviço irrestrito.

NBR8807 – Cálculo da ventilação para praça de máquinas de embarcações mercantes de propulsão diesel
Fixa condições exigíveis para o cálculo e projeto da ventilação em praças de máquinas de embarcações mercantes de propulsão diesel.

NBR8808 – Eixo veicular auxiliar para ônibus
Fixa condições exigíveis e recomendadas para a adaptação do eixo veicular auxiliar em chassi novo para construção de carroceria de ônibus rodoviários, originalmente equipados com dois eixos veiculares, visando atender aos princípios da boa técnica, a manu

NBR8809 – Cimento Portland – Determinação do calor de hidratação a partir do calor de dissolução
Prescreve método pelo qual deve ser executado o ensaio para a determinação do calor de hidratação de cimento, por meio da medida do calor de dissolução do cimento anidro e de uma porção do mesmo parcialmente hidratada, durante um determinado período.

NBR8810 – Revestimentos têxteis de piso – Determinação da resistência à abrasão
Prescreve métodos para determinação da resistência à abrasão da camada útil de revestimentos têxteis de pisos.

NBR8811 – Máquina de fiação a rotor
Define termos sobre filatórios a rotor.

NBR8812 – Tubetes cilíndricos – Diâmetro interno e comprimento
Padroniza diâmetros internos e comprimentos de tubetes cilíndricos empregados no setor têxtil.

NBR8813 – Protetivos temporários contra corrosão – Verificação do poder desagüante
Prescreve método para verificação do poder desaguante de protetivos temporários contra corrosão sobre superfícies de aço.

NBR8814 – Minérios de ferro – Determinação do teor de silício por gravimetria (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Prescreve método para determinação do teor de silício em minérios de ferro naturais, concentrados e aglomerados, incluindo sínter, por gravimetria.

NBR8815 – Cal virgem para aciaria – Determinação da reatividade pelo método WÜhrer
Prescreve método para determinação da reatividade da cal virgem para aciaria, por neutralização progressiva da alcalinidade liberada na sua hidratação, com solução de ácido clorídrico 4N.

NBR8816 – Cal virgem para aciaria – Determinação de perda ao fogo, anidrido silícico mais resíduo insolúvel, óxido de cálcio e óxido de magnésio
Prescreve métodos para determinação de perda ao fogo e anidrido silício mais resíduo insolúvel (RI) por gravimetria e óxido de cálcio e óxido de magnésio por complexometria em cal virgem para aciaria.

NBR8817 – Ferrossilício – Determinação da composição química
Prescreve métodos para determinação de silício, alumínio, cálcio, fósforo e carbono em ligas de ferrossilício.

NBR8818 – Ferrofósforo – Determinação da composição química
Prescreve métodos para determinação de silício, manganês, cromo, fósforo, carbono e enxofre em ligas de ferrofósforo.

NBR8819 – Zinco e ligas de zinco – Determinação de chumbo e cádmio – Método polarográfico
Prescreve método para determinação de chumbo e cádmio em zinco e ligas de zinco.

NBR8820 – Ligas de zinco – Determinação de alumínio – Método volumétrico
Prescreve método para determinação de alumínio com teores entre 0,5 e 5,0% em ligas de zinco.

NBR8821 – Amostragem de níquel para análise química
Fixa condições exigíveis na amostragem de níquel para análise química.

NBR8822 – Níquel primário
Fixa condições exigíveis para o fornecimento do níquel primário refinado eletrolítico.

NBR8823 – Materiais metálicos revestidos e não-revestidos – Corrosão por exposição à névoa salina acética
Prescreve método para execução de ensaios de exposição à névoa salina acética em materiais metálicos revestidos e não-revestidos.

NBR8824 – Materiais metálicos revestidos e não-revestidos – Corrosão por exposição à névoa salina cuproacética
Prescreve método para execução de ensaios de exposiçãao à névoa salina cuproacética em materiais metálicos revestidos e não-revestidos.

NBR8825 – Amostragem de materiais refratários não-conformados
Fixa condições exigíveis para se fazer a inspeção em materiais refratários não-conformados, pela aplicação de planos de amostragem.

NBR8826 – Materiais refratários – Terminologia
Define termos técnicos relativos aos minerais, matérias-primas, processos, tratamentos e equipamentos empregados na fabricação de materiais refratários, bem como sua aplicação, suas propriedades, tipos de produtos, elementos construtivos, técnicas e equip

NBRISO8827 – Implantes para cirurgia – Grampos com pernas paralelas para uso ortopédico – requisitos gerais
Abrange os requisitos gerais e a especificação das dimensões e tolerâncias de grampos com pernas paralelas projetados para uso em cirurgia ortopédica.

NBR8827 – Materiais refratários – Determinação do tempo de retenção de água de argamassas
Especifica um método para determinar o tempo de retenção de água de argamassas, quando aplicadas em tijolos refratários.

NBRISO8828 – Implantes para cirurgia – Orientações sobre cuidado e manuseio de implantes ortopédicos
Fornece orientações sobre os procedimentos recomendados para manuseio de implantes ortopédicos (tais como os implantes metálicos, cerâmicos ou poliméricos atualmente utilizados, incluindo, também, resina acrílica e outros cimentos ósseos) a partir do rece

NBR8828 – Material refratário – Análise química de materiais refratários sílico-aluminosos
Prescreve métodos de determinação da perda ao fogo e do teor em silício, fósforo, alumínio, ferro, titânio, manganês, cálcio, magnésio e metais alcalinos dos materiais refratários sílico-aluminosos (até cerca de 45% de alumínio), expressos em óxido desses

NBR8829 – Materiais refratários básicos – Determinação da resistência à hidratação
Prescreve método para a determinação da resistência à hidratação dos materiais refratários básicos.

NBR8830 – Material refratário – Determinação do ataque por escória pelo método dinâmico
Prescreve método dinâmico para determinação do ataque por escória em materiais refratários densos, a altas temperaturas.

NBR8831 – Veículos rodoviários automotores – Caixa de mudanças e de transferência
Define os componentes da caixa de mudanças e de transferência utilizadas em veículos rodoviários automotores, excluídos os ciclomotores, as motonetas e as motocicletas.

NBR8832 – Direção hidrostática
Define termos aplicados para designar os componentes da direção hidrostática destinada a veículos industriais automotores, tratores e máquinas agrícolas, máquinas de terraplenagem e similares.

NBR8833 – Determinação da conformidade de veículos leves com os padrões estabelecidos para emissão de escapamento
Fixa condições exigíveis para a determinação da conformidade com os padrões de emissões de escapamento, de veículos rodoviários automotores leves.

NBR8834 – Ancoragem de bancos em automóveis
Fixa condições para a ancoragem de bancos em automóveis e camionetas de uso misto e de carga deles derivados.

NBR8835 – Bancos em automóveis – Análise da ancoragem
Prescreve método para análise da ancoragem de bancos em automóveis.

NBR8836 – Contraplacado de madeira para pisos de carro ferroviário
Fixa condições exigíveis para contraplacado de madeira, destinado à fabricação de piso para carro ferroviário.

NBR8837 – Iluminação esportiva
Fixa iluminâncias em serviço para a iluminação artificial de áreas esportivas, internas e externas.

NBR8838 – Transformadores para transmissão e distribuição de energia elétrica – identificação dos terminais e derivações.

NBR8839 – Maquinas elétricas girantes – identificações dos terminais e do sentido de rotação.

NBR8840 – Guia para amostragem de líquidos isolantes
Fixa condições para a amostragem de líquidos isolantes de recipientes e de equipamentos elétricos.

NBR8841 – Coordenação de isolamento fase-fase
Fixa condições para os níveis de isolamento fase-fase dos equipamentos utilizados em sistemas elétricos.

NBR8842 – Suportes metálicos treliçados para linhas de transmissão – Resistência ao carregamento
Prescreve método para verificação da resistência ao carregamento em suportes metálicos treliçados para linhas aéreas de transmissão e subtransmissão de energia elétrica.

NBR8843 – Aeroportos – Gerenciamento de resíduos sólidos
Estabelece procedimentos adequados ao gerenciamento dos resíduos sólidos e as alternativas que podem ser usadas em casos de emergência, com vistas a preservar a saúde pública e a qualidade do meio ambiente.

NBR8844 – Aeroportos – Controle de agentes vetores de doenças
Fixa as providências e estabelece as responsabilidades que possibilitam o controle de agentes vetores de doenças em aeroportos, de maneira que os interesses da saúde pública sejam presevados.

NBR8845 – Equipamento de apoio no solo – Rebocador de aeronaves – Requisitos
Especifica as características de um rebocador de aeronaves em aeroportos, doravante denominado “rebocador”. Determina os requisitos funcionais para um trator capaz de puxar ou empurrar aeronaves através de uma barra de tração.

NBR8846 – Castanha de apoio para macacos de aeronaves – Dimensões
Padroniza dimensões das castanhas de apoio para macacos de aeronaves.

NBR8847 – Macaco trípode – Espaço livre para apoio de aeronaves
Fixa espaço livre mínimo que deve existir sob os pontos de apoio principais da aeronave, de madeira a permitir o uso de macacos trípodes, conservando uma folga suficiente entre os macacos e a estrutura adjacente da aeronave.

NBR8848 – Aeroespacial – Braçadeira tipo presilha com amortecedor
Especifica dimensões de braçadeira tipo presilha com amortecedor para uso aeroespacial. Estas braçadeiras são para aplicações gerais, inclusive para prender feixes de cabos elétricos.

NBR8849 – Apresentação de projetos de aterros controlados de resíduos sólidos urbanos
Fixa condições mínimas exigíveis para a apresentação de projetos de aterros controlados de resíduos sólidos urbanos.

NBR8850 – Execução de suportes metálicos trelicados para linhas de transmissão
Fixa condições básicas para cálculo, projeto e fabricação de suportes metálicos trelicados, destinados às linhas aéreas de transmissão e subtransmissão de energia elétrica.

NBR8851 – Parafuso sextavado para uso estrutural – Dimensões
Padroniza dimensões de parafusos para uso estrutural, na classe de resistência 4.6S e de diâmetro de rosca M 10 até M 36 inclusive.

NBR8852 – Porcas sextavadas – Grau de produto C – Dimensões
Padroniza dimensões de porcas sextavadas de grau de produto C com rosca normal de diâmetros M 5 até M 36 inclusive.

NBR8853 – Porca sextavada de segurança para estruturas metálicas de linhas de transmissão e subestações
Padroniza dimensões e características mecânicas e de superfície das porcas sextavadas de segurança. Aplica-se às porcas sextavadas de segurança usadas para segurança do conjunto de fixação dos componentes das estruturas metálicas de linhas de transmissão

NBR8854 – Defeitos superficiais em parafusos
Fixa os limites admissíveis para vários tipos de defeitos superficiais que normalmente ocorrem na fabricação e no processamento em parafusos e prisioneiros.

NBR8855 – Propriedades mecânicas de elementos de fixação – Parafusos e prisioneiros
Fixa características mecânicas de parafusos e prisioneiros quando ensaiados à temperatura ambiente. As propriedades mecânicas variam com a temperatura alta ou baixa.

NBR8856 – Minério de ferro – Determinação de umidade
Prescreve método para determinação do valor médio do teor de umidade de uma partida de minério de ferro.

NBR8857 – Ouro refinado – Plaquetas, lingotes e barras
Padroniza plaquetas, lingotes e barras de ouro refinado a serem comercializados.

NBR8858 – Coque – Determinação da resistência ao estilhaçamento
Prescreve método para determinação da resistência ao estilhaçamento (shatter test) do coque.

NBR8859 – Correntes parasitas (eddy-current)
Define termos empregados nos ensaios que utilizam correntes parasitas, também conhecidas como correntes de Foucault.

