NBR5351 – Medidores de watt-hora monofásicos.

NBR5352 – Medidores de watt-hora polifásicas convencionais.

NBR5353 – Condutores elétricos isolados com composto de borracha natural vulcanizado.

NBRNM-ISO5353 – Máquinas rodoviárias, tratores e máquinas agrícolas e florestais – Ponto de referência do assento
Especifica o método e o dispositivo utilizados para determinar a posição do ponto de referência do assento (SIP) para qualquer tipo de assento projetado para máquinas rodoviárias conforme definido na Norma IDO 6165 e para tratores e máquinas agrícolas e f

NBR5354 – Requisitos gerais para material de instalações elétricas prediais
Fixa requisitos gerais mínimos a que devem satisfazer os materiais próprios para serem usados em instalações elétricas prediais.

NBR5355 – Chaves de faca, tipo seccionadora, não blindadas para baixa tensão
Fixa características exigíveis no recebimento de chaves de faca tipo seccionadora para baixa tensão (não blindadas), para uso obrigatório, destinadas a circuitos de não mais de 600V ou de 6000A.

NBR5356 – Transformador de potência
Fixa condições exigíveis aos transformadores de potência.

NBR5357 – Motores elétricos de indução (norma de 1971).

NBR5358 – Motores de indução para potência e tensão elevadas.

NBR5359 – Elos fusíveis de distribuição
Fixa características elétricas e mecânicas de elos fusíveis para utilização em dispositivos fusíveis do tipo expulsão e do tipo elo aberto de tensões nominais de 1 kV a 36,2 kV.

NBR5360 – Chaves blindadas não magnéticas.

NBR5361 – Disjuntores de baixa tensão
Fixa as características exigíveis de disjuntores em caixa moldada para circuitos de tensões nominais até 380 V – corrente alternada (entre fases), corrente nominal até 400 A, capacidade de curto-circuito nominal até 65 000 A (simétrica e eficaz) e freqüên

NBR5362 – Lâmpada com filamento de tungstênio para iluminação pública
Fixa condições exigíveis para lâmpadas incandescentes com filamento de tungstênio para iluminação pública, tanto no que se refere a lotes individuais quanto à produção total de um fabricante.

NBR5363 – Equipamentos elétricos para atmosferas explosivas – Tipo de proteção “d” – Especificação(NOTA:ERRATA E 2 EMENDAS INCORPORADAS)
Estabelece os requisitos específicos para a construção e inspeção de equipamentos elétricos com invólucros à prova de explosão, tipo de proteção “d”, de modo a torná-los adequados à aplicação em ambientes com atmosferas explosivas. As instalações elétrica

NBR5364 – Transformadores para instrumentos.

NBR5365 – Excitatrizes girantes de máquinas síncronas
Fixa condições exigíveis de excitatrizes girantes de máquinas síncronas. Aplicam-se a máquinas girantes de corrente contínua usadas para fornecer excitação à máquinas síncronas de grandes centrais elétricas, tais como geradores acionados por turbinas hidr

NBR5366 – Cabos de alumínio (ca) e cabos de alumínio com alma de aço (caa) para fins elétricos.

NBR5367 – Cabos condutores de alumínio isolados com polietileno, na forma de trancados.

NBR5368 – Fios de cobre mole estanhados para fins elétricos – Especificação
Fixa condições exigíveis na aceitação e/ou recebimento de fios estanhados de cobre mole, de seção circular, para fins elétricos.

NBR5369 – Cabos de Alumínio-Liga (CAL) e Cabos de Alumínio-Liga com Alma de Aço (CALA), Nus, para fins elétricos
Fixa características exigíveis para a fabricação e recebimento de Cabos de Alumínio-Liga (CAL) e Cabos de Alumínio-Liga com Alma de Aço (CALA), Nus, destinados a fins elétricos, empregados em linhas aéreas.

NBR5370 – Conectores de cobre para condutores elétricos em sistemas de potência
Fixa condições exigíveis para conectores de cobre que ligam condutores de cobre a condutores de cobre ou alumínio ou equipamentos elétricos sem sistema de potência e em instalações industriais.

NBR5371 – Turbogeradores.

NBR5372 – Fusíveis de pequeno porte
Fixa requisitos mínimos para fusíveis de pequeno porte, de modo a proteger aparelhos ou partes destes, da maneira mais conveniente.

NBR5373 – Lâmpadas elétricas incandescentes convencionais para sinais de trânsito
Fixa requisitos técnicos exigíveis no recebimento das lâmpadas elétricas incandescentes convencionais, utilizadas em sinais de trânsito.

NBR5374 – Graus de proteção para os invólucros de equipamentos de manobra e controle, de baixa tensão.

NBR5375 – Ensaio de isoladores de porcelana para linhas de telecomunicações
Fixa modo de se realizar os ensaios de isoladores de porcelana para linhas de telecomunicações.

NBR5376 – Acumuladores elétricos
Fixa o modo pelo qual devem ser realizados os ensaios em acumuladores elétricos.

NBR5377 – Medidores de watt-hora monofásicos.

NBR5378 – Medidores de watt-hora polifásicos, convencionais.

NBR5379 – Condutores elétricos isolados com composto de borracha natural vulcanizado.

NBR5380 – Transformador de potência
Prescreve métodos de ensaio relativos aos transformadores.

NBR5381 – Chaves de faca, tipo seccionadora, não blindadas para baixa tensão
Fixa método pelo qual devem ser ensaiadas as chaves de faca, tipo seccionadora, não blindadas para baixa tensão.

NBR5382 – Verificação de iluminância de interiores
Fixa o modo pelo qual se faz a verificação da iluminância de interiores de áreas retangulares, através da iluminância média sobre um plano horizontal, proveniente da iluminação geral.

NBR5383 – Máquinas elétricas girantes – Máquinas de indução – Determinação das características
Estabelece procedimentos a serem seguidos na execução de ensaios destinados à determinação das características de máquinas de indução. Não se aplica à máquinas para tração elétrica.

NBR5384 – Resistividade de metais e suas ligas.

NBR5385 – Elos fusíveis de distribuição.

NBR5386 – Disjuntores secos de baixa tensão.

NBR5387 – Lâmpadas incandescentes com filamento de tungstênio – Ensaios
Fixa métodos de ensaio a serem usados para determinar, em bases científicas, a qualidade, intercambiabilidade e a segurança de lâmpadas incandescentes com filamento de tungstênio, quando em uso.

NBR5388 – Lâmpadas elétricas incandescente para iluminação pública (circuitos serie e múltiplo).

NBR5389 – Técnicas de ensaios elétricos de alta tensão.

NBR5390 – Generalidades sobre os ensaios climáticos e mecânicos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece métodos de ensaio climáticos e mecânicos uniformes e reprodutíveis, a serem utilizados na preparação de especificações para componentes e equipamentos.

NBR5391 – Componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica – Ensaio CDa – Guia para os ensaios de calor úmido
Prescreve método de ensaio de calor úmido para determinar a habilidade de produtos eletrotécnicos a suportar os esforços ocorridos em uma atmosfera com alta umidade relativa, com ou sem condenação, com especial atenção às variações das característica elét

NBR5392 – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica para componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaio CDb: Câmaras de ensaio com umidade relativa constante funcionando sem injeção de vapor
Especifica requisitos de construção e funcionamento para ambientes condicionados com circulação forçada de ar que podem ser usados para efetuar ensaios de umidade em componentes, equipamentos ou similares.

NBR5393 – Ensaios básicos climáticos e mecânicos – Ensaio Da: Calor úmido acelerado
Prescreve método de calor úmido acelerado para determinar se um espécimen é adequado para ser utilizado ou armazenado a uma alta umidade relativa e observar os efeitos produzidos por esta alta umidade relativa, quando combinada com grande variação de temp

NBR5394 – Ensaios básicos climáticos e mecânicos – Ensaio Eb: Impacto
Prescreve método de ensaio para determinar a conformidade de componentes e equipamentos para aplicação onde estão sujeitos à impactos prolongados e/ou para avaliar sua integridade estrutural.

NBR5395 – Componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica – Ensaio Ka – Névoa salina
Prescreve método para a comparação da resistência à deterioração provocada pela névoa salina em espécimens de construção similar.

NBR5396 – Ensaios básicos climáticos e mecânicos – Ensaio M: Baixa pressão atmosférica
Prescreve método para determinar se um espécimen é adequado para operar em condições de baixa pressão, tal como as encontradas em grandes altitudes.

NBR5397 – Ensaios básicos climáticos e mecânicos – Ensaio Qc: Vedação de recipientes – Vazamento de gás
Prescreve método para determinar a eficiência de vedação de espécimens contendo certo volume de gás.

NBR5398 – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica para componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaio Qd: Vedação de recipientes – Vazamento de líquidos
Prescreve método para a determinação da eficiência de vedação de componentes cheios de líquido.

NBR5399 – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica para componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaio Qe: Vedação de recipientes – Penetração de líquido
Prescreve método para a determinação da eficiência de vedação de componentes, pela observação dos efeitos causados nas suas características pela penetração de um líquido.

NBR5400 – Ensaios de ambiente e de resistência mecânica para componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaio Qg: Chuva controlada
Prescreve método para a determinação da facilidade de componentes, equipamentos e outros artigos em operar sob condições de chuvas fortes junto com ventos fortes.

NBR5401 – Componentes e equipamentos eletrônicos – Ensaios de ambiente e resistência mecânica – Ensaio T – Soldagem
Prescreve método para a determinação da aptidão de terminais de componentes e circuitos impressos serem facilmente soldáveis e verificar se o próprio componente não se danificou nas operações de soldagem.

NBR5402 – Transformador para instrumentos.

NBR5403 – Materiais isolantes elétricos sólidos – Determinação da resistividade volumétrica e superficial
Prescreve método para determinação da resistividade volumétrica e superficial dos materiais isolantes, usados em eletricidade e eletrônica.

NBR5404 – Turbogeradores.

NBR5405 – Materiais isolantes sólidos – Determinação da rigidez dielétrica sob freqÜência industrial
Prescreve método para determinação da rigidez dielétrica dos materiais isolantes sólidos, nas freqÜências de 40Hz a 62Hz.

NBR5406 – Materiais isolantes sólidos – Determinação do coeficiente de resistência ao escoamento sob condições úmidas
Prescreve método para determinar a resistência ao escoamento superficial, de materiais isolantes sólidos, quando expostos a água com aditivos contaminantes do meio ambiente, e sob tensão elétrica até 600 V.

NBR5407 – Determinação da resistência de isolamento de materiais isolantes sólidos
Prescreve método de determinação da resistência de isolamento dos materiais isolantes sólidos, sem distinção das respectivas resistências volumétrica e superficial.

NBR5408 – Graus de proteção para os invólucros de equipamento de manobra e controle, de baixa tensão.

NBR5409 – Fio revestido de estanho ou de ligas estanho-chumbo – Ensaios
Prescreve método de ensaio de fios revestidos de estanho ou de ligas estanho-chumbo, usados para terminais de componentes eletrônicos.

NBR5410 – Instalações elétricas de baixa tensão (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições a que devem satisfazer as instalações elétricas aqui estabelecidas, a fim de garantir seu funcionamento adequado, a segurança de pessoas e animais domésticos e a conservação dos bens. Aplica-se às instalações elétricas alimentadas sob uma t

NBR5410 – COMENTADA – NBR 5410 – Instalações elétricas de baixa tensão – Comentada – para windows, instalação por CD-room, versão 1998. Apresenta a norma com comentário em hipertexto.

NBR5411 – Instalação de chuveiros elétricos e aparelhos similares
Fixa condições necessárias para se atender aos requisitos mínimos de segurança, exigíveis nas instalações de chuveiros elétricos e aparelhos similares.

NBR5412 – Construção e uso do centelhador de esferas – Uma esfera ligada à terra
Fixa condições exigíveis para a construção e o uso do centelhador para medição de tensões.

NBR5413 – Iluminância de interiores (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Estabelece valores de iluminâncias médias em serviço para iluminação artificial em interiores, onde se realizem atividades de comércio, indústria, ensino, esporte e outras.

NBR5414 – Execução de instalações elétricas de alta tensão de (0,6 a 15)kV
Fixa métodos de execução de instalações elétricas de alta tensão, de 0,6 a 15 kV, à freqüência industrial, de modo a garantir segurança e continuidade de serviço.

NBR5415 – Guia para recebimento, instalação e manutenção de transformadores de forca e de distribuição imersos em liquido isolante.

NBR5416 – Aplicação de cargas em transformadores de potência – Procedimento
Fornece procedimentos para a aplicação de cargas em transformadores e autotransformadores de potência, fabricados e ensaiados de acordo com a NBR 5356, e imersos em líquido isolante, com dois ou mais enrolamentos, trifásicos ou bancos com unidades monofás

NBR5417 – Tolerâncias para peças de cerâmica para eletrotécnica
Fixa tolerâncias permitidas nas peças de cerâmica para eletrotécnica.

NBR5418 – Instalações elétricas em atmosferas explosivas
Fixa condições exigíveis para seleção e aplicação de equipamentos, projeto e montagem de instalações elétricas em atmosferas explosivas por gás ou vapores inflamáveis.

NBR5419 – Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas
Fixa as condições exigíveis ao projeto, instalação e manutenção de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) de estruturas, bem como de pessoas e instalações no seu aspecto físico dentro do volume protegido.

NBR5420 – Equipamentos elétricos para atmosferas explosivas – Invólucros com pressurização ou diluição contínua – Tipo de proteção “p” (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Estabelece recomendações e medidas de proteção para o projeto, a construção e a utilização de equipamentos elétricos em ambientes com atmosferas explosivas de gás, pela utilização de invólucros pressurizados ou com diluição contínua, ou seja, técnicas enq

NBR5421 – Apresentação de projetos de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica para aprovação oficial.

NBR5422 – Projeto de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica
Fixa princípios básicos segundo os quais devem ser projetadas as linhas aéreas, de modo a garantir níveis mínimos de segurança, e perturbações em instalações próximas.

NBR5423 – Maquinas elétricas girantes – grau de proteção proporcionada pelos invólucros.

NBR5424 – Guia de aplicação de pára-raios de resistor não linear em sistemas de potência
Fixa recomendações de caráter geral para a instalação de pára-raios de resistor não-linear em sistemas de potência.

NBR5425 – Guia para inspeção por amostragem no controle e certificação de qualidade (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa regras e recomendações que devem ser aplicadas pelos órgãos responsáveis pelo Controle e Certificação de Qualidade.

NBR5426 – Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por atributos (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Estabelece planos de amostragem e procedimentos para inspeção por atributos. Quando especificada pelo responsável, deve ser citada nos contratos, instruções ou outros documentos, e as determinações estabelecidas devem ser obedecidas. Os planos de amostrag

NBR5427 – Guia para utilização da norma NBR 5426 – Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por atributos (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa instruções detalhadas e exemplos ilustrativos para aplicação e administração dos procedimentos de amostragem por atributos estabelecidos pela NBR 5426.

NBR5428 – Procedimentos estatísticos para determinação da validade de inspeção por atributos feita pelos fornecedores (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Estabelece testes estatísticos apropriados e tabelas de valores críticos para uso na determinação da validade dos resultados registrados nos relatórios de inspeção do fornecedor, quando for especificada inspeção por amostragem por atributos. Tais registro

NBR5429 – Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por variáveis (NOTA:2 ERRATAS INCORPORADAS)
Estabelece planos de amostragem e procedimentos para inspeção por variáveis. Quando especificada pelo responsável, a presente Norma deve ser citada nos contratos, instruções ou outros documentos, e as determinações estabelacidas, deverão ser obedecidas. O

NBR5430 – Guia de utilização da NBR 5429 – Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por variáveis (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa instruções detalhadas, com exemplos ilustrativos, para aplicação e administração dos procedimentos de amostragem por variáveis estabelecidos na NBR 5429.

NBR5431 – Caixas de derivação para uso em instalações elétricas domésticas e análogas – Dimensões
Padroniza dimensões das caixas de derivação de embutir empregadas nas instalaçõoes elétricas domésticas e análogas, limitadas aos modelos listados a seguir: caixa retangular: 100 x 50 (4 x 2); caixa quadrada: 100 x 100 (4 x 4(4 orelhas)); caixa quadrada:

NBR5432 – Máquina elétrica girante – Dimensões e potências nominais
Padroniza dimensões de fixação e de ponta de eixo para máquinas de corrente alternada.

NBR5433 – Redes de distribuição aérea rural de energia elétrica
Padroniza estruturas para redes de distribuição aérea rural de sistemas monofásicos e trifásicos com tensões nominais primárias de 13,8 kV e 34,5 kV e tensões secundárias usuais de distribuição.

NBR5434 – Redes de distribuição aérea urbana de energia elétrica (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Padroniza estruturas para redes de distribuição aérea urbana de sistemas monofásicos e trifásicos com tensões nominais primárias de 13,8 kV e 34,5 kV e tensões secundárias usuais de distribuição. Aplica-se também a tensão nominal de 23 kV, no que diz resp

NBR5435 – Bucha para transformadores sem conservador de óleo – Tensão nominal 15 kV e 25,8 kV – 160 A – Dimensões
Padroniza buchas com tensão nominal 15 kV e 25,8 kV e com corrente nominal de 160 A, utilizadas em transformadores sem conservador resfriados com óleo mineral isolante.

NBR5436 – Bucha para transformadores sem conservador de óleo – tensão nominal 10 kv. 160 a.

NBR5437 – Bucha para transformadores sem conservador de óleo – Tensão nominal 1,3 kV – 160 A, 400 A e 800 A – Dimensões
Padroniza buchas com tensão nominal 1,3 kV e corrente nominal de 160 A, 400 A e 800 A, utilizadas em transformadores sem conservador resfriados com óleo mineral isolante.

NBR5438 – Bucha para transformadores – Tensão nominal 1,3 kV, 2000 A, 3150 A, 5000 A – Dimensões
Padroniza buchas com tensão nominal de 1,3 kV e corrente nominal de 2000 A, 3150 A e 5000 A, utilizadas em transformadores com ou sem conservador resfriados com óleo mineral isolante.

NBR5439 – Bucha para transformadores sem conservador de óleo tensão nominal 10kv 160a.

NBR5440 – Transformadores para redes aéreas de distribuição – Padronização
Estabelece a padronização das características elétricas e mecânicas dos transformadores aplicáveis em redes aéreas de distribuição, nas tensões primárias até 36,2 kV e nas tensões secundárias usuais dos transformadores monofásicos e trifásicos, com enrola

NBR5441 – Valores nominais, disposição dos terminais e esquemas de ligações dos medidores de watt-hora polifásicos , convencionais.

NBR5442 – Valores nominais, disposição dos terminais e esquemas de ligações dos medidores de watt-hora monofásicos.

NBR5443 – Tubo de aço de parede dupla para condução de fluidos
Estabelece requisitos básicos para os tubos de aço, de baixo teor de carbono, de parede dupla, trefilados e recozidos de aplicação na indústria automotiva, de refrigeração e fogões, na condução de combustíveis lubrificantes, fluídos para freios e unidades

NBR5444 – Símbolos gráficos para instalações elétricas prediais
Estabelece símbolos gráficos referentes às instalações elétricas prediais.

NBR5445 – Símbolos gráficos relacionados com detectores de radiação ionizante
Estabelece símbolos gráficos referentes a detectores de radiação ionizante para uso generalizado.

NBR5446 – Símbolos gráficos de relacionamento usados na confecção de esquemas.

NBR5447 – Símbolos de grandezas elétricas – símbolos qualificativos e variabilidades.

NBR5448 – Símbolos gráficos de resistores.

NBR5449 – Símbolos gráficos de capacitores.

NBR5450 – Símbolos gráficos de indutores.

NBR5451 – Símbolos gráficos de válvulas e tubos eletrônicos
Estabelece símbolos gráficos usados, em desenhos técnicos ou diagramas de circuitos, para representar componentes, equipamentos, relações entre estes, ou efeitos físicos que integram o funcionamento parcial ou completo dos mesmos.

NBR5452 – Símbolos gráficos de semicondutores
Estabelece símbolos gráficos usados, em desenhos técnicos ou diagramas de circuitos, para representar componentes, equipamentos, relações entre estes, ou efeitos físicos que integram o funcionamento parcial ou completo dos mesmos.

NBR5453 – Sinais e símbolos literais para eletricidade
Estabelece sinais e símbolos literais para uso em eletricidade.

NBR5454 – Símbolos gerais gráficos para dispositivos a semicondutores e microcircuitos integrados
Estabelece um sistema uniforme dos símbolos literais para dispositivos a semicondutores e microcircuitos integrados.

NBR5455 – Manipuladores usados em equipamentos radiológicos de aplicação médica
Estabelece símbolos gráficos usados para representar as unidades de controle e a direção de controle dos manipuladores usados em equipamentos radiológicos de aplicação médica.

NBR5456 – Eletricidade geral
Define termos de matemática, aplicados ao estudo dos campos e dos circuitos, termos gerais de física, termos fundamentais de eletricidade, termos fundamentais sobre ondas e termos gerais de tecnologia elétrica.

NBR5457 – Eletrotécnica e eletrônica – Máquinas girantes
Define termos relacionados com máquinas elétricas girantes, que funcionam por indução eletromagnética.

NBR5458 – Transformador de potência
Define termos relacionados com transformadores de potência.