NBR8860 – Tubos de aço – Detecção de descontinuidades por correntes parasitas (eddy-current), com saturação magnética
Prescreve método eletromagnético por correntes parasitas com saturação magnética, para detecção de descontinuidades do tipo corrosão por pite, vazios, inclusões, trincas ou variações dimensionais bruscas, em tubos de aço.

NBR8861 – Tubos de aço inoxidável austenítico e ligas similares – Detecção de descontinuidades por correntes parasitas (eddy-current), sem saturação magnética
Prescreve método para detecção de descontinuidades do tipo corrosão por pite, vazios, inclusões, trincas ou variações dimensionais bruscas, em tubos com e sem costura, de aço inoxidável nao austenítico ao cromo-níquel, considerado não-magnético, e de liga

NBR8862 – Tubos metálicos – Inspeção ultra-sônica de soldas longitudinais e em espiral
Prescreve método para detecção de descontinuidades de soldas longitudinais e em espiral em tubos metálicos.

NBR8863 – Tubos metálicos – Inspeção ultra-sônica em trajetória helicoidal
Prescreve método para detecção e localização de descontinuidades significativas, tais como pites, vazios, inclusões, rachaduras ou trincas, em tubos metálicos, usando técnicas pulso-refletivas de ultra-som por contato ou técnicas de imersão com emissão an

NBR8864 – Pecas refratarias densas tolerâncias dimensionais e de aspecto.

NBR8865 – Recipientes transportáveis de aço para gás liquefeito de petróleo (GLP) – Requalificação – Procedimento
Fixa as condições exigíveis para a requalificação de recipientes transportáveis de aço para gás liquefeito de petróleo (GLP).

NBR8866 – Recipientes transportáveis de aço para gás liquefeito de petróleo (GLP) – Seleção visual das condições de uso
Estabelece características mínimas exigíveis para a seleção visual das condições de uso dos recipientes transportáveis de aço para gás liquefeito de petróleo (GLP), nas instalações de enchimento.

NBR8867 – Açúcar
Define termos empregados para açúcar.

NBR8868 – Açúcar
Classifica diversos tipos de açúcar produzidos no Brasil.

NBR8869 – Açúcar refinado – Determinação de polarização
Prescreve método para determinação da polarização em açúcar refinado.

NBR8870 – Açúcar cristal e refinado – Perda por secagem
Prescreve método para determinação da perda de massa por secagem em açúcar cristal e refinado.

NBR8871 – Cana-de-açúcar
Define termos técnicos empregados na industrialização do açúcar, referentes a matéria-prima.

NBR8872 – Malation – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Malation.

NBR8873 – Trifluralina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa da trifluralina.

NBR8874 – Fenitrotion – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Fenitrotion.

NBR8875 – Endossulfan – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Endossulfan.

NBR8876 – Ometoato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação quanlitativa e quantitativa do ometoato, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR8877 – Calçado – Adesivo à base de elastômeros – Determinação do teor de sólidos
Prescreve o método de determinação do teor de sólidos em adesivos à base de elastômeros, utilizados em calçados. Aplica-se a adesivos que contenham componentes sensíveis à temperatura de ensaio.

NBR8878 – Solda manual e semi-automática para estrutura de embarcações – Qualificação de soldadores
Prescreve método para qualificação de soldadores em processo de solda manual e semi-automática, para estrutura de embarcações de aço.

NBR8879 – Apresentação do cálculo do trim e estabilidade de embarcações
Fixa informações mínimas que devem estar contidas no cálculo do trim e estabilidade de embarcações.

NBR8880 – Folheto de estabilidade de embarcações
Fixa informações mínimas que devem constar no folheto de estabilidade de embarcações.

NBR8881 – Porte bruto de embarcação
Fixa elementos a serem considerados no cálculo do porte bruto de uma embarcação.

NBR8882 – Inspeção final de bomba centrífuga naval
Fixa condições e requisitos exigíveis para a inspeção final, nas instalações do fabricante, de bombas centrífugas navais.

NBR8883 – Cálculos de comportas hidráulicas
Fixa condições mínimas exigíveis para o cálculo de comportas hidráulicas metálicas.

NBR8884 – Grandezas e unidades de medida na lavra aluvionar
Padroniza grandezas e unidades de medida do Sistema Internacional (SI), aplicadas na lavra aluvionar.

NBR8885 – Grandezas e unidades de medida na lavra a céu aberto
Padroniza grandezas e unidades de medida do Sistema internacional (SI), aplicadas na lavra a céu aberto.

NBR8886 – Grandezas e unidades de medida no alto-forno
Padroniza grandezas e unidades de medida do Sistema Internacional (SI), aplicadas ao alto-forno.

NBR8887 – Codificação de aço
Fixa condições exigíveis para a codificação dos aços padronizados.

NBR8888 – Refrigeradores e congeladores elétricos – Medição do consumo de energia
Prescreve métodos para medição do consumo de energia de refrigeradores, congeladores e combinados de uso doméstico, operados eletricamente.

NBR8889 – Tubo de concreto simples, de seção circular, para esgoto sanitário (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa condições exigíveis para tubos de concreto simples, de seção circular, destinados à condução de esgotos sanitários, sob pressão atmosférica.

NBR8890 – Tubo de concreto armado, de seção circular, para esgoto sanitário
Fixa condições exigíveis para a aceitação dos tubos de concreto armado, de seção circular, destinados à condução de esgotos sanitários, sob pressão atmosférica.

NBR8891 – Tubo de concreto armado, de seção circular, para esgoto sanitário – Determinação da resistência à compressão diametral
Prescreve método para a determinação da resistência à compressão diametral em tubos de concreto armado, de seção circular, para esgoto sanitário, sob pressão atmosférica.

NBR8892 – Tubo de concreto simples ou armado, de seção circular, para esgoto sanitário – Determinação do índice de absorção de água
Prescreve método para a determinação do índice de absorção de água em tubos de concreto simples ou armado, de seção circular, destinados à condução de esgoto sanitário, sob pressão atmosférica.

NBR8893 – Tubo de concreto simples ou armado, de seção circular, para esgoto sanitário – Verificação da permeabilidade
Prescreve método para a verificação do grau de permeabilidade em tubos de concreto simples ou armado, de seção circular, destinados à condução de esgoto sanitário, sob pressão atmosférica.

NBR8894 – Tubo de concreto simples, de seção circular, para esgoto sanitário – Determinação da resistência à compressão diametral
Prescreve método de determinação da resistência à compressão diametral em tubos de concreto simples, de seção circular, para esgoto sanitário, sob pressão atmosférica.

NBR8895 – Tubo de concreto simples ou armado, de seção circular, para esgoto sanitário – Verificação da estanqueidade de junta elástica
Prescreve método para verificação da estanqueidade de junta elástica de tubos de concreto simples ou armado, de seção circular, destinados à condução de esgoto sanitário, sob pressão atmosférica.

NBR8896 – Símbolos gráficos para sistemas e componentes hidráulicos e pneumáticos – Símbolos básicos e funcionais
Estabelece símbolos básicos e funcionais para a composição dos símbolos gráficos, a serem usados nos diagramas dos sistemas e componentes para hidráulica e pneumática.

NBR8897 – Símbolos gráficos para sistemas e componentes hidráulicos e pneumáticos – Transformações de energia
Estabelece princípios para o uso e especifica os símbolos de componentes de transformação de energia cinética em pressão e vazão, ou vice-versa, a serem usados nos diagramas dos sistemas para hidráulica e pneumática.

NBR8898 – Símbolos gráficos para sistemas e componentes hidráulicos e pneumáticos – Distribuição e regulagem da energia
Estabelece símbolos dos componentes usados para a distribuição e regulagem da energia, que normalmente são válvulas.

NBR8899 – Processamento de filmes radiográficos
Fixa as condições exigíveis para o processamento (revelação) manual de filmes radiográficos.

NBR8900 – Projeto, fabricação e instalação de escadas rolantes
Fixa condições exigíveis na elaboração do projeto, na fabricação e na instalação de escadas rolantes, para garantir: ao usuário condições de transporte com segurança; proteção de pessoas e objetos contra riscos de acidente durante trabalhos de operação, m

NBR8901 – DDT – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do DDT.

NBR8902 – Heptacloro – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação quantitativa e qualitativa do heptacloro, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR8903 – Endrin – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para a determinação quantitativa e qualitativa do Endrin.

NBR8904 – Acido fosfórico para uso industrial – Determinação de sólidos em suspensão pelo método de filtração
Prescreve método para determinação de sólidos em suspensão em ácido fosfórico para uso industrial, pelo método de filtração.

NBR8905 – Acido fosfórico para uso industrial – Determinação do teor de óxido de ferro pelo método do dicromato de potássio
Prescreve método volumétrico do dicromato de potássio para determinação do teor de óxido de ferro no ácido fosfórico para uso industrial.

NBR8906 – Acido fosfórico – Determinação do teor de flúor pelo método de destilação e titulação
Prescreve método para determinação do teor de flúor em ácido fosfórico, pelo método de destilação e titulação.

NBR8907 – Acido fosfórico – Determinação do teor de sulfato total pelo método gravimétrico
Prescreve método para determinação do teor de sulfato total em ácido fosfórico, pelo método gravimétrico.

NBR8908 – Acido nítrico para uso industrial – Determinação da acidez total pelo método titrimétrico
Prescreve método titrimétrico para determinação da acidez total em ácido nítrico para uso industrial, expressa como HNO3.

NBR8909 – Fosalone – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Fosalone, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR8910 – Espuma flexível de poliuretano – Determinação da resistência à compressão
Prescreve método para determinação da força necessária para produzir uma redução de 50% na espessura da amostra de espuma, aplicada sobre a área total de corpo-de-prova.

NBR8911 – Solventes – Determinação de material não volátil
Prescreve método para determinação quantitativa da matéria não volátil, em solventes voláteis para uso em tintas, vernizes, lacas e similares.

NBR8912 – Termômetros clínico e de ovulação de escala externa
Fixa condições exigíveis para os termômetros clínicos e de ovulação, de mercúrio em vidro com escala externa e com dispositivo de máxima, fabricados para medir a temperatura do corpo humano.

NBR8913 – Termômetros clínico e de ovulação de escala externa – Verificação de características
Prescreve métodos para termômetros clínicos e de ovulação de escala externa, aplicando-se a termômetros de líquido em vidro (mercúrio), utilizados na medição da temperatura em seres humanos.

NBR8914 – Termômetros clínico e de ovulação de escala externa
Define termos aplicáveis a termômetros clínicos e de ovulação de escala externa no que se refere a forma, dimensões e tolerâncias desses produtos.

NBR8915 – Látex de borracha de estireno/butadieno – Determinação de estireno residual
Prescreve método para determinação do estireno residual em látex de borracha sintética SBR.

NBR8916 – Adesivos à base de elastômeros – Determinação da densidade
Prescreve método para determinação da densidade de adesivos sob a forma líquida, à base de elastômeros.

NBR8917 – Sinalização vertical em aeroporto
Fixa condições exigíveis para o sistema vertical em aeroporto, tendo em vista o perfeito atendimento das necessidades de comunicação visual do usuário de aeroportos e os parâmetros de qualidade.

NBR8918 – Condições sanitárias em estabelecimentos que operam com alimentos, em aeroportos
Fixa condições higiênico-sanitárias mínimas exigíveis em estabelecimentos que operam com alimentos em aeroportos.

NBR8919 – Equipamento de apoio no solo para aeronaves – Sinalização
Especifica a pintura, identificação e iluminação de veículos e equipamento de apoio no solo usados nas áreas de movimentação de aeronaves e outras não destinadas ao uso pelo público nos aeroportos, com a finalidade de proporcionar segurança, eficiência e

NBR8920 – Identificação de linhas para uso aeroespacial
Fixa condições exigíveis para a identificação da função, função suplementar, indicação de pressão, perigo e direção de fluxo em linhas (tubos, mangueiras e conduítes) de uso aeroespacial.

NBR8921 – Aeroespacial – Braçadeira para marcação e identificação de tubo e mangueira
Especifica dimensões de braçadeira para marcação e identificação de tubos e mangueiras de uso aeroespacial.