NBR5459 – Manobra e proteção de circuitos
Define termos relacionados com a manobra e a proteção de circuitos elétricos, por meio de dispositivos adequados e destinados a essa finalidade, não incluindo termos gerais de eletricidade e tecnologia elétrica, termos relacionados com a proteção por meio

NBR5460 – Sistemas elétricos de potência
Define termos relacionados com sistemas elétricos de potência, explorados por concessionários de serviços públicos de energia elétrica, sob os pontos de vista de: geração de energia elétrica, especialmente em usinas hidrelétricas e usinas termelétricas a

NBR5461 – Iluminação
Define termos empregados com fenômenos produzidos ou associados as radiações eletromagnéticas, visão de objetos e cenas iluminadas, fotometria e colorimetria, produção e utilização prática da luz, e ótica energética.

NBR5462 – Confiabilidade e mantenabilidade
Define termos relacionados com a confiabilidade e a mantenabilidade.

NBR5463 – Tarifas e mercado de energia elétrica
Define termos relacionados com a exploração comercial de sistemas elétricos, por concessionários.

NBR5464 – Eletrotécnica e eletrônica – Interferências eletromagnéticas
Define termos relacionados com interferências eletromagnéticas de qualquer tipo ou origem.

NBR5465 – Eletrotécnica e eletrônica – Relés elétricos
Define termos relativos aos relés elétricos, de qualquer tipo e para qualquer finalidade, no sentido elementar, isto é, com apenas uma função lógica entre os circuitos de entrada e os de saída, incluindo todos os elementos adicionais necessários ao seu pe

NBR5466 – Eletrotécnica e eletrônica – Magnetismo
Define termos relacionados com os conceitos fundamentais do magnetismo e eletromagnetismo, grandezas e unidades magnéticas, materiais magnéticos, ímas e corpos magnéticos, dispositivos eletromagnéticos unilaterais e magnetismo terrestre.

NBR5467 – Eletrotécnica e eletrônica – Controles elétricos
Define termos relacionados com o controle de sistemas e equipamentos elétricos.

NBR5468 – Válvulas eletrônicas
Define termos relacionados com válvulas eletrônicas; não incluindo termos gerais de eletricidade e tecnologia elétrica, termos relacionados com válvulas contadoras de radiação e termos relacionados com vidro para cinescópios.

NBR5469 – Capacitores
Define termos relacionados com capacitores de qualquer tipo.

NBR5470 – Pára-raios de resistor não linear a carboneto de silício (SIC) para sistemas de potência
Define termos relacionados com para-raios destinados a proteção contra sobretensões de linhas e equipamentos elétricos em sistemas de potência. Não inclui termos gerais de eletricidade e tecnologia elétrica.

NBR5471 – Condutores elétricos
Define termos relacionados a condutores elétricos em geral.

NBR5472 – Isoladores e buchas para eletrotécnica
Define termos relacionados a isoladores para sistemas de pontência e com buchas para equipamentos elétricos, não sendo necessariamente aplicável a isoladores e buchas destinados a outras finalidades.

NBR5473 – Instalação elétrica predial
Define os termos básicos relacionados com instalações de utilização de energia elétrica em edifícios, e em locais equivalentes.

NBR5474 – Conector elétrico (NOTA:EMENDA INCORPORADA)
Define termos relacionados com conectores elétricos, de qualquer tipo, destinados a fazer ligações elétricas de condutores.

NBR5475 – Reatores elétricos de potência
Define termos relacionados com reatores de potência.

NBR5476 – Tecnologia elétrica geral

NBR5477 – Apresentação de desempenho de motores ACI – Alternativos de combustão interna
Fixa prescrições e requisitos gerais exigíveis para caracterização, ensaios de aceitação, apresentação de resultado e condições padrão relativas aos motores alternativos de combustão interna – Motores ACI.

NBR5478 – Métodos de medição do grau de enegrecimento do gás de escapamento emitido por motor Diesel – Correlação de unidades e curva-limite
Fixa procedimentos e fórmulas de correlação entre os métodos de medição do grau de enegrecimento do gás de escapamento emitido por motor Diesel e a construção da curva-limite.

NBR5479 – Requisitos de segurança para limpador do pára-brisa de automóveis e camionetas
Fixa requisitos mínimos de segurança e durabilidade para o limpador do pára-brisa de automóveis e camionetas de uso misto deles derivadas, a fim de assegurar aos condutores destes veículos condições mínimas de visibilidade sob intempéries.

NBR5480 – Medidores de nível de som emitido por veículos automotores

NBR5481 – Filtros para motores de combustão interna para aplicação em veículos automotores e industrial
Fixa condições exigíveis de qualidade a serem preenchidas por filtros e elementos filtrantes de modo a garantir a remoção correta, do meio e ser filtrado, de impurezas e outros agentes abrasivos que acelerem o desgaste natural dos motores de combustão int

NBR5482 – Contaminantes para ensaios de filtros para óleos lubrificante, combustível, hidráulico, ar e gasolina
Fixa tipos de contaminantes a serem usados nos métodos de ensaios para filtros para óleo lubrificante, combustível, hidráulico, ar e gasolina.

NBR5483 – Buzinas montadas em veículos rodoviários automotores – Determinação dos níveis de som
Prescreve método de determinação dos níveis de som emitidos pelas buzinas instalados em veículos rodoviários automotores.

NBR5484 – Motores alternativos de combustão interna de ignição por compressão (diesel) ou ignição por centelha (otto) de velocidade angular variável – Ensaio
Prescreve método de ensaio de motores projetados para veículos automotores.

NBR5485 – Filtro para gasolina – parte I ensaio de vedação do filtro.

NBR5486 – Filtro para gasolina – parte II vedação do elemento filtrante.

NBR5487 – Filtro para gasolina – parte III migração do meio filtrante.

NBR5488 – Filtro para gasolina – parte IV retenção de partículas em passagem simples.

NBR5489 – Filtro para gasolina – parte V eficiência.

NBR5490 – Filtro para gasolina – parte VI – vida.

NBR5491 – Filtros para óleo lubrificante – Resistência ao fluxo
Prescreve método de determinação, pela resistência ao fluxo, da perda de pressão que resulta quando o líquido atravessa o elemento filtrante sob condições de fluxo e viscosidade predeterminadas.

NBR5492 – Filtros para óleo lubrificante – Determinação da durabilidade e eficiência
Prescreve método de durabilidade e eficiência de filtros para óleos lubrificantes, visando determinar as características de capacidade de contaminação e remoção de contaminantes dos filtros de fluxo total. Para o ensaio o óleo deve circular através do fil

NBR5493 – Filtros para óleo lubrificante – Retenção de partículas em passagem simples
Aplica-se para classificar os elementos filtrantes ou grupo de filtros usados em motores de combustão interna, em termos de percentagem da eficiência de filtração em passagem simples do contaminante constituído de partículas com tamanho específico ou vari

NBR5494 – Filtros para óleo lubrificante – Migração do meio filtrante
Prescreve método para determinar se o filtro introduz contaminantes no fluxo do óleo lubrificante.

NBR5495 – Filtros para óleo lubrificante – Colapso do elemento filtrante
Prescreve método para a determinação da resistência do elemento filtrante a pressão diferencial máxima especificada para evitar uma passagem secundária, devido a ruptura ou ao colapso durante a filtração.

NBR5496 – Filtros para óleo lubrificante – Vazamento da válvula anti-retorno
Prescreve método para a avaliação do desempenho das válvulas anti-retorno em filtros blindados, novos ou usados com relação ao vazamento sob pressão estática.

NBR5497 – Filtros para óleo lubrificante – Comportamento em relação ao meio a ser filtrado
Prescreve métodos aplicáveis a filtro para óleos lubrificantes.

NBR5498 – Filtros para óleo lubrificante – Vedação e remoção
Fixa ensaios necessários para determinar as seguintes características dos filtros para óleo: vedação, momento de força de vedação, momento de força de remoção.

NBR5499 – Filtros para óleo lubrificante – Ensaios mecânicos
Estabelece requisitos para a realização dos ensaios que estão classificados em pulsação, vibração e pressão hidrostática, simulando condições operacionais dos motores e equipamentos.

NBR5500 – Filtros para óleo lubrificante – Abertura da válvula de segurança
Prescreve método para a determinação do desempenho de uma válvula de segurança em relação ao volume de vazamento, pressão de abertura, refechamento e capacidade de fluxo.

NBR5501 – Filtros para óleo lubrificante – Cura do meio filtrante de papel
Prescreve método para a garantia da perfeita polimerização da impregnação do meio filtrante com resina fenólica.

NBR5502 – Filtros para óleo lubrificante – Vedação do elemento filtrante
Prescreve método para a verificação da perfeita vedação entre o meio filtrante e as tampas do elemento filtrante.

NBR5503 – Filtros para óleo lubrificante – Análise da amostra de óleo
Prescreve método para a determinação do insolúvel n-Pentano ou éter de petróleo, através de procedimentos gravimétricos, encontrado numa amostra representativa de óleo retirada do banco de ensaio de acordo com o procedimento especificado para o filtro.

NBR5504 – Figuras.

NBR5505 – Material de fricção para guarnições do freio de veículos rodoviários, industriais e similares – Verificação da estabilidade do raio, a dilatação e o crescimento
Prescreve método para verificação, em laboratório, da estabilidade do raio, da dilatação e do crescimento de materiais de fricção para guarnições do freio de veículos rodoviários, veículos industriais e similares, quando submetidos a condições controladas

NBR5506 – Filtro de ar – Características gerais para ensaio
Determinar as características gerais e operacionais dos filtros de ar. O método é aplicado aos filtros de ar dos tipos: banho de óleo, seco, umedecido de óleo e combinado.

NBR5507 – Filtro de ar – Determinação da perda de pressão
Determinar as perdas de pressão, total e líquida, nos filtros e elementos filtrantes.

NBR5508 – Filtro de ar – Determinação do arraste de óleo
Determinar o arraste de óleo nas seguintes condições: nível de óleo constante, aumentando a vazão de ar; vazão de ar constante, aumentando o nível de óleo; em posição inclinada; por vibração.

NBR5509 – Filtro de ar parte IV – determinação da perda de óleo.

NBR5510 – Filtro de ar parte V – determinação de umedecimento inicial de elemento filtrante.

NBR5511 – Filtro de ar parte VI – determinação da capacidade de retenção de poeira.

NBR5512 – Filtro de ar parte VII – determinação da eficiência.

NBR5513 – Filtro de ar parte VIII – determinação da recuperação.

NBR5514 – Filtro de ar parte IX – determinação de vedação em elementos filtrante a seco.

NBR5515 – Filtro de ar parte X – determinação da ruptura.

NBR5516 – Filtro de ar parte XI – determinação da reversão da vazão em filtro a banho de óleo para ar.

NBR5517 – Filtro de ar parte XII – determinação da características antichama dos elementos filtrantes de papel.

NBR5518 – Determinação de dureza “shore d” de materiais de fricção tipo orgânico para sistemas de freios.

NBR5519 – Determinação de dureza por esfera impressora de materiais de ficção tipo orgânico para sistemas de freios.

NBR5520 – Guarnições de freios – Determinação da dureza “Geogan” de materiais de fricção
Prescreve método para a determinação da dureza “Gogan” de materiais de fricção para guarnições de freio, utilizadas em veículos rodoviários, tratores e veículos similares.

NBR5521 – Limpador de pára-brisa de automóveis e camionetas – Verificação da durabilidade
Prescreve método de verificação de durabilidade do limpador do pára-brisa de automóveis, camionetas de carga e camionetas de uso misto deles derivadas.

NBR5522 – Vela de ignição M 14 x 1,25 com assento plano (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5523 – Vela de ignição M 14 x 1,25 com assento cônico (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5524 – Vela de ignição M 18 x 1,5 com assento cônico (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5525 – Montagem nos painéis – Diâmetros de indicadores e furos
Padroniza dimensões básicas e tolerâncias dos diâmetros de indicadores e furos de montagem nos painéis, utilizados em veículos rodoviários automotores, tratores e similares.

NBR5526 – Vela de ignição M 10 x 1 com assento plano (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5527 – Vela de ignição M 12 x 1,25 com assento plano (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5528 – Velas de ignição “compacta” M 14 x 1,25 com assento cônico (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5529 – Segurança veicular (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Designa e define os termos relacionados ao campo da segurança veicular, incluindo o veículo e seus ocupantes, o meio no qual é operado e as interações resultantes destas operações.

NBR5530 – Elaboração e aplicação da terminologia de veículos rodoviários e industriais, máquinas rodoviárias, tratores agrícolas e similares
Fixa princípios gerais aplicáveis à elaboração da terminologia de veículos rodoviários e industriais, máquinas rodoviárias, tratores agrícolas e similares.

NBR5531 – Veículos rodoviários – Rodagem
Denomina e define os componentes da rodagem dos veículos rodoviários automotores e seus rebocados, excluídos os ciclomotores, as motonetas e as motocicletas.

NBR5532 – Componentes e sistemas de freio para veículos rodoviários
Define termos de frenagem e mecanismo de frenagem, relativos a veículos rodoviários, excluídos os ciclomotores, motonetas e motocicletas. Estes termos podem designar sistemas de freios, elementos envolvidos durante a operação de frenagem e/ou os valores q

NBR5533 – Veículos rodoviários automotores – Carroçaria e quadro do chassi
Define componentes e estabelece definições da carroceria, do chassi e do quadro do chassi dos veículos rodoviários automotores.

NBR5534 – Designação dos requisitos para a localização, identificação e iluminação dos controles de automóveis e camionetas
Fixa o modo de garantir o acesso a determinados controles do veículo e facilitar sua utilização sob condições de iluminação noturna e diurna, a fim de reduzir o perigo causado pelo desvio da atenção do condutor.

NBR5535 – Buzinas para veículos rodoviários automotores – Requisitos acústicos
Fixa condições exigíveis e requisitos acústicos de buzinas.

NBR5536 – Veículos rodoviários automotores – Ensaio acústico de buzinas
Prescreve procedimentos para ensaio em laboratório de buzinas utilizadas em veículos rodoviários automotores, não se aplicando a buzinas ou dispositivos de sinalização sonora que produzem alternância de sons de frequências distintas, ou dispositivos utili

NBR5537 – Materiais de fricção – Verificação por cisalhamento da aderência para guarnições de freio
Prescreve método para a verificação da resistência ao cisalhamento e da aderência entre a sapata e a guarnição do freio de veículos rodoviários, industriais, tratores e veículos similares.

NBR5538 – Mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim – Verificação da resistência ao momento de força estático
Prescreve método de se efetuar ensaios de resistência ao momento de força estático na bancada, em mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim de veículos rodoviários automotores, industriais automotores, tratores e similares.

NBR5539 – Verificação da durabilidade de mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim
Estabelece modo de se efetuar ensaios de durabilidade na bancada, em mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim, de veículos rodoviários automotores, industriais automotores, tratores e similares.

NBR5540 – Verificação da resistência à fadiga de mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim
Estabelece modo de se efetuar ensaios de fadiga na bancada, em mecanismos de direção mecânicos tipo rosca sem-fim, de veículos rodoviários automotores, industriais automotores, tratores e similares.

NBR5541 – Guarnição do freio – Verificação das características de fricção e desgaste
Prescreve método para a verificação das características de fricção e desgaste de guarnições do freio para veículos rodoviários, ferroviários, industriais e tratores.

NBR5542 – Pinos esféricos para articulações de direção e suspensão
Padroniza recomendações quanto às características dimensionais e de material para pinos esféricos de aplicação em articulações de direção e suspensão para veículos rodoviários automotores, industriais, tratores e similares.

NBR5543 – Braçadeira para fixação da bobina da ignição
Padroniza características dimensionais essenciais de uma braçadeira para fixação da bobina da ignição utilizada em motores de ignição por centelha.

NBR5544 – Guarnições da embreagem e do freio – Determinação da densidade relativa
Prescreve o método para a determinação da densidade relativa de materiais de fricção para guarnições da embreagem e do freio de veículos rodoviários automotores, seus rebocados e combinados, veículos industriais, tratores e veículos similares.

NBR5545 – Dimensões de intercambialidade relativas a acoplamento mecânico entre reboques especiais leves e suas unidades de tração
Padroniza dimensões e tolerâncias do pino esférico para o acoplamento mecânico entre reboques especiais leves e suas unidades de tração. Estabelece também as dimensões de instalação permitindo assim a intercambialidade. As dimensões fixadas nesta norma sã

NBR5546 – Anéis de retenção de montagem radial para eixos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Padroniza características técnicas e demais condições exigíveis na aceitação e/ou recebimento de anéis de retenção de montagem radial para eixos.

NBR5547 – Anéis de retenção de arame com seção circular, para furos e eixos – Dimensões
Padroniza dimensões, afastamentos e características físicas e mecânicas de anéis de retenção de arame com seção circular, para furos e eixos.

NBR5548 – Pino-rei de 50 mm de diâmetro para semi-reboques – Dimensões básicas de montagem
Padroniza características dimensionais básicas e de montagem do pino-rei de 50 mm, utilizado para acoplamentos mecânicos de semi-reboques com caminhões-tratores.

NBR5549 – Velas de ignição “compacta” M 14 x 1,25 com assento plano
Padroniza características dimensionais essenciais de um tipo de vela de ignição utilizado para motores de ignição por centelha.

NBR5550 – Pino-rei de 90 mm de diâmetro para semi-reboques – Dimensões básicas de montagem
Padroniza características dimensionais básicas e de montagem do pino-rei de 90 mm de diâmetro, utilizado para acoplamentos mecânicos de semi-reboques com caminhões-tratores.

NBR5551 – Limpador do para-brisa – Dimensões básicas dos componentes
Padroniza tipos básicos de construção, elementos de fixação e dimensões básicas do sistema limpador do pára-brisa. Abrange sistemas eletromecânicos de limpadores do pára-brisa utilizados em veículos rodoviários automotores, excluídos os sistemas que utili

NBR5552 – Gaxetas de borracha para freios hidráulicos
Estabelece características gerais e desempenho experimental exigíveis no recebimento de gaxetas de borracha, com diâmetro externo de bordo de vedação até o máximo de 55 mm inclusive, para cilindros do freio hidráulico de veículos rodoviários automotores u

NBR5553 – Pá-carregadeira
Fixa características operacionais da pá-carregadeira, relacionar os termos usados na nomenclatura de alguns de seus componentes, bem como padronizar as condições de ensaio.

NBR5554 – Parafuso mestre da mola de lâminas (feixe de molas) – Dimensões
Padroniza dimensões do parafuso mestre de mola de lâminas (feixe de molas) utilizada na suspensão de veículos rodoviários.

NBR5555 – Veículos automotores – Levantamento de curvas características de alternadores
Prescreve método de levantar e apresentar a curva característica dos alternadores para veículos automotores.

NBR5556 – Símbolos para identificação de controles, indicadores e luzes-piloto de veículos rodoviários e industriais, máquinas rodoviárias automotrizes e tratores agrícolas
Estabelece símbolos que certos controles, indicadores, luzes-piloto e instruções de advertência ou operação de veículos rodoviários e industriais, máquinas rodoviárias automotrizes e tratores agrícolas devem apresentar a fim de assegurar a sua identificaç

NBR5557 – Truque ferroviário
Define os termos empregados no truque ferroviário.

NBR5558 – Aparelho de mudança de via
Classifica aparelho de mudança de via (AMV) e seus componentes, quanto às suas possíveis variações, para via-férrea.

NBR5559 – Eixo metroferroviário – Especificação
Especifica características exigíveis a um eixo para veículo metroferroviário.

NBR5560 – Placa de apoio – furo de passagem.

NBR5561 – Aparelho de mudança de via A – Geometria e velocidade
Fixa condições exigíveis ao cálculo da geometria e da velocidade do AMVA reto e simétrico.

NBR5562 – Freio ferroviário – Alavanca de freio
Padroniza dimensões da alavanca de freio a ser aplicada na timoneria de freio de material ferroviário.

NBR5563 – Material ferroviário – Elemento de fixação – Escolha
Fixa regras para a escolha de elemento de fixação a ser utilizado no material ferroviário.

NBR5564 – Via férrea – Lastro-padrão
Estabelece requisitos exigíveis para o lastro-padrão (LP) destinado a via férrea.

NBR5565 – Rodeiro ferroviário
Fixa requisitos que devem ser observados no eixamento de rodeiro para material ferroviário.

NBR5566 – Determinação do desvio entre as médias da dureza Brinell para uma solda de trilho
Fixa procedimento que deve ser utilizado na determinação do desvio entre as médias da dureza Brinell para uma solda de trilho ferroviário.

NBR5567 – Trilho ferroviário – Determinação das condições internas através da impressão de Baumann
Prescreve método de determinação das condições internas do trilho para via férrea, através da impressão de “Baumann”.

NBR5568 – Parafuso da tampa do domo para vagão-tanque
Padroniza parafuso da tampa do domo, para vagão-tanque destinado ao transporte de mercadoria sem pressurização.

NBR5569 – Escora para aparelho de mudança de via A
Fixa condições exigíveis a escora para aparelho de mudança de via A (AMVA).

NBR5570 – Transporte ferroviário – explosivo.

NBR5571 – Transporte ferroviário – Explosivo – Marcação
Padroniza padrões para marcação de volume, veículo, cofre de carga, capacete e de área de manuseio de explosivo no transporte ferroviário.

NBR5572 – Roda ferroviária – Determinação de descontinuidade de material por ultra-som
Prescreve método de detecção de descontinuidade interna de material de roda monobloco, para veículo ferroviário, por meio de ultra-som.