NBR8922 – Fontes estabilizadas de alimentação – Corrente contínua (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Define termos relacionados com fontes estabilizadas de alimentação, que fornecem potência em corrente contínua a partir de uma fonte de corrente alternada ou contínua, para aplicação em computadores, laboratórios, transportes, telecomunicações, equipament

NBR8923 – Osciloscópios de raios catódicos
Prescreve método para inspeção dos osciloscópios de raios catódicos, fixando suas características.

NBR8924 – Veículos ferroviários equipados com motores térmicos e transmissões elétricas – Ensaios
Prescreve método de ensaio de veículos de tração ferroviária (locomotivas ou automotrizes) nos quais a potência motriz e fornecida eletricamente aos motores que acionam o veículo.

NBR8925 – Símbolo de natureza de corrente, sistemas de distribuição, métodos de conexão e elementos de circuito.

NBR8926 – Guia de aplicação de relés para a proteção de transformadores
Fixa condições para a orientação para a aplicação de relés e de outros dispositivos de proteção de transformadores de potência.

NBR8927 – Relés eletromecânicos de tudo ou nada – Ensaios
Prescreve métodos de ensaios de medição para relés eletromecânicos de tudo ou nada.

NBR8928 – Junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações
Fixa condições exigíveis para a aceitação de junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações e anel de borracha.

NBR8929 – Anel de borracha para tubos e conexões cerâmicos para canalizações
Fixa condições exigíveis para anéis de borracha, destinados a junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações.

NBR8930 – Anel de borracha para tubos e conexões cerâmicos para canalizações – Determinação da tensão de compressão
Prescreve método para determinação da tensão de compressão do anel de borracha destinado a juntas elásticas de tubos e conexões cerâmicos para canalizações.

NBR8931 – Anel de borracha para tubos e conexões cerâmicos para canalizações – Determinação do envelhecimento acelerado em estufa
Prescreve método para determinação da variação percentual dos valores originais da tensão de compressão, após envelhecimento em estufa, do anel de borracha de junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações.

NBR8932 – Anel de borracha para tubos e conexões cerâmicos para canalizações – Determinação da deformação permanente à compressão
Prescreve método para determinação da deformação permanente à compressão do anel de borracha destinado a junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações.

NBR8933 – Anel de borracha para tubos e conexões cerâmicos para canalizações – Determinação da resistência a óleo
Prescreve método para determinação da resistência a óleo, pela variação do volume, do anel de borracha destinado a junta elástica de tubos e conexões cerâmicos para canalizações.

NBR8934 – Acidentes ferroviários
Classifica ocorrência ferroviária.

NBR8935 – Articulação para freio ferroviário
Classifica articulação para freio de veículo ferroviário.

NBR8936 – Dormente de concreto monobloco – Determinação da resistência ao momento negativo no meio
Prescreve método para a determinação da resistência ao momento negativo de dormente de concreto tipo monobloco.

NBR8937 – Tala de junção – Determinação da resistência ao dobramento por meio de corpo-de-prova usinado
Prescreve método para a determinação da resistência ao dobramento de tala de junção (TJ), por meio de corpo-de-prova usinado.

NBR8938 – Lastro padrão – Determinação da resistência ao choque
Prescreve método para a determinação da resistência ao choque do material de lastro padrão.

NBR8939 – Ferrovia – instrumento de medir.

NBR8940 – Bateria de acumuladores alcalinos para veículo ferroviário – Tipos, formas e dimensões
Padroniza bateria de acumuladores alcalinos para veículos ferroviários.

NBR8941 – Fio de contato e cabo mensageiro para eletrificação ferroviária – Carretel de madeira – Tipos, forma e dimensões
Padroniza o carretel de madeira para acondicionamento de fio de contato e cabo mensageiro, de cobre e bronze, para catenária, utilizados na eletrificação ferroviária.

NBR8942 – Sapata não metálica para freio ferroviário – Determinação da absorção de água
Prescreve método para a determinação da absorção de água pela massa da sapata não metálica, para freio de veículo ferroviário.

NBR8943 – Tirante de deteção para ferragem da máquina de chave para AMV de bitola larga – Forma e dimensões
Padroniza tirante de deteção para ferragem da máquina de chave para o aparelho de mudança de via (AMV) de bitola larga.

NBR8944 – Barra detetora de ponta para ferragem da máquina de chave para AMV de bitola larga – Forma e dimensões
Padroniza barra detetora de ponta para ferragem para máquina de chave, para aparelho de mudança de via (AMV) de via férrea, bitola larga.

NBR8945 – Abertura no chapeamento para janela e vigia fixas para a construção naval – formatos e dimensoes
Padroniza formatos e dimensões de abertura no chapeamento para montagem de janela e vigia fixas, a serem utilizadas na construção naval.

NBR8946 – Símbolos para diagramas de tubulação de embarcações
Estabelece símbolos utilizados para indicar elementos de sistemas de tubulação em embarcações, tais como: válvulas, instrumentos de controle e regulagem, tubos, juntas, conexões, equipamentos e acessórios, na forma de diagrama.

NBR8947 – Telha cerâmica – Determinação da massa e da absorção de água
Prescreve método para determinação da massa e da absorção d’agua em telhas cerâmicas.

NBR8948 – Telha cerâmica – Verificação da impermeabilidade
Prescreve método para verificação da impermeabilidade de telhas cerâmicas.

NBR8949 – Paredes de alvenaria estrutural – Ensaio à compressão simples
Prescreve método de preparo e de ensaio de paredes estruturais submetidas à compressão axial, construídas com blocos de concreto, blocos cerâmicos ou tijolos.

NBR8950 – Indústria da construção
Classifica indústria da construção por categorias e subcategorias, segundo uma sistemática uniforme, baseada na finalidade ou função do produto final da obra.

NBR8951 – Avaliação de glebas urbanizáveis
Fixa diretrizes para a avaliação de glebas urbanizáveis, de seus frutos e dos direitos sobre as mesmas, classifica a natureza das glebas urbanizáveis, dos seus frutos e dos direitos e avaliar; institui a terminologia, as convenções e as notações en trabal

NBR8952 – Coleta e preparação de amostras de materiais pozolânicos
Fixa procedimentos que devem ser seguidos na coleta e preparação de amostras de materiais pozolânicos destinadas à execução de ensaios.

NBR8953 – Concreto para fins estruturais – Classificação por grupos de resistência
Aplica-se a concretos leves, normais ou pesados, misturados em canteiro de obra e dosados em central, no próprio local da obra ou fora dela, utilizados em elementos de concreto simples, armado ou protendido, bem como em elementos armados com perfis rígido

NBR8954 – Carvão mineral – Determinação das propriedades plásticas em plastômetro Gieseler
Prescreve método para determinação das propriedades plásticas do carvão mineral.

NBR8955 – Carvão mineral – Ensaios dilatométricos – Processo Audibert-Arnu
Prescreve método para ensaio de dilatação em carvão mineral, para avaliar suas propriedades coqueificantes.

NBR8956 – Preparação de amostras de minério de ferro para análise química, granulométrica e de umidade
Fixa condições exigíveis para a preparação de amostras de minérios de ferro naturais e processados para a determinação da composição química, da distribuição granulométrica e do teor de umidade.

NBR8957 – Minério de ferro – Análise granulométrica
Prescreve método para determinação da distribuição granulométrica de minérios de ferro naturais e processados por peneiramento.

NBR8958 – Placas exotérmicas de cobertura para topos quentes
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de placas exotérmicas de cobertura para topos quentes em lingotamento convencional de aço.

NBR8959 – Materiais exotérmicos para lingotamento de aço – Determinação do alumínio metálico
Prescreve método para determinação de alumínio metálico por via úmida, em materiais exotérmicos para lingotamento de aço.

NBR8960 – Materiais exotérmicos para topos quentes – Determinação do comportamento térmico
Prescreve método para determinação do tempo de isotermia, tempo de temperatura máxima, tempo de isolação e temperatura máxima de materiais exotérmicos.

NBR8961 – Folhas de aço cromadas simplesmente reduzidas.

NBR8962 – Folhas de aço cromadas – Determinação de cromo total pelo método colorimétrico
Prescreve método colorimétrico para determinação da quantidade de cromo total depositada nas folhas de aço cromadas.

NBR8963 – Chapas grossas de aço-carbono estrutural, soldável, de granulação fina, para aplicação em componentes nucleares
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de chapas grossas de aço-carbono estrutural, soldável, de granulação fina, para aplicação em componentes nucleares, com espessura igual ou inferior a 70 mm.

NBR8964 – Arame de aço de baixo teor de carbono, zincado, para gabiões
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de arames de aço de baixo teor de carbono, redondos e zincados, usados na confecção de gabiões.

NBR8965 – Barras de aço CA 42 S com características de soldabilidade destinadas a armaduras para concreto armado
Fixa condições exigíveis para a encomenda, fabricação e fornecimento de barras de aço CA 42 S laminadas a quente, com características de soldabilidade destinadas a armaduras para concreto armado.

NBR8966 – Peças fundidas de aço ferrítico e martensítico, sujeitas a pressão interna, adequadas para serviço em baixa temperatura
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de peças fundidas de aço ferrítico e martensítico, sujeitas à pressão interna, adequadas para o serviço em baixa temperatura.

NBR8967 – Alumínio e suas ligas – Tratamento superficial – Terminologia
Define termos empregados no campo de tratamento de superfície do alumínio e suas ligas.

NBR8968 – Alumínio e suas ligas – Tratamento de superfície – Classificação
Classifica os tipos de tratamento de superfície do alumínio e suas ligas, normalmente com indicação dos campos básicos de aplicação.

NBR8969 – Poluição do ar
Define termos empregados no estudo de poluição do ar, exceto os aplicáveis à poluição do ar por energia.

NBR8970 – Guarnição do disco da embreagem – Requisitos
Fixa condições exigíveis para guarnição do disco da embreagem, trabalhando a seco em veículos rodoviários automotores, estando excluídos os ciclomotores, motonetas e motocicletas.

NBR8971 – Guarnição de material orgânico para disco da embreagem – Verificação das características de fricção e desgaste
Prescreve método para verificação das características de fricção e desgaste de material orgânicos de fricção para guarnições do disco da embreagem, trabalhando a seco, de veículos rodoviários automotores.

NBR8972 – Motor de partida – Determinação das curvas de características eletromecânicas
Prescreve método para determinação das curvas de características eletromecânicas de motores de partida de veículos rodoviários automotores.

NBR8973 – Número de identificação dos veículos rebocados (VIN)
Padroniza número de identificação dos veículos rodoviários rebocados (VIN) que deve ser fixado em reboques ou semi-reboques.

NBR8974 – Preparação e uso dos corpos-de-prova de plástico para fins múltiplos
Fixa requisitos referentes a corpos-de-prova de uso múltiplo, para ensaios de materiais plásticos de moldagem.

NBR8975 – Preparação de corpos-de-prova de plásticos usinados
Prescreve condições exigíveis para o preparo de corpos-de-prova usinados.

NBR8976 – Avaliação de unidades padronizadas
Fixa diretrizes para a avaliação de unidades padronizadas, de seus frutos, direitos e seguros, estabelecendo níveis de precisão, critérios, terminologia, convenções e metodologia aplicável as avaliações.

NBR8977 – Avaliação de máquinas, equipamentos, instalações e complexos industriais
Fixa diretrizes para avaliação de máquinas, equipamentos, imóveis, instalações e complexos industriais, de seus rendimentos e dos direitos sobre eles, e ainda: estabelece critérios, define a metodologia básica, fixa níveis de precisão, classifica a natu

NBR8978 – Aditivos para alimentos – Determinação do ponto de fusão
Prescreve método de determinação do ponto de fusão em aditivos para alimentos.