NBR5573 – Placas isolantes laterais para topos quentes empregadas no processo de lingotamento de aço
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de placas isolantes laterais para topos quentes em lingotamento convencional de aço.

NBR5574 – Placas exotérmicas laterais para topos quentes (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de placas exotérmicas laterais para topos quentes em lingotamento convencional de aço.

NBR5575 – Pós isolantes de cobertura para topos quentes
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de pós isolantes para topos quentes em lingotamento convencional de aço.

NBR5576 – Pós de cobertura exotérmicos para topos quentes
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de pós de cobertura exotérmicos para topos quentes, em lingotamento convencional de aço pelo processo direto ou indireto em lingoteiras estáticas.

NBR5577 – Tubo de aço – Classificação quanto ao emprego
Classifica uma divisão de produtos tubulares de aço, segundo seu emprego, e aplica-se a produtos tubulares de aço de emprego industrial mais usual.

NBR5578 – Produtos tubulares de aço
Define termos aplicáveis aos produtos tubulares de aço.

NBR5579 – Defeitos de superfície, internos, de forma e dimensões, em produtos tubulares de aço
Define termos empregados para os defeitos de superfície, internos, de forma e dimensões, em produtos tubulares de aço.

NBR5580 – Tubos de aço-carbono para rosca Whitworth gás para usos comuns na condução de fluidos
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono, com ou sem revestimento protetor de zinco, para condução de água, gás, vapor e outros fluidos não-corrosivos.

NBR5581 – Tubo de aço baixo carbono e carbono-molibdênio sem costura, para fornos de refinarias
Fixa requisitos que devem ser obedecidos pelos tubos de aço baixo carbono e de aço-carbono-molibdênio, sem costura, acabados a quente ou trefilados a frio, para fornos de refinarias e os ensaios correspondentes.

NBR5582 – Tubo de aço-cromo-molibdênio e cromo-molibdênio-sílico, sem costura, para fornos de refinarias
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos, sem costura, de aço-cromo-molibdênio e cromo-molibdênio-silício, acabados a quente, ou trefilados a frio, para fornos de refinarias. Estes tubos são utilizados especialmente em f

NBR5583 – Tubo de aço de baixo carbono, sem costura, trefilado a frio, para permutadores de calor
Fixa condições exigíveis a tubos de aço de baixo carbono, sem costura, trefilados a frio para permutadores de calor e aparelhos similares de transferência de calor.

NBR5584 – Tubo de aço-cromo-molibdênio e cromo-molibdênio-sílício, sem costura, trefilado a frio, para permutadores de calor
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-cromo-molibdênio e cromo-molibdênio-silício, sem costura trefilados a frio, para permutadores de calor e aparelhos semelhantes de transferência de calor, cujo diâmetro exte

NBR5585 – Tubo de aço-carbono, soldado por resistência elétrica, para permutadores de calor
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono, soldados por resistência elétrica, para uso em permutadores de calor e aparelhos similares de troca de calor, cujo diâmetro externo seja igual ou inferior a 76,2 m

NBR5586 – Tubos de aço-carbono e de aços-liga ferrítico e austenítico, com ou sem costura – Requisitos gerais
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos com ou sem costura de aço-carbono e de aços-liga ferrítico e austenítico, formados a quente ou trefilados a frio.

NBR5587 – Tubos de aço para condução, com rosca ANSI/ASME B1.20.1 – Dimensões básicas – Padronização
Padroniza dimensões básicas para tubos de aço, com e sem costura, utilizados na condução de fluidos com rosca ANSI/ASME B1.20.1.

NBR5588 – Barra chata de aço laminado e quente para utilização em feixe de mola.

NBR5589 – Arame de aço de baixo teor de carbono – Diâmetros, tolerâncias e pesos
Padroniza dimensões e tolerâncias de arames de aço de baixo teor de carbono (menor ou igual que 0,30% de C) trefilados, destinados ao uso geral.

NBR5590 – Tubos de aço-carbono com ou sem costura, pretos ou galvanizados por imersão a quente, para condução de fluidos
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono, com ou sem costura, pretos ou galvanizados, para condução de fluidos, e sob pressão, aplicações mecânicas, sendo também aceitável para uso ordinário em linhas de v

NBR5591 – Tubo de aço-carbono para altas temperaturas – Requisitos adicionais ISO para aplicação em caldeiras
Fixa requisitos que suplementam ou substituem os fixados em normas brasileiras para tubos de aço-carbono soldados por resistência elétrica e sem costura para aplicação em altas temperaturas, quando tais tubos são usados de acordo com a Recomendação ISO pa

NBR5592 – Tubo de aço médio carbono, sem costura, para caldeiras e superaquecedores
Fixa requisitos que devem ser obedecidos pelos tubos de aço médio carbono, sem costura, usados na construção de caldeiras e superaquecedores, inclusive tubos com uma das extremidades fechada, arcos e tubos estais.

NBR5593 – Tubos de aço-carbono-molibdênio, sem costura, para caldeiras e superaquecedores
Fixa condições e requisitos exigíveis que devem ser obedecidos pelos tubos de aço-carbono-molibdênio, sem costura, usados na construção de caldeiras e superaquecedores.

NBR5594 – Tubos de aço-carbono, sem costura, para caldeiras e superaquecedores de alta pressão
Fixa condições exigíveis que devem ser obedecidas pelos tubos de aço-carbono sem costura para caldeiras e superaquecedores de alta pressão, cuja temperatura não ultrapasse a 425 graus Celsius e cujo diâmetro externo esteja entre 12,7 mm e 177,8 m inclusiv

NBR5595 – Tubo de aço-carbono soldado por resistência elétrica para caldeiras
Fixa condições que devem ser obedecidas pelos tubos de aço-carbono soldados por resistência elétrica para caldeiras usados como tubo de água, tubos de fogo para superaquecedores e tubos com extremidade reduzida por forjamento.

NBR5596 – Tubo de aço-carbono, soldado por resistência elétrica, para caldeiras e superaquecedores de alta pressão
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono soldados por resistência elétrica, para caldeiras e superaquecedores de alta pressão, com diâmetro igual ou maior que 12,7 mm e menor ou igual a 127 mm, com espessu

NBR5597 – Eletroduto rígido de aço-carbono e acessórios com revestimento protetor, com rosca ANSI/ASME B1.20.1
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de eletrodutos rígidos de aço-carbono, fabricados de tubos com ou sem costura, com revestimento protetor, utilizados para proteção de condutores elétricos.

NBR5598 – Eletroduto rígido de aço-carbono com revestimento protetor, com rosca NBR 6414
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de eletrodutos rígidos de aço-carbono com revestimento protetor, fabricados de tubo com ou sem costura e utilizados para proteção de condutores elétricos.

NBR5599 – Tubo de aço-carbono de precisão, com costura
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono de precisão, com costura, trefilados, com diâmetros externos entre 4 mm e 240 mm e espessura de parede entre 0,50 mm e 13 mm. Estes tubos são aplicáveis em conjunto

NBR5600 – Chapa de aço de baixo teor de carbono, chumbada pelo processo semicontínuo de imersão a quente – Espessuras e tolerâncias
Padroniza série de espessuras, inclusive espessuras-padrão, com as massas equivalentes a serem adotadas para as chapas finas de aço baixo teor de carbono, laminadas a frio ou a quente e chumbadas pelo processo semicontínuo de imersão a quente e estabelece

NBR5601 – Aços inoxidáveis – Classificação por composição química
Padroniza diferentes tipos de aços inoxidáveis em função da composicão quimica dos mesmos. Esta norma estabelece três classes: classe a: aços inoxidáveis austeníticos (não temperáveis em tratamento térmico); classe b: aços inoxidáveis martensíticos (tempe

NBR5602 – Tubo de aço, com e sem costura, para condução, utilizado em baixa temperatura
Fixa condições exigíveis para tubos de aço-carbono e aço-liga, com e sem costura, utilizados em serviços de baixa temperatura.

NBR5603 – Tubo de aço ferrítico, sem costura, para condução, utilizado em altas temperaturas
Fixa condições e requisitos exigíveis que devem ser obedecidos pelos tubos de condução de aços ferríticos, sem costura utilizados em altas temperaturas podendo ser curvados, flangeados, trabalhados a frio ou soldados.

NBR5604 – Aço-carbono – Determinação de carbono – Método gasométrico por combustão direta
Prescreve método de determinação de carbono em aços-carbono.

NBR5605 – Tubo de aço-carbono e aço-liga, com e sem costura para serviços em baixas temperaturas (Exceto condução)
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de tubos de aço-carbono ou aço-liga, com ou sem costura, utilizados em permutadores, serpentinas e equipamentos de refrigeração em baixas temperaturas.

NBR5606 – Aço-carbono – Determinação de enxofre – Método de evolução
Prescreve método de determinação de enxofre em aços-carbono.

NBR5607 – Aços-carbono – Determinação de silício – Método de ácido perclórico
Prescreve método de determinação de silício em aços-carbono.

NBR5608 – Aço-carbono – Determinação de silício – Método do ácido sulfúrico
Prescreve método de determinação de silício em aços-carbono.

NBR5609 – Aços-carbono, baixa e média ligas – Determinação do cobre – Método iodométrico
Prescreve método de determinação do cobre em aços-carbono, baixa e média ligas.

NBR5610 – Aço-carbono, baixa e média ligas – Determinação do níquel – Método gravimétrico – Dimetilglioxima
Prescreve método de determinação do níquel em aços-carbono, baixa e média ligas.

NBR5611 – Aços-carbono, baixa e média ligas – Determinação de cromo – Método do persulfato
Prescreve métodos de determinação de cromo em aços-carbono, baixa e média liga, pelo método do persulfato.

NBR5612 – Aço-carbono – Determinação de enxofre – Método volumétrico-iodimétrico
Prescreve método de determinação de enxofre em aços-carbono.

NBR5613 – Aço-carbono – Determinação de manganês – Método do bismuto de ensaio
Prescreve método de determinação de manganês em aços-carbono.

NBR5614 – Aço-carbono – Determinação de alumínio – Método colorimétrico
Prescreve método de determinação de alumínio total e solúvel em aços-carbono.

NBR5615 – Aço ao carbono e baixa liga – Determinação do molibdênio – Método gravimétrico
Prescreve método para a determinação do molibdênio em aços ao carbono e baixa liga.

NBR5616 – Ligas ferrovanádio – Análise química
Prescreve método de determinação de vanádio e silício em ligas ferro-vanádio.

NBR5617 – Ligas ferrotitânio – Análise química
Prescreve métodos de determinação de silício, titânio e alumínio em ligas ferrotitânio.

NBR5618 – Ligas ferromolibdênio – Análise química de ferroligas
Prescreve método de determinação de silício, molibdênio, fósforo, cobre, carbono e enxofre, em ligas ferro-molibdênio.

NBR5619 – Análise química de ferro-ligas ligas ferrossilício.

NBR5620 – Ferroligas e ligas ferrocromo de baixo teor de carbono – Análise química
Prescreve método de determinação de cromo, silício, fósforo, carbono e enxofre em ligas ferro-cromo de baixo teor de carbono.

NBR5621 – Tubos de aço para uso especial na condução – requisitos gerais.

NBR5622 – Tubo de aço-carbono com costura helicoidal para uso em água, ar e vapor de baixa pressão em instalações industriais
Fixa condições exigíveis para tubos de aço-carbono, com extremidades lisas ou biseladas, soldados interna e externamente, com costura helicoidal para uso em água, ar e vapor de baixa pressão, em instalações industriais.

NBR5623 – Barras chatas com bulbo, laminadas a quente
Padroniza características geométricas, dimensões nominais, pesos e respectivas tolerâncias da série normalizada de barras chatas com bulbo de aço laminadas a quente. As dimensões nominais da série variam de (80 x 6)mm a (430 x 17)mm.

NBR5624 – Eletroduto rígido de aço-carbono, com costura, com revestimento protetor e rosca NBR 8133
Fixa condições exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de eletrodutos rígidos de aço-carbono, com rosca NBR 8133, fabricados de tubos com costura, com revestimento protetor, que têm a finalidade de proteger os condutores elétricos.

NBR5625 – Chapa fina de aço de baixo teor de carbono, chumbada pelo processo semicontínuo de imersão a quente para usos gerais e para estampagem
Estabelece condições e requisitos exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de chapas finas de aço de baixo teor de carbono, chumbadas pelo processo semicontínuo de imersão a quente, destinadas a usos gerais e a estampagem.

NBR5626 – Instalação predial de água fria
Estabelece exigências e recomendações relativas ao projeto, execução e manutenção da instalação predial de água fria. As exigências e recomendações aqui estabelecidas emanam fundamentalmente do respeito aos princípios de bom desempenho da instalação e da

NBR5627 – Exigências particulares das obras de concreto armado e protendido em relação à resistência ao fogo
Fixa as condições particulares exigíveis das obras de concreto armado e protendido em relação à resistência ao fogo. Aplica-se apenas às estruturas de concreto armado e de concreto protendido.

NBR5628 – Componentes construtivos estruturais – Determinação da resistência ao fogo
Prescreve método para a determinação da resistência ao fogo de componentes construtivos estruturais.

NBR5629 – Execução de tirantes ancorados no terreno
Fixa condições exigíveis para tirantes ancorados no terreno, tanto para fins provisórios como permanentes.

NBR5630 – Fechadura de embutir com cilindro – padrão popular.

NBR5631 – Fechadura de embutir com cilindro – padrão médio.

NBR5632 – Fechadura de embutir com cilindro – padrão superior.

NBR5633 – Fechadura de embutir tipo interna – padrão popular.

NBR5634 – Fechadura de embutir tipo interna – padrão médio.

NBR5635 – Fechadura de embutir tipo interna – padrão superior.

NBR5636 – Fechadura de embutir tipo banheiro – padrão popular.

NBR5637 – Fechadura de embutir tipo banheiro – padrão médio.

NBR5638 – Fechadura de embutir tipo banheiro – padrão superior.

NBR5639 – Emprego de chapas estruturais de cimento-amianto
Fixa condições exigíveis nos projetos e montagens de coberturas e fechamentos laterais executados com chapas estruturais de cimento-amianto (fibrocimento).

NBR5640 – Telha estrutural de fibrocimento
Fixa condições exigíveis para o recebimento de telhas estruturais de fibrocimento a serem empregadas em coberturas e fechamentos laterais.

NBR5641 – Chapas estruturais de cimento-amianto – Determinação da resistência à flexão
Prescreve método de ensaio para determinação da resistência à flexão de chapas estruturais de cimento amianto.

NBR5642 – Telha de fibrocimento – Verificação da impermeabilidade
Prescreve método para verificação da impermeabilidade em telhas de fibrocimento.

NBR5643 – Telha de fibrocimento – Verificação da resistência a cargas uniformemente distribuídas
Prescreve método para a verificação da resistência de telhas de fibrocimento, quando solicitadas por cargas uniformemente distribuídas.

NBR5644 – Azulejo
Fixa condições exigíveis para a aceitação e/ou recebimento de azulejos.

NBR5645 – Tubo cerâmico para canalizações (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições exigíveis para aceitação e/ou recebimento de tubos cerâmicos empregados na canalização de águas pluviais, de esgotos sanitários e despejos industriais, que operam sob a ação da gravidade e, normalmente, sob pressão atmosférica.

NBR5646 – Elementos cerâmicos para execução de tubulações – inspeção e amostragem.

NBR5647-4 – Sistemas para adução e distribuição de água – Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetro nominais até DN 100 – Parte 4: Requisitos específicos para tubos com pressão nominal PN 0,60 MPa
Fixa requisitos complementares para os tubos de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100, para execução de adutoras e redes de distribuição em sistemas enterrados de abastecimento de água, com pressão de serviço de 0,60 MPa à tempera

NBR5647-3 – Sistemas para adução e distribuição de água – Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100 – Parte 3: Requisitos específicos para tubos com pressão nominal PN 0,75 MPa (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa requisitos complementares para os tubos de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100, para execução de adutoras e redes de distribuição em sistemas enterrados de abastecimento de água, com pressão de serviço de 0,75 MPa á tempera

NBR5647-2 – Sistemas para adução e distribuição de água – Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100 – Parte 2: Requisitos específicos para tubos com pressão nominal PN 1,0 MPa
Fixa requisitos complementares para os tubos de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100, para execução de adutoras e redes de distribuição em sistemas enterrados de abastecimento de água, com pressão de serviço de 1,0 MPa à temperat

NBR5647-1 – Sistemas para adução e distribuição de água – Tubos e conexões de PVC 6,3 com junta elástica e com diâmetros nominais até DN 100 – Parte 1: Requisitos gerais
Fixa condições exigíveis para tubos e conexões de PVC 6,3 e respectivas juntas elásticas, a serem empregados na execução de sistemas de distrituição de água, com pressão de serviço de 1,0 MPa, 0,75 MPa e 0,60 MPa, à temperatura de 20ºC. Os requisitos espe

NBR5647 – Tubos de PVC rígido para adutoras e redes de água
Fixa as condições exigíveis no recebimento de tubos de PVC rígido, de seção circular, e respectivas juntas, destinados à execução de adutoras e redes de água.

NBR5648 – Sistemas prediais de água fria – Tubos e conexões de PVC 6,3, PN 750 kPa, com junta soldável – Requisitos
Fixa condições exigíveis para tubos e conexões de PVC 6,3, com juntas soldáveis, a serem empregados na execução de sistemas prediais de água fria, com pressão de serviço de 750 kPa à temperatura de 20 graus Celsius, sendo 500 kPa de pressão estática dispo

NBR5649 – Reservatório de fibrocimento para água potável
Fixa condições exigíveis para aceitação e recebimento de reservatórios de fibrocimento para água potável.

NBR5650 – Reservatório de fibrocimento para água potável – Verificação da estanqueidade e determinação dos volumes útil e efetivo
Prescreve método de verificação da estanqueidade e de determinação dos volumes útil e efetivo dos reservatórios de fibrocimento para água potável.

NBR5651 – Recebimento de instalações prediais de água fria
Fixa condições mínimas exigíveis para o recebimento de instalações prediais de água fria.

NBR5652 – Caixa de descarga.

NBR5653 – Caixa de descargas – determinação do volume útil.

NBR5654 – Caixa de descarga – determinação da vazão media de descarga.

NBR5655 – Caixa de descarga – determinação do tempo de enchimento.

NBR5656 – Torneira de bóia de caixa de descarga – verificação de estanqueidade.

NBR5657 – Verificação da estanqueidade à pressão interna de instalações prediais de água fria
Prescreve método para verificação da estanqueidade por pressão interna de água, de instalações prediais de água fria.

NBR5658 – Determinação das condições de funcionamento das peças de utilização de uma instalação predial de água fria
Fixa maneira pela qual devem ser determinadas a pressão estática, a subpressão de abertura rápida, a vazão de regime e a sobrepressão de fechamento rápido, de peças de utilização de uma instalação predial de água fria.

NBR5659 – Válvula de descarga para bacia sanitária verificação da estanqueidade.

NBR5660 – Válvula de descarga para bacia sanitária – determinação da mínima forca de acionamento.

NBR5661 – Válvula de descarga para bacia sanitária – determinação da vazão de regime.

NBR5662 – Válvula de descarga para bacia sanitária – determinação do volume de descarga.

NBR5663 – Válvula de descarga para bacia sanitária – determinação da pressão mínima na abertura e da sobrepressão no fechamento.

NBR5664 – Válvula de descarga para bacia sanitária determinação da variação das condições de funcionamento após 30000 descargas.

NBR5665 – Cálculo do tráfego nos elevadores (NOTA:ERRATA INCORPORADA E A INCORPORAR)
Fixa as condições mínimas exigíveis para o cálculo de tráfego das instalações de elevadores de passageiros em edifícios, para assegurar condições satisfatórias de uso. Aplica-se a todos os elevadores destinados ao transporte da população dos edifícios.

NBR5666 – Elevadores elétricos
Define termos empregados em instalações de elevadores elétricos, em geral.

NBR5667 – Hidrantes urbanos de incêndio
Fixa requisitos mínimos para o recebimento de hidrantes urbanos de incêndio de ferro fundido, para serem empregados em linha de água sob pressão.

NBR5668 – Desempenho de caixa de descarga.

NBR5669 – Desempenho de válvulas de descargas em instalações prediais de água fria.

NBR5670 – Seleção e contratação de serviços e obras de engenharia e arquitetura de natureza privada
Fixa condições e prescrições para seleção e contratação dos serviços e obras de engenharia e arquitetura de natureza privada.

NBR5671 – Participação dos intervenientes em serviços e obras de engenharia e arquitetura (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições de participação dos intervenientes em serviços ou obras de engenharia e arquitetura, definindo o âmbito de suas atuações.

NBR5672 – Diretrizes para o controle tecnológico de materiais destinados a estruturas de concreto.

NBR5673 – Diretrizes para o controle tecnológico de processos executivos em estruturas de concreto.

NBR5674 – Manutenção de edificações – Procedimento
Fixa os procedimentos de orientação para organização de um sistema de manutenção de edificações.

NBR5675 – Recebimento de serviços e obras de engenharia e arquitetura
Fixa condições exigíveis para o recebimento de serviços e obras de engenharia e arquitetura de natureza pública ou iniciativa privada.

NBRISO5675 – Tratores e máquinas agrícolas – Conectores hidráulicos de ação rápida para aplicação geral
Especifica as dimensões essenciais de acoplamento e os requisitos operacionais de conectores hidráulicos empregados para transmitir potência hidráulica dos tratores agrícolas às máquinas e implementos.