NBR8979 – Acido benzóico – Determinação do teor de pureza e provas de identificação
Prescreve método para a determinação do teor de pureza e provas de identificação para o ácido benzóico.

NBR8980 – Aditivos para alimentos – Determinação de cinzas sulfatadas em líquidos
Prescreve método de determinação de cinzas sulfatadas em aditivos líquidos.

NBR8981 – Aditivos para alimentos – Determinação de cinzas sulfatadas em sólidos
Prescreve método de determinação de cinzas sulfatadas em aditivos sólidos.

NBR8982 – Aditivos para alimentos – Determinação de perda por dessecação
Prescreve método para determinação de perda por dessecação em aditivos para alimentos.

NBR8983 – Aditivos para alimentos – Determinação de substâncias facilmente carbonizáveis
Prescreve método para determinação de substâncias facilmente carbonizáveis em aditivos para alimentos.

NBR8984 – Aditivos para alimentos – Determinação de fluoreto por colorimetria – Método I
Prescreve método para determinação do limite máximo de fluoreto, por colorimetria, em aditivos para alimentos.

NBR8985 – Aditivos para alimentos – Determinação de fluoreto – Método II
Prescreve método para determinação do fluoreto, por eletrodo seletivo em aditivos para alimentos.

NBR8986 – Aditivos para alimentos – Determinação de metais pesados – Método I
Prescreve método para determinação do limite máximo de metais pesados em aditivos para alimentos.

NBR8987 – Aditivos para alimentos – Determinação de metais pesados – Método II
Prescreve método para determinação do limite máximo de metais pesados em aditivos para alimentação.

NBR8988 – Aspersores para irrigação – Avaliação de características operacionais
Prescreve método para avaliação de características operacionais de aspersores para irrigação.

NBR8989 – Aspersores para irrigação – Avaliação da distribuição de água
Prescreve método para avaliação da distribuição de água em aspersores para irrigação.

NBR8990 – Materiais ferromagnéticos – Detecção de descontinuidades por partículas magnéticas – Processo por via seca
Prescreve método para detectar, por meio de partículas magnéticas, descontinuidades superficiais e sub-superficiais em materiais ferromagnéticos.

NBR8991 – Válvula globo de ferro fundido cinzento classe 125
Fixa condições exigíveis para a fabricação de válvulas globo e globo angular de ferro fundido cinzento classe 125 com extremidades flangeadas.

NBR8992 – Válvulas automáticas para recipientes transportáveis de aço para 5 kg e 13 kg de gás liquefeito de petróleo
Define termos empregados nas válvulas automáticas para recipientes transportáveis de aço para 5 kg e 13 kg de gases liquefeitos de petróleo.

NBR8993 – Representação convencional de partes roscadas em desenhos técnicos
Fixa as condições exigíveis do método convencional de representação simplificada de partes roscadas em desenhos técnicos. Este método independe do tipo de rosca ao qual se aplica. O tipo de rosca e suas dimensões devem ser especificados segundo as normas

NBR8994 – Chapas de ligas de alumínio para proteção de isolantes térmicos
Fixa condições exigíveis das chapas de ligas de alumínio utilizadas como proteção de isolantes térmicos.

NBR8995 – Minérios de ferro – Determinação do teor de alumínio por complexometria (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Prescreve método para determinação do teor de alumínio em minérios de ferro, através da titulação inversa do excesso de EDTA com solução-padrão de zinco.

NBR8996 – Ferro-esponja – Determinação dos índices de tamboramento e de abrasão
Prescreve método para determinação dos índices de tamboramento e de abrasão do ferro-esponja.

NBR8997 – Coque – Ensaio de tambor micum
Prescreve método para determinação da resistência a frio do coque siderúrgico e do coque de fundição, quanto à queda e abrasão.

NBR8998 – Alumínio e suas ligas – Determinação do manganês pelo método fotométrico com persulfato
Prescreve método para determinação de manganês em ligas de alumínio com concentrações de manganês entre 0,01% e 2,0% , pelo método fotométrico com persulfato.

NBR8999 – Forjados de aço a quente em matriz fechada – Tolerâncias dimensionais e afastamentos permissíveis
Padroniza tolerâncias de forjados a quente em matriz fechada, em aço-carbono ou ligado, compreendendo forjados em prensas, martelos ou recalcadoras.

NBRISO9000-3 – Normas de gestão da qualidade e garantia da qualidade – Parte 3: Diretrizes para a aplicação da NBR 19001 ao desenvolvimento, fornecimento e manutenção de “software”
Define diretrizes para facilitar a aplicação da NBR 19001 a organizações que desenvolvem, fornecem e mantêm “software”.

NBRISO9000-4 – Normas para a gestão da qualidade e garantia da qualidade – Parte 4: Guia para gestão do programa de dependabilidade
Fornece orientações para gestão de um programa de dependabilidade. Abrange os aspectos essenciais de um amplo programa de dependabilidade para o planejamento, organização, direção e controle dos recursos para fabricar produtos com confiabilidade e mantena

NBRISO9000-2 – Normas de gestão da qualidade e garantia da qualidade – Parte 2 – Diretrizes gerais para a aplicação das NBR 19001, NBR 19002 e NBR 19003
Permite aos seus usuários ter uma melhor consistência, precisão, clareza e entendimento na aplicação dos requisitos das normas de sistemas da qualidade: NBR 19001, NBR 19002 e NBR 19003.

NBR9000 – Grandezas e unidades de medida na lavra subterrânea
Padroniza grandezas e unidades do Sistema Internacional (SI), aplicadas na lavra subterrânea.

NBRISO9000-1 – Normas de gestão da qualidade e garantia da qualidade – Parte 1: Diretrizes para seleção de uso
Esclarece principais conceitos relativos à qualidade e às distinções e inter-relações entre eles; fornece diretrizes para a seleção e uso das normas da família NBR ISO 9000 de gestão da qualidade e garantia da qualidade.

NBRISO9000 – Sistemas de gestão da qualidade – Fundamentos e vocabulário
Descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade, que constituem o objeto da família NBR ISO 9000, e define os termos a ela relacionados. É aplicável a organizações que buscam vantagens através da implementação de um sistema de gestão da qualida

NBR9001 – Grandezas e unidades de medida na metalurgia do pó
Padroniza grandezas e unidades de medida do Sistema Internacional (SI), aplicadas à metalurgia do pó.

NBRISO9001 – Sistemas de gestão da qualidade – Requisitos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Especifica requisitos para um sistema de gestão da qualidade quando uma organização necessita demonstrar sua capacidade para fornecer de forma coerente produtos que atendam aos requisitos do cliente e requisitos regulamentares aplicáveis, e pretende aume

NBR9002 – Preparação de amostra de coque para análise imediata e química
Fixa condições exigíveis para a preparação de amostras de coque para análise química.

NBRISO9002 – Sistemas da qualidade – Modelo para garantia da qualidade em produção, instalação e serviços associados
Especifica requisitos de sistemas da qualidade para uso onde há necessidade de demonstrar capacidade do fornecedor para fornecer produtos conformes para um projeto estabelecido. Os requisitos especificados destinam-se primordialmente à obtenção da satisfa

NBRISO9003 – Sistemas da qualidade – Modelo para garantia da qualidade em inspeção e ensaios finais
Especifica requisitos de sistema da qualidade para uso quando a capacidade do fornecedor para detectar e controlar a disposição de qualquer não-conformidade do produto durante a inspeção e ensaios finais necessita ser demostrada.

NBR9003 – Monoetileno glicol – Determinação do teor de dietileno glicol
Prescreve método para determinação do dietileno glicol (DEG) presente no monoetileno glicol (MEG) em concentrações de 30 ppm a 300 ppm por cromatografia em fase gasosa, utilizando a técnica do padrão interno.

NBRISO9004 – Sistemas de gestão da qualidade – Diretrizes para melhorias de desempenho (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fornece diretrizes além dos requisitos estabelecidos na NBR ISO 9001 para considerar tanto a eficácia como a eficiência de um sistema de gestão da qualidade e, por conseqüência, o potencial para melhoria do desempenho de uma organização. Quando comparada

NBRISO9004-3 – Gestão da qualidade e elementos do sistema da qualidade – Parte 3: Diretrizes para materiais processados
Fornece orientação para a aplicação de gestão da qualidade para materiais processados.

NBR9004 – Dicrotofos – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação quantitativa e qualitativa do dicrotofós.

NBRISO9004-2 – Gestão da qualidade e elementos do sistema da qualidade – Parte 2: Diretrizes para serviços
Fornece orientação para o estabelecimento e a implantação de um sistema da qualidade em uma organização.

NBRISO9004-1 – Gestão da qualidade e elementos do sistema da qualidade – Parte 1: Diretrizes
Fornece orientações para a gestão da qualidade e os elementos do sistema da qualidade. Os elementos do sistema da qualidade são adequados para uso no desenvolvimento e na implementação de um sistema da qualidade interno abrangente e efetivo, com a finalid

NBRISO9004-4 – Gestão da qualidade e elementos do sistema da qualidade – Parte 4: Diretrizes para melhoria da qualidade
Constitui um conjunto de diretrizes de gestão, destinado à implementação da melhoria contínua da qualidade numa organização.

NBR9005 – Monocrotofos – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação quantitativa e qualitativa do monocrotofós.

NBR9006 – Fosfamidon – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação quantitativa e qualitativa do fosfamidon.

NBR9007 – Acido fosfórico para uso industrial – Determinação do teor de magnésio pelo método de EDTA
Prescreve método para determinação do teor de magnésio em ácido fosfórico para uso industrial.

NBR9008 – Ametrina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Ametrina, através da análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9009 – Atrazina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Atrazina, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9010 – Simazina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Simazina, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9011 – Prometrina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Prometrina, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9012 – Fentoato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Fentoato, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9013 – Tetradifon – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Tetradifon, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9014 – Fluazifop-butil – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Fluazifop-butil, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9015 – Triciclazol – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Triciclazol, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9016 – Oxadiazon – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Oxadiazon, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9017 – Fenvalerato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Fenvalerato, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR9018 – Cianazina – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação quantitativa e qualitativa da Cianazina.

NBR9019 – Alaclor – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação qualitativa e quantitativa de Alaclor.

NBR9020 – Butaclor – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação qualitativa e quantitativa de Butaclor técnico.

NBR9021 – Metolacloro – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação qualitativa e quantitativa de Metolacloro.

NBR9022 – Clorfenvinfos – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação qualitativa e quantitativa de Clorfenvinfos.

NBR9023 – Termoplásticos – Determinação do índice de fluidez
Fixa condições exigíveis rescreve para medição da fluidez, em unidades arbitrárias, de materiais termoplásticos no estado fundido, sob condições especificadas de temperatura e pressão.

NBR9024 – Cabos de potência multiplexados auto-sustentados com isolação extrudada de EPR ou XLPE para tensões de 10 kV a 35 kV
Fixa condições exigíveis para cabos de potência multiplexados auto-sustentados, isolados com borracha etileno-propileno (EPR) ou polietileno termofixo (XLPE). Estes cabos são utilizados em circuitos de alimentação e/ou distribuição de energia elétrica, co

NBR9025 – Produtos planos de aço, para fins elétricos, de grão não orientado, totalmente processados
Fixa condições e requisitos exigíveis para produtos planos de aço silício laminados a frio, com grão não orientado, totalmente processados.

NBR9026 – Produtos planos de aço para fins elétricos, de grão não orientado, semi-processados
Fixa condições e requisitos exigíveis para produtos planos laminados a frio, semi-processados, com grão não orientado.

NBR9027 – Conectores para uso em equipamento eletrônico e de telecomunicações (para freqüências abaixo de 3 MHz) – Ensaios
Prescreve método de estabelecer requisitos uniformes para: as propriedades elétricas, climáticas e mecânicas, bem como o aspecto de segurança; os métodos de ensaio; a intercambiabilidade e a compatibilidade entre os conectores e entre os conectores e os c

NBR9028 – Televisão e radiodifusão sonora – Medição de características de radiointerferências
Prescreve métodos de medição de interferência eletromagnética de receptores de radiodifusão sonora e de televisão.

NBR9029 – Emprego de relés para proteção de barramento em sistema de potência
Fixa condições exigíveis para o emprego de relés e dispositivos associados, para a proteção de barramento de sistemas elétricos de potência.

NBR9030 – Sistema de proteção para interligação concessionária – Consumidor a partir de 69 kV
Fixa condições exigíveis para aplicação efetiva e uniforme de chaves fusíveis, relés e seus equipamentos associados de chaveamento localizados no ponto de interligação entre os sistemas da concessionária de energia elétrica e do consumidor, a partir de 69

NBR9031 – Seleção de métodos de ensaio e requisitos gerais de capacitores fixos para uso em equipamento eletrônico com dielétrico de filme de polietileno teraftalado metalizado para corrente contínua
Fixa os valores nominais, características preferenciais, ensaios, métodos de medida e prescrições gerais de desempenho para capacitores fixos para uso equipamento eletrônico com dielétrico de filme de polietileno teraftalado metalizado para uso em corrent

NBR9032 – Conversores e instrumentos digitais
Define termos relacionados com conversores eletrônicos analógicos-digitais, utilizados em equipamentos e sistemas de processamento de dados; instrumentos de medição digitais (voltímetros, amperímetros e ohmímetros), utilizados para medição de grandezas el

NBR9033 – Acido nítrico para uso industrial
Fixa condições exigíveis na aquisição de ácido nítrico para uso industrial e estabelece as condições técnicas para o seu recebimento.

NBR9034 – Látex sintético – Determinação do teor de coágulos
Prescreve método para determinação do teor de coágulos em látex sintético.

NBR9035 – Látex sintético – Determinação da viscosidade
Prescreve método para determinação da viscosidade em látex de borracha sintética, utilizando o viscosímetro Brookfield.

NBR9036 – Látex sintético – Determinação da estabilidade mecânica
Prescreve método para determinação da estabilidade de látex sintético, quando submetidos à agitação mecânica em altas velocidades.

NBR9037 – Forato – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método de determinação qualitativa e quantitativa do Forato através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização externa.

NBR9038 – Propargito – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Propargito, através de análise por cromatografia em fase gasosa, por padronizacao externa.

NBR9039 – Tetraclorvinfos – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa do Tetraclorvinfos, através da análise por cromatografia em fase gasosa, por padronização externa.

NBR9040 – Ethion – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização externa
Prescreve método para determinação quantitativa e qualitativa do Ethion.

NBR9041 – Acido sulfúrico e oleum para uso industrial – Determinação do teor de ferro pelo método de comparação visual da cor com tiocianato de amônio
Prescreve método para a determinação do teor de ferro em ácido sulfúrico e oleum para uso industrial, pelo método de comparação visual da cor com tiocianato de amônio.

NBR9042 – Acido sulfúrico e oleum para uso industrial – Determinação do teor de ferro pelo método espectrofotométrico com 2,2′ bipiridina
Prescreve método de ensaio para a determinação do teor de ferro em ácido sulfúrico e oleum para uso industrial, pelo método espectrofotométrico com 2,2′ – bipiridina.

NBR9043 – Fertilizantes – Determinação de zinco pelo método espectrofotométrico de absorção atômica
Prescreve método para determinação do zinco em fertilizantes, pelo método da absorção atômica.

NBR9044 – Fertilizantes – Determinação de ferro pelo método volumétrico
Prescreve método para determinação do ferro em fertilizantes, pelo método volumétrico.

NBR9045 – Fertilizantes – Determinação de ferro pelo método espectrofotométrico de absorção atômica
Prescreve método para determinação do ferro em fertilizantes, pelo método espectrofotométrico de absorção atômica.

NBR9046 – Fertilizantes – Determinação de cobre pelo método volumétrico
Prescreve método para determinação do cobre em fertilizantes, pelo método volumétrico.

NBR9047 – Fertilizantes – Determinação de cobre pelo método espectrofotométrico de absorção atômica
Prescreve método para determinação do cobre em fertilizantes, pelo método espectrofotométrico de absorção atômica.

NBR9048 – Fertilizantes – Determinação de manganês pelo método espectrofotométrico de absorção atômica
Prescreve método para determinação de manganês em fertilizantes, pelo método espectrofotométrico de absorção atômica.

NBR9049 – Triciclazol – Análise por cromatografia em fase gasosa – Padronização interna
Prescreve método para determinação qualitativa e quantitativa de Triciclazol, através de análise por cromatografia em fase gasosa.

NBR9050 – Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências a edificações, espaço, mobiliário e equipamento urbanos (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa padrões e critérios que visam a propiciar às pessoas portadoras de deficiências condições adequadas e seguras de acessibilidade autônoma a edificações, espaço, mobiliário e equipamento urbanos.

NBR9051 – Anel de borracha para tubulações de PVC rígido coletores de esgoto sanitário
Fixa condições exigíveis para o recebimento de anéis de borracha do tipo toroidal, destinados à execução de juntas elásticas de tubulações de PVC rígido para esgoto sanitário.

NBR9052 – Conexão de PVC rígido para junta mecânica para tubos de polietileno PE 5 para ligações prediais de água
Fixa condições exigíveis para a aceitação e recebimento de conexões de PVC rígido para junta mecânica para tubos de polietileno PE 5, para ligações prediais de água.

NBR9053 – Tubo de PVC – Determinação da classe de rigidez
Prescreve o método para determinação da classe de rigidez e da resistência ao achatamento de tubos de PVC.

NBR9054 – Tubo de PVC rígido coletor de esgoto sanitário – Verificação da estanqueidade de juntas elásticas submetidas à pressão hidrostática externa
Prescreve método de verificação da estanqueidade de juntas elásticas de tubos de PVC rígido coletores de esgotos sanitários, submetidas à pressão hidrostática externa.

NBR9055 – Tubo de PVC rígido coletor de esgoto sanitário – Verificação da estanqueidade de juntas elásticas submetidas ao vácuo parcial interno
Prescreve método para verificação da estanqueidade de juntas elásticas de tubos de PVC rígido, coletores de esgoto sanitários, submetidas ao vácuo parcial interno.

NBR9056 – Tubo de polietileno PE 5 para ligações prediais de água – Verificação da estanqueidade de juntas mecânicas com tubos curvados a frio
Prescreve método para verificação da estanqueidade ao vácuo parcial interno e à pressão hidrostática interna de juntas mecânicas constituídas por conexões acopladas a tubos de polietileno PE 5 submetidos a curvamento, destinados a ligações prediais de águ

NBR9057 – Tubo de polietileno PE 5 para ligações prediais de água – Verificação da resistência de junta mecânica a esforço axial
Prescreve método para verificação da resistência de juntas mecânicas destinadas a ligações prediais de água e constituídas por conexões acopladas a tubos de polietileno PE 5, a esforço axial.

NBR9058 – Sistemas de ramais prediais de água – Tubos de polietileno PE – Determinação do teor de negro-de-fumo
Prescreve o método para determinação do teor de negro-de-fumo em compostos para tubos de polietileno PE, destinados à execução de ramais prediais de água.

NBR9059 – Material cerâmico sanitário – Verificação da resistência ao gretamento
Prescreve método para verificação da resistência ao gretamento da superfície esmaltada do material cerâmico utilizado na fabricação de aparelhos sanitários.

NBR9060 – Bacia sanitária – Verificação do funcionamento
Prescreve método para a verificação do funcionamento de bacias sanitárias fabricadas em material cerâmico. O ensaio consiste em verificar o comportamento de uma bacia sanitária quanto aos seguintes requisitos de funcionamento: remoção de sólidos (papel e

NBR9061 – Segurança de escavação a céu aberto
Fixa as condições de segurança exigíveis a serem observadas na elaboração do projeto e execução de escavações de obras civis, a céu aberto, em solos e rochas, não incluídas escavações para mineração e túneis.

NBR9062 – Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições exigíveis no projeto, na execução e no controle de estruturas pré-moldadas de concreto armado ou protendido, excluídas aquelas em que se empreguem concreto leve ou outros especiais.

NBR9063 – Anel de borracha do tipo toroidal para tubos de PVC rígido coletores de esgoto sanitário – Dimensões e dureza
Padroniza dimensões e dureza de anéis de borracha toroidais, destinados à execução de juntas elásticas dos tubos de PVC rígidos.

NBR9064 – Anel de borracha do tipo toroidal para tubulações de PVC rígido para esgoto predial e ventilação – Dimensões e dureza
Padroniza dimensões e dureza dos anéis de borracha toroidais destinados à execução das juntas elásticas dos tubos de PVC para esgoto predial e ventilação.

NBR9065 – Material cerâmico – Bidê – Dimensões
Padroniza as dimensões dos bidês de material cerâmico, no que se refere a: corpo do bidê; fixação dos misturadores; fixação da ducha; saída de esgoto; fixação do bidê. Abrange os bidês com as seguintes furações para metais sanitários: tipo A: três furos p

NBR9066 – Peças complementares para telhas onduladas de fibrocimento – Funções, tipos e dimensões
Padroniza funções, tipos e dimensões nominais básicas das principais peças complementares para telhas onduladas de fibrocimento.

NBR9067 – Casco de embarcações
Define termos empregados em estrutura de casco de embarcações e estabelece os termos correspondentes na língua inglesa.

NBR9068 – Tração ferroviária
Classifica tração para fins ferroviários.

NBR9069 – Mangueira para freio ferroviário
Fixa condições exigíveis à mangueira de freio a ar para veículo ferroviário.

NBR9070 – Equipamento retificador de silício para subestação de eletrificação ferroviária
Fixa condições exigíveis ao equipamento retificador de silício, para subestação de eletrificação de via férrea.

NBR9071 – Sapata não metálica para freio ferroviário – Determinação do coeficiente de atrito através da máquina Krauss
Prescreve método de determinação do coeficiente de atrito de sapata não metálica (SNM), para freio de material rodante ferroviário, através da máquina Krauss.

NBR9072 – Emprego de cores para sinalização de segurança em instalação fixa e em veículo ferroviário
Fixa critério ao uso de cor à sinalização de segurança, para prevenção de acidente ou de outra ocorrência, em instalação fixa e em veículo ferroviário.

NBR9073 – Mangueira para freio ferroviário – Tipos, forma e dimensões
Padroniza mangueira a ser aplicada na mangueira de freio a ar, para veículo ferroviário.

NBR9074 – Via férrea – Gola – Folga de bitola e folga de rodeiro
Padroniza gola e determina a folga da via e a respectiva folga de rodeiro ao tráfego ferroviário em trecho de via em nível e em tangente.

NBR9075 – Ficha técnica para o transporte ferroviário de mercadoria perigosa
Padroniza ficha técnica ao transporte ferroviário de mercadoria perigosa.

NBRISO/IEC9075 – Tecnologia de informação – Linguagens de banco de dados – SQL
Define as estruturas de dados e operações básicas sobre dados SQL. Prevê capacidades funcionais para criação, acesso, manutenção, controle e proteção de dados SQL.

NBR9076 – Tração ferroviária
Define termos empregados na tração ferroviária.

NBR9077 – Saídas de emergência em edifícios (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa as condições exigíveis que as edificações devem possuir: a fim de que sua população possa abandoná-las, em caso de incêndio, completamente protegida em sua integridade física e para permitir o fácil acesso de auxílio externo (bombeiros) para o combat

NBR9078 – Farol principal com lâmpada normal
Fixa características para farol com lâmpada incandescente normal, que emite luz baixa assimétrica e/ou luz alta.

NBR9079 – Veículo automotor – Determinação do ruído interno
Prescreve método para obtenção de medidas reprodutíveis e comparáveis do ruído no interior de veículos rodoviários automotores de todos os tipos.