NBR5676 – Avaliação de imóveis urbanos (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa as diretrizes para avaliação dos imóveis urbanos, dos seus frutos e dos direitos, quais sejam: classificação da natureza dos imóveis urbanos, dos seus frutos e dos direitos; instituição da terminologia, das convenções e das notações em trabalhos aval

NBR5677 – Estudos de pré-viabilidade de serviços e de obras de engenharia e arquitetura
Fixa condições a que devem obedecer os Estudos, de Pré-Viabilidade de Serviços e de Obras de Engenharia e Arquitetura em geral, analisados isoladamente ou no conjunto de um empreendimento.

NBR5678 – Estudos de viabilidade de serviços e de obras de engenharia e arquitetura
Fixa condições a que devem obedecer os Estudos de Viabilidade de Serviços e de Obras de Engenharia e Arquitetura em geral, analisados isoladamente ou no conjunto de um empreendimento.

NBR5679 – Elaboração de projetos de obras de engenharia e arquitetura
Fixa tipo de projetos, requisitos e principais recomendações a que obedecer a elaboração, revisão e atualização de projetos de obras, em geral, sem prejuízo do atendimento de disposições constantes em normas específicas.

NBR5680 – Dimensões de tubos de PVC rígido
Padroniza diâmetros externos, comprimentos, respectivas tolerâncias e fixa séries de tubos de PVC rígido, de seção circular, fabricados por extrusão.

NBR5681 – Controle tecnológico da execução de aterros em obras de edificações
Fixa as condições mínimas a serem preenchidas no procedimento do controle tecnológico da execução de aterros em obras de construção de edificações residenciais, comerciais ou industriais de propriedade pública ou privada.

NBR5682 – Contratação, execução e supervisão de demolições
Fixa condições exigíveis para contratação e licenciamento de trabalhos de demolição; providências e precauções a serem tomadas antes, durante e após os trabalhos; métodos de execução.

NBR5683 – Tubos de PVC – Verificação da resistência à pressão hidrostática interna
Prescreve o método para a verificação da resistência dos tubos de PVC à pressão hidrostática interna.

NBR5684 – Tubos de PVC rígido – Efeitos sobre a água
Prescreve método pelo qual deve ser determinado o efeito sobre a água de tubos de PVC rígido.

NBR5685 – Tubos e conexões de PVC – Verificação do desempenho da junta elástica
Prescreve os métodos de verificação do desempenho de juntas elásticas do tipo ponta e bolsa com anel de borracha de tubos e conexões de PVC.

NBR5686 – Verificação da resistência à pressão interna prolongada de tubos de PVC rígido
Prescreve método pelo qual deve ser feito o ensaio de pressão interna prolongada em tubos de PVC rígido.

NBR5687 – Tubos de PVC – Verificação da estabilidade dimensional
Prescreve o método de verificação da estabilidade dimensional dos tubos de PVC, sendo aplicável a todos os tubos de PVC, qualquer que seja a finalidade de uso.

NBR5688 – Sistemas prediais de água pluvial, esgoto sanitário e ventilação – Tubos e conexões de PVC, tipo DN – Requisitos
Fixa condições exigíveis para tubos conexões de PVC – série normal, com juntas soldáveis ou soldáveis/elásticas a serem empregados em sistemas prediais de esgoto sanitário e ventilação, que funcionam pela ação da gravidade, com vazão livre e classe de tem

NBR5689 – Materiais para revestimento de base asfáltica empregados em tubos de aço para condução de água de abastecimento
Estabelece tipos de materiais e requisitos mínimos exigíveis para os mesmos quando empregados em revestimento de base asfáltica para tubos de aço usados na condução de água de abastecimento.

NBR5690 – Preparação do esmalte de asfalto, destinado a revestimento de tubos de aço
Fixa métodos para preparação do esmalte de asfalto, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento e revestimento de placas de aço para fins de ensaio.

NBR5691 – Esmalte de asfalto – Verificação do escorrimento
Prescreve método de verificação do deslocamento do conjunto solução asfáltica de imprimação mais esmalte de asfalto, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5692 – Esmalte de asfalto – Determinação da absorção de água
Determina quantidade de água absorvida pelo esmalte de asfalto, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5693 – Esmalte de asfalto – Determinação da sedimentação da carga mineral
Prescreve método de medição do grau de sedimentação da carga mineral do esmalte de asfalto, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5694 – Esmalte de asfalto – Determinação da resistência ao deslocamento, quando submetido a impacto
Determina a resistência ao deslocamento do esmalte asfáltico, quando submetido a um impacto sob condições padronizadas.

NBR5695 – Esmalte de asfalto – Determinação da aderência
Prescreve método para a determinação da aderência do esmalte de asfalto numa superfície metálica contendo solução asfáltica de imprimação.

NBR5696 – Esmalte de asfalto – Verificação da fluência
Prescreve método para a verificação da resistência de esmalte de asfalto quando submetido a pressões externas prolongadas.

NBR5697 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado – Determinação da porcentagem de material asfáltico de impregnação
Determina a porcentagem de material asfáltico de impregnação do véu de fibra de vidro tipo reforçado e impregnado de material asfáltico, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5698 – Véu de fibra de vidro reforçado – Determinação da espessura
Prescreve método de medição da espessura do véu de fibra de vidro tipo reforçado, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5699 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado – Determinação da massa
Prescreve método de determinação da massa do véu de fibra de vidro tipo reforçado, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento, para os casos de recebimento do material sob a forma de bobina e para os casos de amostrage

NBR5700 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado – Determinação da resistência à flexibilidade
Determina resistência à flexibilidade do véu de fibra de vidro tipo reforçado, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5701 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado – Determinação da resistência à tração
Determina resistência à tração do véu de fibra de vidro tipo reforçado, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5702 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado e impregnado com material asfáltico – Determinação da absorção de água
Determina porcentagem de absorção de água do véu de fibra de vidro tipo reforçado e impregnado com material asfáltico, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5703 – Véu de fibra de vidro tipo reforçado – Determinação da resistência ao rasgamento trapezoidal
Determina resistência ao rasgamento trapezoidal do véu de fibra de vidro tipo reforçado, destinado a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5704 – Juta saturada com material asfáltico – Determinação da resistência à tração
Prescreve método para a determinação da resistência à tração de juta saturada com material asfáltico, destinada a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5705 – Juta – Determinação da porcentagem do material asfáltico de saturação
Prescreve método para a determinação da porcentagem do material asfáltico de saturação da juta, destinada a revestimento de tubos de aço para condução de água de abastecimento.

NBR5706 – Coordenação modular da construção
Fixa bases, nomenclatura e definições para um sistema que coordene as medidas dos componentes da construção, desde o projeto até a execução.

NBR5707 – Posição dos componentes da construção em relação a quadricula modular de referência
Fixa condições exigíveis na escolha da posição dos componentes da construção, em relação à quadrícula modular de referência na construção coordenada modularmente.

NBR5708 – Vãos modulares e seus fechamentos
Fixa condições exigíveis para vãos e seus fechamentos na construção coordenada modularmente.

NBR5709 – Multimodulos
Fixa condições exigíveis relativas ao emprego dos multimódulos na construção coordenada modularmente.

NBR5710 – Alturas modulares de piso a piso, de compartimento e estrutural
Fixa condições exigíveis nas alturas modulares de piso a piso de compartimento e estrutural.

NBR5711 – Tijolo modular de barro cozido
Fixa padronização para tijolos modulares de barro cozido a serem empregados na construção coordenada modularmente.

NBR5712 – Bloco vazado modular de concreto
Padroniza blocos vazados de concreto a serem empregados na construção coordenada modularmente.

NBR5713 – Altura modular de teto-piso (entre pavimentos consecutivos)
Fixa condições exigíveis para as alturas modulares de teto-piso, na construção coordenada modularmente.

NBR5714 – Painel modular vertical
Fixa condições exigíveis a painéis modulares verticais, na construção coordenada modularmente.

NBR5715 – Local e instalação sanitária modular
Fixa condições exigíveis a locais e instalações sanitárias, abrangendo o projeto e execução, na construção coordenada modularmente.

NBR5716 – Componentes de cerâmica, de concreto ou de outro material utilizado em lajes mistas na construção coordenada modularmente
Fixa condições exigíveis relativas ao emprego dos componentes cerâmicos de concreto ou de outros materiais para lajes mistas, utilizadas na construção coordenada modularmente.

NBR5717 – Espaço modular para escadas
Fixa condições exigíveis aos espaços modulares para escadas utilizadas na construção coordenada modularmente.

NBR5718 – Alvenaria modular
Fixa condições exigíveis a alvenaria modular utilizada na construção coordenada modularmente.

NBR5719 – Revestimentos
Fixa condições exigíveis a revestimentos com elementos simples ou compostos, aplicados horizontal ou verticalmente, na construção coordenada modularmente.

NBR5720 – Coberturas
Fixa condições exigíveis a coberturas utilizadas na construção coordenada modularmente.

NBR5721 – Divisória modular vertical interna
Fixa condições exigíveis a divisórias modulares verticais internas, aplicadas na construção coordenada modularmente.

NBR5722 – Esquadrias modulares
Fixa condições exigíveis aplicadas às esquadrias de madeira, metal, plástico ou outro material, a serem utilizadas na construção coordenada modularmente.

NBR5723 – Forro modular horizontal de acabamento (placas, chapas ou similares)
Fixa condições exigíveis aplicadas a forros modulares horizontais de acabamento, utilizados na construção coordenada modularmente.

NBR5724 – Tacos modulares de madeira para soalhos na construção coordenada modularmente
Fixa condições exigíveis aplicadas a tacos modulares de madeira, para soalhos, utilizados na construção coordenada modularmente.

NBR5725 – Ajustes modulares e tolerâncias
Fixa condições exigíveis relativas aos ajustes modulares e tolerâncias na construção coordenada modularmente.

NBR5726 – Série modular de medidas
Fixa condições exigíveis das séries de medidas utilizadas na construção coordenada modularmente.

NBR5727 – Equipamento para complemento da habitação na construção coordenada modularmente
Fixa condições exigíveis relativas aos equipamentos para complemento da habitação na construção coordenada modularmente.

NBR5728 – Detalhes modulares de esquadrias
Fixa condições exigíveis que se devem aplicar aos detalhes modulares de esquadrias.

NBR5729 – Princípios fundamentais para a elaboração de projetos coordenados modularmente
Fixa condições exigíveis a serem observadas na elaboração de projetos coordenados modularmente.

NBR5730 – Símbolos gráficos empregados na coordenação modular da construção
Estabelece símbolos utilizados na coordenação modular da construção.

NBR5731 – Coordenação modular da construção
Define termos empregados na construção coordenada modularmente.

NBR5732 – Cimento Portland comum
Fixa condições exigíveis no recebimento dos cimentos Portland comuns (CPI e CPI-S), de classes 25, 32 e 40.