NBR9080 – Disco da embreagem – Verificação da resistência à força centrífuga
Prescreve o método pelo qual se verifica, em laboratório, a resistência mecânica do disco da embreagem, trabalhando a seco, de veículos rodoviários automotores. Aplica-se em novos desenvolvimentos da embreagem, na avaliação comparativa de materiais, de pr

NBR9081 – Guarnição do freio – Determinação da resistência interna ao cisalhamento de materiais de fricção
Prescreve método de ensaio para a determinação da resistência interna ao cisalhamento (esforço de tensão) de materiais de fricção do freio, utilizados em veículos rodoviários.

NBR9082 – Buchas com junta – Nomenclatura, dimensões e tolerâncias
Padroniza dimensões básicas requeridas para o projeto de fabricação de buchas com junta.

NBR9083 – Pára-barro em reboques e semi-reboques dimensões e localização dos furos para fixação.

NBR9084 – Perclorato de amônio técnico para uso espacial
Fixa condições exigíveis do perclorato de amônio técnico para uso espacial, abrangendo três graus e sete classes de perclorato de amônio, utilizados na fabricação de propelentes de foguetes e pirotécnicos.

NBR9085 – Carretas para bagagens e cargas em aeroportos
Fixa condições exigíveis para o projeto de carretas de bagagens e cargas em aeroportos.

NBR9086 – Aeroportos – Rack para palete e contêiner aeronáutico
Estabelece as condições exigíveis de projetos de rack para palete e contêiner aeronáutico.

NBR9087 – Esteira autopropelida para carga e descarga de bagagens em aeronaves
Fixa condições exigíveis funcionais e de projeto de uma esteira autopropelida para carga e descarga de bagagens em aeronaves, doravante denominada VEICULO.

NBR9088 – Equipamento de apoio no solo – Trator de aeroporto para movimentação de carga aérea e equipamentos de apoio para aeronave
Fixa as condições exigíveis funcionais e de segurança exigíveis de um trator de aeroporto para movimentação de carga/equipamento de apoio.

NBR9089 – Plataforma elevatória autopropelida para manutenção de aeronaves
Fixa condições exigíveis funcionais e de projeto de uma plataforma elevatória autopropelida para manutenção de aeronaves, doravante denominada unidade.

NBR9090 – Execução de inspeções sanitárias em aeroportos
Fixa condições exigíveis para as inspeções sanitárias de aeroportos, visando estabelecer uma sistemática para as atitudes das equipes de fiscalização sanitária.

NBR9091 – Carvão mineral – Ensaio de queda
Prescreve método para determinação da friabilidade do carvão classificado por tamanho, e a estabilidade relativa do tamanho e seu complemento pelo ensaio de queda.

NBR9092 – Coque – Determinação do teor de cinzas
Prescreve método para determinação do teor de cinzas no coque.

NBR9093 – Alumínio e suas ligas – Determinação do silício pelo método fotométrico
Prescreve método para determinação do silício em alumínio e suas ligas, cujo teor em silício esteja compreendido entre 0,05 e 1 por cento.

NBR9094 – Níquel – Determinação de cobalto – Método de sal nitroso-R – Método fotométrico
Prescreve método de determinação de cobalto com teores entre 0,0005% e 2% em níquel.

NBR9095 – Níquel – Determinação de cobre – Método fotométrico com cuproína
Prescreve método de determinação de cobre com teores entre 0,0001% e 0,0100% em níquel.

NBR9096 – Níquel – Determinação de fósforo – Método fotométrico
Prescreve método de determinação de fósforo com teores entre 0,001% e 0,100% em níquel.

NBR9097 – Níquel – Determinação de ferro – Método tiocianato (Fotométrico)
Prescreve método de determinação de ferro com teores entre 0,001 e 0,020%, em níquel.

NBR9098 – Coque – Determinação da resistência a frio, ao impacto e a abrasão, em tambor (drum index)
Prescreve método para determinação da resistência a frio, em tambor, ao impacto e à abrasão, do coque.

NBR9099 – Cal virgem para aciaria – Determinação de enxofre
Prescreve método volumétrico para determinação de enxofre em cal virgem para aciaria.

NBR9100 – Revestimento metálico – Ensaio de corrosão pelos métodos corrodkote e corrodkote modificado
Prescreve métodos Corrodkote para execução de ensaio de corrosão em materiais metálicos com revestimentos metálicos.

NBR9101 – Coleta de amostra de cal virgem para aciária
Fixa condições exigíveis para coleta de amostra de cal virgem para aciaria.

NBR9102 – Cálculo do teor de carbono fixo em coque
Fixa condições para o cálculo do teor de carbono fixo em coque.

NBR9103 – Preparação de corpos-de-prova para ensaios de corrosão de protetivos temporários contra corrosão
Fixa condições exigíveis para a preparação de corpos-de-prova para ensaios de corrosão de protetivos temporários contra corrosão.

NBR9104 – Grandezas e unidades de medida em aciaria e lingotamento
Padroniza grandezas e unidades de medida do Sistema Internacional (SI), aplicadas em aciaria e lingotamento.

NBRISO9104 – Medição de vazão de fluidos em condutos fechados – Métodos para avaliação de desempenho de medidores de vazão eletromagnéticos para líquidos
Recomenda métodos de ensaio para avaliação de desempenho de medidores de vazão eletromagnéticos para líquidos escoando em condutos fechado. Ela especifica um procedimento uniforme para verificar as características de desempenho quando o medidor de vazão e

NBR9105 – Grandezas e unidades de medida de energia na siderurgia
Padroniza grandezas e unidades de medidas de energia do Sistema Internacional (SI), aplicadas à siderurgia.

NBR9106 – Convenções, grandezas e unidades de medida aplicáveis a ensaios eletroquímicos de corrosão
Padroniza convenções, grandezas e unidades de medida envolvidas nos ensaios eletroquímicos de corrosão. Inclui os sinais de potencial, densidade de corrente e representações gráficas dos dados obtidos.

NBR9107 – Disco côncavo para máquinas agrícolas
Classifica discos côncavos para máquinas agrícolas.

NBR9108 – Disco côncavo para máquinas agrícolas
Fixa condições exigíveis para a encomenda, fabricação e fornecimento de discos côncavos para máquinas agrícolas, exceto para semeadoras e plantadoras.

NBR9109 – Disco para máquinas agrícolas – Teste da esfera
Prescreve método para verificação das trincas produzidas nos discos das máquinas agrícolas, quando submetidas ao teste da esfera.

NBR9110 – Disco côncavo para máquinas agrícolas – Dimensões
Padroniza dimensões dos discos côncavos para máquinas agrícolas, exceto para semeadoras e plantadoras.

NBR9111 – Varetas e arames de ligas de alumínio para soldagem e brasagem, de aplicação aeronáutica
Fixa condições exigíveis para varetas e arames de ligas de alumínio usados em processo de soldagem para uso aeronáutico.

NBR9112 – Conversor a semicondutores
Fixa características básicas dos principais componentes (transformadores, dispositivos semicondutores, entre outros), com vistas ao seu emprego em conversores de potência a semicondutores, fornecendo as bases de cálculo de coeficientes, fórmulas e diagram

NBR9113 – Cabos flexíveis multipolares, com isolação sólida extrudada de borracha sintética para tensões até 750 V
Fixa condições exigíveis para na aceitação e/ou recebimento de cabos flexíveis multipolares, com isolação e cobertura de borracha sintética, para tensões de isolamento até 750 V.

NBR9114 – Condutores isolados flexíveis para ligações internas com isolação sólida extrudada de borracha etileno-propileno (EPR) para 130 graus Celsius e tensões até 750 V
Fixa as condições exigíveis na aceitação e/ou recebimento de condutores isolados flexíveis com condutor de cobre e isolação com composto de borracha etileno-propileno (EPR), sem cobertura, para tensões de isolamento até 750 V, utilizados como lides intern

NBR9115 – Fio telefônico “FI” isolado com cloreto de polivinila (PVC)
Fixa condições mínimas exigíveis na fabricação do fio telefônico FI.

NBR9116 – Fio telefônico externo FE, isolado com cloreto de polivinila (PVC), polietileno (PE) ou copolímero – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos fios telefônicos FE. Aplica-se a dois tipos de fios telefônicos externos para uso em instalações aéreas, designados por: fio FE-100 com dois condutores de diâmetro nominal de 1,00 mm, isolados com clor

NBR9117 – Condutores isolados flexíveis para ligações internas com isolação de cloreto de polivinila (PVC/E) para 105 graus Celsius e tensões até 750 V
Fixa condições exigíveis na aceitação e/ou recebimento de condutores isolados flexíveis com condutor de cobre e isolação com cloreto de polivinila (PVC/E), sem cobertura, para tensões de isolamento até 750 V, utilizados como lides internos de motores e em

NBR9118 – Núcleos de ferrite mole – Exigências de qualidade visual
Fixa limites para imperfeições mecânicas e visuais de núcleos de ferrite.

NBR9119 – Produtos laminados planos de aço para fins elétricos de grão orientado
Fixa condições e requisitos exigíveis para produtos planos de aço silício laminado a frio, com grão orientado, destinados a núcleos de transformadores e outros equipamentos elétricos.

NBR9120 – Registrador digital para tarifação diferenciada
Fixa condições mínimas exigíveis de registradores digitais a serem utilizados em medição de grandezas elétricas para aplicação de tarifas diferenciadas.

NBR9121 – Dispositivos fusíveis de baixa tensão, alta capacidade de interrupção para uso industrial.

NBR9122 – Dispositivos-fusíveis de baixa tensão para uso domestico.

NBR9123 – Fio telefônico FDG isolado com cloreto de polivinila (PVC) – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos fios telefônicos FDG. Estes fios são indicados para utilização em interligação de blocos de armários de distribuição, caixas internas de edifícios, caixas terminais, montagem de instalações provisórias

NBR9124 – Cabo telefônico isolado com termoplástico e núcleo protegido por capa APL – Especificação (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cabos telefônicos isolados com termoplástico e núcleo protegido por capa APL. Estes cabos são indicados para instalações aéreas ou subterrâneas em linhas de dutos.

NBR9125 – Dispositivos fusíveis de baixa tensão para uso doméstico – Verificação de requisitos
Prescreve método de ensaio para chaves fusíveis de baixa tensão para uso doméstico.

NBR9126 – Papel e papelão isolante elétrico – Determinação do pH do extrato aquoso
Prescreve método para determinação do pH do extrato aquoso de papel e papelão isolante elétrico.

NBR9127 – Ensaios básicos climáticos e de resistência mecânica para componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaio Kb – Atmosfera úmida salina, cíclica (solução de cloreto de sódio)
Prescreve método para componentes ou equipamentos designados para permanecerem em atmosferas salinas carregadas.

NBR9128 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de capacitância mútua
Prescreve método de capacitância mútua em fios e cabos telefônicos em pares, ternas ou quadras.

NBR9129 – Cabos ópticos e telefônicos – Verificação da continuidade elétrica da blindagem
Prescreve método para verificação de continuidade elétrica da blindagem dos cabos ópticos e telefônicos.

NBR9130 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de desequilíbrio resistivo
Prescreve método de desequilíbrio resistivo em corrente contínua em fios e cabos telefônicos.

NBR9131 – Cabos telefônicos – Ensaio de diafonia – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de resíduo de telediafonia e da atenuação de paradiafonia em cabos telefônicos de pares simétricos.

NBR9132 – Cabos telefônicos – Ensaio de impedância característica – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de impedância característica em cabos telefônicos.

NBR9133 – Cabos telefônicos – Ensaio de atenuação de sinal de transmissão – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de atenuação de sinal de transmissão em cabos telefônicos.

NBR9134 – Cabos ópticos e telefônicos – Ensaio de aderência da fita APL – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio para a verificação da aderência da fita APL na sobreposição e entre a fita APL e o revestimento externo de fios e cabos telefônicos, multipares e ópticos.

NBR9135 – Cabos telefônicos – Ensaio de dobramento do cabo
Prescreve método de ensaio de dobramento de cabos telefônicos.

NBR9136 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de penetração de umidade
Prescreve o método de ensaio de penetração de umidade em cabos ópticos etelefônicos.

NBR9137 – Cabos ópticos e telefônicos – Ensaio de pressurização – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de pressurização estática aplicável a cabos ópticos e telefônicos.

NBR9138 – Cabos telefônicos – Ensaio de desequilíbrio capacitivo – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de desequilíbrio capacitivo par x par, par x terra e par x blindagem de cabos telefônicos em pares simétricos, ternas e quadras.

NBR9139 – Cabos telefônicos – Ensaio de dobramento em veias com isolação em papel – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de dobramento em veias de cabos telefônicos com isolação em papel.

NBR9140 – Cabos ópticos e fios e cabos telefônicos – Ensaio de comparação de cores – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de comparação de cores aplicável a cabos ópticos e fios e cabos telefônicos.

NBR9141 – Cabos ópticos e fios e cabos telefônicos – Ensaio de tração e alongamento à ruptura – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de tração e alongamento à ruptura em condutores, isolações e revestimentos externos de fios e cabos telefônicos, multipares e ópticos.

NBR9142 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de resistência à fissuração – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de resistência à fissuração em fios e cabos telefônicos.

NBR9143 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de contração – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de contração na isolação e no revestimento externo de fios e cabos telefônicos.

NBR9144 – Fios e cabos telefônicos – Verificação da continuidade e contato elétrico – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio para verificação da continuidade e contato elétrico em fios e cabos telefônicos.

NBR9145 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de resistência de isolamento
Prescreve método para verificação da resistência de isolamento em fios e cabos telefônicos.

NBR9146 – Cabos ópticos, fios e cabos telefônicos – Ensaio de tensão elétrica aplicada
Prescreve método de tensão elétrica aplicada em cabos ópticos, fios e cabos telefônicos.

NBR9147 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de índice de fluidez
Prescreve método para determinação do índice de fluidez de materiais termoplásticos (polietileno, copolímero ou polipropileno), utilizados na isolação e revestimentos de fios e cabos telefônicos.

NBR9148 – Cabos ópticos e fios e cabos telefônicos – Ensaio de envelhecimento acelerado – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de envelhecimento acelerado aplicável em isolação e revestimento de cabos ópticos e fios e cabos telefônicos.

NBR9149 – Cabos telefônicos – Ensaio de escoamento do composto de enchimento – Método de ensaio
Prescreve o método de ensaio de escoamento do composto de enchimento em cabos telefônicos com núcleo preenchido.

NBR9150 – Fios telefônicos – Ensaio de separação das veias
Prescreve método de separação das veias em fios telefônicos.

NBR9151 – Fios e cabos telefônicos – Ensaio de enrolamento e dobramento do condutor de alumínio
Prescreve método de ensaio para determinação da resistência ao enrolamento e dobramento do condutor de alumínio de cabos telefônicos.

NBR9152 – Cabos ópticos, fios e cabos telefônicos – Ensaio de choque térmico
Prescreve método de choque térmico em cabos ópticos, fios e cabos telefônicos.

NBR9153 – Conceituação e diretrizes de segurança de equipamento elétrico utilizado na prática médica – Aspectos básicos
Fixa conjunto de prescrições básicas sobre a conceituação e as diretrizes de segurança de equipamento elétrico utilizado na prática médica.

NBR9154 – Amostragem e inspeção em fábrica de fios e cabos telefônicos – Procedimento
Fixa os critérios para amostragem e inspeção em fábrica de fios e cabos telefônicos.

NBR9155 – Amostragem e inspeção em fábrica de cabos telefônicos de pares simétricos e quadras
Fixa critérios para inspeção em fábrica de cabos telefônicos de pares simétricos e quadras.

NBR9156 – Dispositivos fusíveis do tipo D – Dimensões
Padroniza dimensões de fusíveis, tampas e elementos de ajuste para fusíveis do tipo D, não intercambiáveis, cuja tensão não seja superior a 500 V e de corrente nominal não excedendo a 100 A.

NBR9157 – Dispositivos-fusíveis de baixa tensão – alta capacidade de interrupção (nm) – dimensões.

NBR9158 – Tração a motor elétrico
Define a) termos empregados na tração a motor elétrico; b) termos gerais de tração, utilizados na tração de motor elétrico, com aplicação restrita a esta; c) termos gerais de tração necessários ao entendimento das definições às quais referem as alíneas a)

NBR9159 – Papel para miolo – Determinação da resistência à compressão quando ondulado em laboratório (CMT)
Descreve dois métodos para determinar a resistência à compressão do papel para miolo quando ondulado em laboratório. Em um método o copor-de-prova é ensaiado imediatamente após a ondulação e no outro é condicionado por 30 min.

NBR9160 – Papel e cartão – Determinação da espessura da folha e cálculo da massa específica aparente do cartão
Prescreve método para medir a espessura da folha de papel ou cartão e calcular a massa específica aparente do cartão.

NBR9161 – Papel e cartão – Determinação da espessura da folha medida no maço – Cálculo da massa específica aparente
Prescreve método para medir a espessura média da folha no maço e calcular a massa específica aparente do papel e cartão.

NBR9162 – Barras redondas e fios-máquina de aço laminados a quente para molas helicoidais
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de barras redondas e fios-máquina de aço laminados a quente para molas helicoidais, enroladas a quente.

NBR9163 – Alumínio para fins siderúrgicos
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de quatro classes de alumínio para fins siderúrgicos.

NBR9164 – Carvão mineral – Determinação da fusibilidade das cinzas
Prescreve método para determinação das temperaturas características de fusão de cinza.

NBR9165 – Carvão vegetal – Determinação da densidade relativa aparente, relativa verdadeira e porosidade
Prescreve métodos para determinação da densidade relativa aparente, relativa verdadeira e porosidade do carvão vegetal.

NBR9166 – Cal virgem para aciaria – Determinação do anidrido carbônico
Prescreve método para determinação de anidrido carbônico em cal virgem. Para aciaria por combustão direta.

NBR9167 – Níquel – Determinação de hidrogênio – Método instrumental
Prescreve método de determinação de hidrogênio com teores entre 0,10 ppm e 14 ppm (massa/massa) em níquel, por via instrumental através de fusão da amostra e extração dos gases.

NBR9168 – Níquel – Determinação de nitrogênio e oxigênio – Método instrumental
Prescreve método de determinação de nitrogênio e oxigênio com teores entre 10 ppm e 1000 ppm (massa/massa) em níquel, por via instrumental através de fusão da amostra e extração dos gases.

NBR9169 – Preparação de amostras de cal virgem para aciaria – Análise química e reatividade
Fixa condições exigíveis para preparação de amostras de cal virgem aplicada em aciária, para análise química e reatividade.

NBR9170 – Chapas laminadas a quente de aço inoxidável – Dimensões e tolerâncias
Padroniza espessuras e os afastamentos dimensionais permissíveis na largura, comprimento, empeno lateral e desvio de aplainamento das chapas laminadas a quente de aço inoxidável.

NBR9171 – Drenagem de corrente de interferência entre tubulações e ferrovias em proteção catódica
Padroniza esquemas típicos de drenagem de corrente de interferência entre tubulações enterradas e ferrovias eletrificadas (ou ramais), empregados em sistemas de proteção catódica.

NBR9172 – Cálculo de ventilação para compartimento do diesel gerador de emergência em navios mercantes
Fixa condições exigíveis para execução de cálculo de ventilação mecânica e natural para compartimento do diesel gerador de emergência em navios mercantes, que operam em todos os mares.

NBR9173 – Inspeção de desmontagem de bomba centrífuga naval
Fixa condições e requisitos exigíveis para inspeção de desmontagem, realizada após o ensaio de desempenho de bombas centrífugas navais.

NBR9174 – Fertilizantes – Determinação de zinco pelo método gravimétrico
Prescreve método para determinação do zinco em fertilizantes, pelo método gravimétrico.

NBR9175 – Fertilizantes – Determinação de cobalto – Método colorimétrico do 2-nitroso-1-naftol
Prescreve método para determinação de cobalto em fertilizantes, pelo método colorimétrico do 2-nitroso-1-naftol.

NBR9176 – Espumas flexíveis de poliuretano – Determinação da força de indentação
Prescreve método para determinação da força necessária para se produzir uma deflexão pré-fixada sobre uma amostra de espuma flexível, aplicada sobre uma área determinada.

NBR9177 – Espumas flexíveis de poliuretano – Determinação de fadiga com aplicação de carga pontual constante
Prescreve método para determinação de perda em espessura e perda em dureza de espumas flexíveis, simulando as perdas ocorridas sob condições reais de uso.

NBR9178 – Espumas flexíveis de poliuretano – Determinação das características de queima
Prescreve método para determinação das características de queima (velocidade de combustão) em espumas flexíveis de poliuretano.

NBR9179 – Espumas flexíveis de poliuretano – Ensaio de envelhecimento em autoclave
Prescreve método de ensaio de envelhecimento de espuma flexível de poliuretano, em autoclave.

NBR9180 – Feixe de molas para veículos rodoviários
Fixa condições exigíveis para aceitação e/ou recebimento de feixes de molas para veículos rodoviários.

NBR9181 – Espelho retrovisor de veículos rodoviários automotores
Fixa condições exigíveis para os espelhos retrovisores empregados em veículos rodoviários automotores, que proporcionem proteção contra impactos e, ao condutor, uma retrovisão clara e desobstruída.

NBR9182 – Pára-choque traseiro para caminhões e veículos rebocados de carga
Fixa requisitos mínimos de pára-choques traseiros montados em caminhões e veículos rebocados de carga com peso total máximo indicado acima de 34.300 N, de modo a atenuar as conseqüências de um choque na parte posterior do veículo.

NBR9183 – Farol principal com lâmpada incandescente halógena H4
Fixa características para farol principal com lâmpada incandescente halógena H4, que emite luz baixa assimétrica e/ou luz alta.

NBR9184 – Filtro de gasolina e álcool – Determinação de características
Prescreve método de ensaio para filtros para gasolina e álcool, aplicados em motores de combustão interna.

NBR9185 – Espelho retrovisor de veículos rodoviários automotores – Determinação de suas características
Prescreve métodos para quantificação de raio de curvatura, refletância, resistência ao impacto e resistência à flexão de espelhos retrovisores de veículos rodoviários automotores.

NBR9186 – Pára-choque traseiro para caminhões e veículos rebocados de carga – Verificação da resistência
Prescreve método de ensaio para verificação da resistência de pára-choques traseiros montados em caminhões e veículos rebocados de carga com peso total máximo indicado acima de 34300 N (massa total máxima acima de 3,5 toneladas).

NBR9187 – Conexão elétrica de encaixe entre unidade de tração e veículo rebocado leve com equipamento elétrico de 6 v ou 12 v – Dimensões
Padroniza dimensões e requisitos mínimos de desenhos das tomadas macho e fêmea, de sete condutores, para permitir permutabilidade de conexões elétricas entre unidades de tração e veículos rebocados leves cujo total máximo não exceda 3,5 toneladas, dotados

NBR9188 – Suporte vertical em semi-reboque – Dimensões de montagem e instalação
Padroniza dimensões de montagem e instalação de suporte vertical em semi-reboques.

NBR9189 – Bateria chumbo-ácido de partida e iluminação para motocicleta
Denomina componentes da bateria chumbo-ácido de partida e iluminação utilizada em motocicletas.

NBR9190 – Sacos plásticos para acondicionamento de lixo
Classifica sacos plásticos para acondicionamento de lixo quanto à finalidade, espécie de lixo e dimensões.

NBR9191 – Sacos plásticos para acondicionamento de lixo – Requisitos e métodos de ensaio (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa os requisitos e estabelece os métodos de ensaio para os sacos plásticos destinados exclusivamente ao acondicionamento de lixo para coleta.

NBR9192 – Paletes de madeira – Materiais
Fixa condições exigíveis das peças de madeira e dos fixadores utilizados na fabricação de paletes.

NBR9193 – Paletes de madeira serrada
Fixa condições exigíveis para aceitação de paletes de madeira serrada.

NBR9194 – Madeira serrada em bruto – Acondicionamento e embalagem
Fixa requisitos para aceitação de madeiras serradas em bruto, utilizadas na construção de caixas, engradados e paletes ou estrados.

NBR9195 – Sacos plásticos para acondicionamento de lixo – Determinação da resistência à queda livre
Prescreve método para determinação da resistência à queda livre de sacos plásticos para acondicionamento de lixo.

NBR9196 – Sacos plásticos para acondicionamento de lixo – Determinação da resistência à pressão do ar
Prescreve método para determinação da resistência à pressão do ar em sacos plásticos para acondicionamento de lixo.

NBR9197 – Sacos plásticos para acondicionamento de lixo – Determinação da resistência ao impacto de esfera
Prescreve método para determinação da resistência de sacos plásticos para acondicionamento de lixo, ao impacto de uma esfera.

NBR9198 – Embalagem e acondicionamento
Define termos técnicos referentes à acondicionamento e embalagem de materiais ou equipamentos.

NBR9199 – Madeira utilizada na confecção de caixas e engradados
Define termos referentes a madeira, notadamente pinho (Araucária Angustifolia), utilizada na confecção de caixas e engradados.

NBR9200 – Disco plano de bisel simples para máquinas agrícolas – Dimensões
Padroniza dimensões dos discos planos de bisel simples para semeadoras, plantadoras e adubadoras.

NBR9201 – Azulejo – Determinação do empeno
Prescreve método para determinação do empeno na face do azulejo.

NBR9202 – Cimento Portland e outros materiais em pó – Determinação da finura por meio da peneira 0,044 mm (número 325)
Prescreve método para determinação de finura de cimento Portland e outros materiais em pó, por via úmida, com o emprego da peneira 0,044 mm (número 325).

NBR9203 – Cimento Portland comum e clínquer – Análise química por complexometria
Prescreve método de análise química de cimento portland comum e clínquer, por complexometria, para determinação de Fe2O3, CaO e MgO, após determinação do SIO2 por gravimetria.

NBR9204 – Concreto endurecido – Determinação da resistividade elétrica-volumétrica (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Prescreve método para determinação da resistividade elétrica-volumétrica do concreto endurecido, através de corpos-de-prova moldados ou testemunhos extraídos.

NBR9205 – Cal hidratada para argamassas – Determinação da estabilidade
Prescreve método para ensaio de estabilidade da cal hidratada para argamassas, mediante observação visual.

NBR9206 – Cal hidratada para argamassas – Determinação da plasticidade
Prescreve método para ensaio de plasticidade de cal hidratada para argamassa, empregando-se o plasticímetro de Emley.

NBR9207 – Cal hidratada para argamassas – Determinação da capacidade de incorporação de areia no plastômero de Voss
Prescreve o método de determinação da capacidade de incorporação de areia no plastômero de Voss, o qual permite determinar a quantidade máxima de areia-padrão que pode ser misturada a uma cal hidratada para argamassas, sem prejudicar as características de

NBR9208 COM QUADROS – Conjunto constituído pela NBR 9208 – Aço – Determinação do nível de microinclusões e seus quadros ampliados.

NBR9208 – Aço – Determinação do nível de microinclusões
Prescreve métodos para a determinação dos níveis de microinclusões não metálicas mais comuns em produtos de aço laminados ou forjados, por meio de microscopia.

NBR9209 – Preparação de superfícies para pintura – Processo de fosfatização
Fixa as condições exigíveis para a preparação de superfícies de aço-carbono e aço-carbono zincado, pelo processo de fosfatização, para posterior pintura.

NBR9210 – Materiais refratários conformados ligados a piche ou impregnados – Determinação do carbono fixo
Especifica um método para a determinação do teor do carbono fixo em materiais refratários conformados ligados a piche ou impregnados. Permite também a obtenção dos percentuais de voláteis, perda ao fogo e cinzas.

NBR9211 – Preparação de corpos-de-prova de refratários plásticos.

NBR9212 – Pecas refratarias de faces planas para uso geral – dimensões.

NBR9213 – Pecas refratarias especiais tolerâncias dimensionais e de aspecto.

NBR9214 – Breu – Determinação do ponto de amolecimento
Prescreve método de determinação do ponto de amolecimento de breu e produtos similares.

NBR9215 – Acido fosfórico – Determinação de alumínio – Método gravimétrico da 8-hidroxiquinolina
Prescreve método gravimétrico da 8-hidroxiquinolina para determinação de alumínio em ácido fosfórico.

NBR9216 – Fertilizantes e corretivos de acidez dos solos – Determinação de magnésio pelo método gravimétrico do pirofosfato
Prescreve método para determinação de magnésio pelo método gravimétrico do pirofosfato em fertilizantes e em corretivos da acidez dos solos contendo ou não fosfato.

NBR9217 – Fertilizantes – Determinação de cobalto pelo método espectrofotométrico de absorção atômica
Prescreve método para determinação de cobalto pelo método espectrofotométrico de absorção atômica em fertilizantes.

NBR9218 – Butadieno – Determinação do teor de carbonila
Prescreve método de determinação do conteúdo de carbonila em hidrocarbonetos líquidos (C4) contendo menos do que 2500 ppm.

NBR9219 – Borrachas sintéticas – Determinação da porcentagem de matéria volátil – Método do misturador-quente
Prescreve método de determinação de matéria volátil em borrachas sintéticas sólidas.

NBR9220 – óxido de zinco – Determinação do teor de sais solúveis em água
Prescreve método para determinação de sais solúveis em água no óxido de zinco.

NBR9221 – Acido esteárico – Determinação do índice de acidez
Prescreve método para determinação do índice de acidez em ácido esteárico.

NBR9222 – Acido esteárico – Determinação do índice de iodo – Método Wijs
Prescreve método para determinação do índice de iodo em ácido esteárico.

NBR9223 – Adesivos à base de elastômeros – Determinação do tempo de escoamento através do copo Din
Prescreve método para determinação do tempo de escoamento em adesivos a base de elastômeros.

NBR9224 – Adesivos à base de elastômeros – Determinação do teor de cinzas
Prescreve método para determinação do teor de cinzas em adesivos à base de elastômeros.

NBR9225 – Acido sulfúrico para uso industrial – Determinação do teor de cloreto pelo método potenciométrico
Prescreve método potenciométrico para determinação do teor de cloretos em ácido sulfúrico para uso industrial.

NBR9226 – Amostragem de breu
Fixa condições exigíveis para coleta e preparação de amostras de um determinado lote de breu, para posteriormente serem submetidas a análise.

NBR9227 – Véu de fibras de vidro para impermeabilização (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições exigíveis ao véu de fibras de vidro utilizado como armadura na formação de membranas.

NBR9228 – Feltros asfálticos para impermeabilização
Fixa condições exigíveis a cartões absorventes saturados com asfalto, sem película superficial e sem materiais de revestimento, utilizados na formação de membranas asfálticas. Estes materiais são denominados feltros asfálticos.

NBR9229 – Mantas de butil para impermeabilização (NOTA:2 ERRATAS INCORPORADAS)
Fixa condições exigíveis às mantas de elastômeros calandradas ou extrudadas, destinadas à execução de impermeabilização na construção civil. Esta Norma está baseada no copolímero de isobutileno isopreno.

NBR9230 – Vermiculita expandida
Fixa condições exigíveis para o fornecimento de vermiculita expandida para utilização como isolante térmico, condicionador acústico ou agregado na construção civil.

NBR9231 – Substâncias graxas – Determinação do índice de iodo
Prescreve método para determinação do índice de iodo em substâncias graxas de origem animal e vegetal.

NBR9232 – Substâncias graxas – Determinação da estabilidade da emulsão à água
Prescreve método para determinação da estabilidade da emulsão, à água das substâncias graxas de origem animal e vegetal, sem adição de tensoativo.

NBR9233 – Insumos para couro – Substância graxa – Determinação do teor de SO3 orgânico total
Prescreve o método para determinação de sulfito orgânico total em substâncias graxas utilizadas em couro.

NBR9234 – Substâncias graxas – Determinação do pH
Prescreve método para determinação do pH dos óleos emulsionáveis em água.

NBR9235 – Substâncias graxas – Determinação da estabilidade a ácidos e sais
Prescreve método para determinação da estabilidade das substâncias graxas ao ácido sulfúrico, sulfato de sódio e sulfato básico de cromo e diferentes basicidades, com diferentes teores de Cr2O3, em diversas concentrações.

NBR9236 – Identificação do couro e das matérias-primas sucedâneas
Fixa condições exigíveis para a identificação do couro e das matérias-primas sucedâneas, utilizados na confecção de calçados e artefatos.

NBR9237 – Amostragem de substâncias graxas
Fixa condições gerais de amostragem de substâncias graxas de origem animal e vegetal.

NBR9238 – Preparação da amostra de substâncias graxas para análise em laboratório
Descreve os tratamentos que a amostra para laboratório, de substâncias graxas de origem animal e vegetal, deve sofrer antes da análise, observando que este tratamento não é aplicável à matéria graxa emulsionada.

NBR9239 – Adesivos para calçados e correlatos – Terminologia
Define os termos empregados no uso e na análise de adesivos destinados a calçados e correlatos.

NBR9240 – Anodos de ligas de ferrossilício e ferrossilício-cromo, para proteção catódica
Fixa condições exigíveis para a encomenda, fabricação e fornecimento de anodos de liga de ferrossilício e ferrossilício-cromo, para uso em sistemas de proteção catódica por corrente impressa.

NBR9241 – Anodos de grafite para proteção catódica
Fixa condições exigíveis para a encomenda, fabricação e fornecimento de anodos de grafite, para uso em sistemas de proteção catódica por corrente impressa.

NBR9242 – Anodos de liga de chumbo-antimônio-prata para proteção catódica
Fixa condições exigíveis para a encomenda, fabricação e fornecimento de anodos de liga de chumbo-antimônio-prata, para uso em sistemas de proteção catódica por corrente impressa.

NBR9243 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Determinação da qualidade de selagem da anodização pelo método de perda de massa (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Prescreve o método de controle da qualidade de selagem de camadas anódicas do alumínio e suas ligas e indica os seus níveis de aceitação por processo gravimétrico. Aplica-se a camadas que se destinam a fins arquitetônicos e que devem oferecer proteção em

NBR9244 – Inspeção de anodos inertes para proteção catódica
Fixa condições exigíveis na inspeção de anodos inertes.

NBR9245 – Aços-ferramenta – Série padronizada
Padroniza tipos de aço-ferramenta que compõem a série padronizada.

NBR9246 – Aços inoxidáveis – Série padronizada
Padroniza tipos de aço inoxidáveis que compõem a série padronizada.

NBR9247 – Aços com características particulares – Série padronizada
Padroniza tipos de aço com características particulares que compõem a série padronizada.

NBR9248 – Grandezas e unidades de medida na cominuição de minérios
Padroniza grandezas e as unidades de medida do Sistema Internacional (SI), aplicadas na cominuição de minérios.

NBRNM-ISO9249 – Máquinas rodoviárias – Código de ensaio de motores – Potência líquida
Especifica um método para ensaio de motores de combustão interna destinados para a propulsão de máquinas rodoviárias. Aplica-se para a avaliação de desempenho com um aspecto, em particular, na apresentação das curva de potência e do consumo específico de

NBR9249 – Colete salva-vidas de flutuabilidade permanente
Fixa condições e requisitos exigíveis para aceitação e/ou recebimento de coletes salva-vidas de flutuabilidade permanente, utilizados para prover meios de salvamento em todo o pessoal a bordo de embarcações.