NBR5733 – Cimento Portland de alta resistência inicial
Fixa condições exigíveis no recebimento do cimento Portland de alta resistência inicial (CP V – ARI).

NBR5734 – Peneiras para ensaio com telas de tecido metálico
Fixa características técnicas e os métodos para verificação e a calibração de peneiras para ensaio, constituídas de telas de fios metálicos tecidos.

NBR5735 – Cimento Portland de alto-forno
Fixa condições exigíveis no recebimento do cimento Portland de alto-forno (CP III), de classes 25, 32 e 40.

NBR5736 – Cimento Portland pozolânico (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa condições exigíveis no recebimento do cimento Portland pozolânico (CP IV), de classes 25 e 32.

NBR5737 – Cimentos Portland resistentes a sulfatos
Fixa condições exigíveis no recebimento dos cimentos Portland resistentes a sulfatos.

NBR5738 – Moldagem e cura de corpos-de-prova cilíndricos ou prismáticos de concreto
Fixa condições exigíveis para moldagem, desforma, preparação de topos, transporte e cura de corpos-de-prova cilíndricos ou prismáticos de concreto, destinados a ensaios para determinação das propriedades intrínsecas desse material.

NBR5739 – Concreto – Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos
Prescreve método pelo qual devem ser ensaiados à compressão os corpos-de-prova cilíndricos de concreto.

NBR5740 – Análise química de cimento Portland – Disposições gerais
Estabelece disposições gerais para efetuar a análise química de cimento Portland.

NBR5741 – Extração e preparação de amostras de cimentos
Estabelece procedimentos pelos quais deve ser executada a extração e preparação de amostras de cimento.

NBR5742 – Análise química de cimento Portland – Processos de arbitragem para determinação de dióxido de silício, óxido férrico, óxido de alumínio, óxido de cálcio e óxido de magnésio
Estabelece processos de arbitragem para a determinação de SiO2, Fe2O3, Al2O3, CaO e MgO em cimento Portland.

NBR5743 – Cimento Portland – Determinação de perda ao fogo
Estabelece processo para determinar a perda ao fogo de cimento portland.

NBR5744 – Cimento Portland – Determinação de resíduo insolúvel
Prescreve método para a determinação do resíduo insolúvel em todos os tipos de cimento portland, com exceção daqueles que contenham adições de materiais pozolânicos.

NBR5745 – Cimento Portland – Determinação de anidrido sulfúrico
Prescreve método para a determinação do teor de anidrido sulfúrico em todos os tipos de cimento Portland.

NBR5746 – Cimento Portland – Determinação de enxofre na forma de sulfeto
Prescreve método para determinar o enxofre na forma de sulfeto em cimento portland.

NBR5747 – Cimento Portland – Determinação de óxido de sódio e óxido de potássio por fotometria de chama
Prescreve método para determinação dos álcalis totais com utilização de fotômetro de chama em todos os tipos de cimento portland, com exceção daqueles que contenham adições de materiais pozolânicos.

NBR5748 – Análise química de cimento Portland – Determinação de óxido de cálcio livre
Estabelece processo para determinar o teor de óxido de cálcio livre em clínquer de cimento Portland.

NBR5749 – Análise química de cimento portland – processos optativos para determinação de dióxido de silício, óxido de ferro e alumínio, óxido de cálcio e óxido de magnésio.

NBR5750 – Amostragem de concreto fresco
Fixa exigências para a amostragem de concreto fresco.

NBR5751 – Materiais pozolânicos – Determinação de atividade pozolânica – Indice de atividade pozolânica com cal
Prescreve método de ensaio de atividade pozolânica em materiais pozolânicos através do índice de atividade com cal.

NBR5752 – Materiais pozolânicos – Determinação de atividade pozolânica com cimento Portland – Indice de atividade pozolânica com cimento
Prescreve método para determinação do índice de atividade pozolânica com cimento Portland.

NBR5753 – Cimento Portland pozolânico – Determinação da pozolanicidade
Prescreve método de determinação da pozolanicidade de cimento Portland pozolânico.

NBR5754 – Cimento Portland – Determinação de teor de escória granulada de alto-forno por microscopia
Prescreve método de determinação do teor de escória granulada em cimento Portland por microscopia de luz transmitida, em termos de porcentagem relativa ao cimento.

NBR5755 – Determinação de água em líquidos isolantes (Método Karl Fischer) (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Prescreve método para determinação do teor de água em líquidos isolantes.

NBR5756 – Agua – Determinação de hidrazina
Prescreve método de determinação calorimétrica de hidrazina em água.

NBR5757 – Agua – Determinação de sulfito
Prescreve método de determinação volumétrica de sulfito em águas industriais e águas residuais de indústrias.

NBR5758 – Sólidos ou líquidos, orgânicos ou inorgânicos – Determinação de água livre e água de hidratação usando o reagente Karl Fischer – Guia geral
Prescreve método de determinação de água livre e água de hidratação, na maioria dos produtos sólidos ou líquidos, orgânicos e inorgânicos.

NBR5759 – Agua – Determinação de cloreto – Método argentométrico
Prescreve método de determinação volumétrica do íon-cloreto pelo nitrato de prata.

NBR5760 – Determinação de cálcio em águas – Método complexométrico
Prescreve método para determinação de cálcio em águas naturais, tratadas e de caldeiras, empregando-se o sal dissódico de ácido etileno-diamino-tetracético (EDTA).

NBR5761 – Determinação da dureza em água (Método complexométrico)
Prescreve método para determinação complexométrica de dureza em águas, pelo sal dissódico do ácido etilenodiamino tetracético (EDTA).

NBR5762 – Determinação da alcalinidade em água – Método por titulação direta
Prescreve método para a determinação da alcalinidade em águas naturais, por titulação com ácido padrão.

NBR5763 – Agua – Determinação do oxigênio
Prescreve método de determinação da concentração de oxigênio em água.

NBR5764 – Amostragem de produtos químicos industriais líquidos de uma só fase
Descreve processo da coleta de amostras dos produtos químicos industriais líquidos que apresentam uma única fase no momento da amostragem, contidos em tanques (a granel, de um modo geral) ou em qualquer outro tipo de embalagem.

NBR5765 – Asfaltos diluídos – Determinação do ponto de fulgor – Vaso aberto tag
Prescreve método para a determinação do ponto de fulgor dos asfaltos diluídos que tenham ponto de fulgor inferior a 93 graus Celsius.

NBR5766 – Corantes orgânicos naturais e artificiais
Estabelece bases para a classificação de corantes orgânicos naturais e artificiais.

NBR5767 – Hidrocarbonetos aromáticos industriais – Determinação da cor do ácido de lavagem
Prescreve método para a determinação da cor resultante da lavagem de benzeno, tolueno, xileno, solventes refinados nafta, hidrocarbonetos aromáticos industriais e similares.

NBR5768 – Determinação da cor do butanol normal após reação com ácido sulfúrico
Prescreve método de determinação da quantidade de impurezas que atribuem cor ao butanol, quando aquecido com ácido sulfúrico.

NBR5769 – Líquidos límpidos – Determinação da cor – Escala platina-cobalto
Prescreve método para a determinação visual da cor de líquidos límpidos, levemente coloridos; aplica-se apenas a materiais em que as substâncias causadoras da cor, apresentam absorções de luz características, praticamente idênticas às dos padrões de cor p

NBR5770 – Determinação do grau de enferrujamento de superfícies pintadas
Estabelece uma escala designada dos graus de enferrujamento constatados em superfícies de aço pintadas. A escala estabelecida por esta Norma destina-se tanto à designação de ferrugem encontrada em estruturas de aço pintadas como também à designação da fer

NBR5771 – Fertilizantes – Determinação de água livre
Prescreve método para determinação de água livre em fertilizantes sólidos.

NBR5772 – Determinação de óleo em amônia anidra em fertilizantes
Prescreve método de determinação de óleo de amônia anidra em fertilizantes.

NBR5773 – Determinação de água e nitrogênio em amônia anidra para fertilizantes
Prescreve método de determinação de água e nitrogênio em amônia anidra para fertilizantes.

NBR5774 – Determinação da acidez livre em fertilizantes
Prescreve método de determinação da acidez livre em fertilizantes fosfatados.

NBR5775 – Amostragem de fertilizantes
Prescreve método de coleta e preparo de amostras homogêneas de fertilizantes.

NBR5776 – Fertilizantes, corretivos e condicionadores de solo
Define termos para fertilizantes, corretivos e condicionadores de solo.

NBR5777 – Gasolina – Determinação de chumbo tetraetila – Método complexométrico pelo EDTA
Prescreve método de determinação do chumbo total em gasolinas, contendo alquilatos de chumbo, em concentrações entre 0,026 e 1,300 g de chumbo por litro.

NBR5778 – Determinação do índice de refração
Prescreve método para determinação do índice de refração.

NBR5779 – óleos minerais isolantes – Determinação qualitativa de cloretos e sulfatos inorgânicos
Prescreve método para a determinação qualitativa de cloretos e sulfatos inorgânicos em óleos minerais isolantes.

NBR5780 – Amostragem de óleos essenciais
Estabelece procedimento para amostragem de uma partida de óleo essencial. As amostras coletadas são destinadas para a determinação de características organolépticas, físicas e químicas de uma partida de óleo essencial.

NBR5781 – Preparo de amostras de óleos essenciais
Estabelece procedimento para o preparo de amostras de óleos essenciais, destinadas a análise em laboratório.

NBR5782 – óleos essenciais – Determinação do ponto e da faixa de fusão
Prescreve método para determinação do ponto e da faixa de fusão de componentes isolados ou sintéticos de óleos essenciais.

NBR5783 – óleos essenciais – Determinação da rotação óptica e rotação óptica específica
Prescreve método para a determinação da rotação óptica e rotação óptica específica de óleos essenciais, seus isolados e produtos sintéticos.

NBR5784 – óleos essenciais – Determinação da massa específica e densidade relativa
Estabelece procedimento para determinação da massa específica e densidade relativa de óleos essenciais à temperatura de 20 graus Celsius.

NBR5785 – óleos essenciais – Determinação do índice de refração
Prescreve método para a determinação do índice de refração de óleos essenciais.

NBR5786 – óleos essenciais – Determinação do índice de acidez
Estabelece método de determinação do índice da acidez em óleos essenciais.

NBR5787 – óleos essenciais – Determinação do índice de ésteres e do teor de ésteres
Estabelece método de determinação do índice de ésteres e do teor de ésteres de óleos essenciais.

NBR5788 – óleos essenciais – Determinação do teor de álcoois totais e livres pela determinação do índice de ésteres após acetilação
Estabelece método de avaliação dos álcoois totais e livres primários e secundários de óleos essenciais pela determinação do índice de ésteres após acetilação.

NBR5789 – óleos essenciais – Determinação do teor em constituintes carbonílicos pelo método do cloridrato de hidroxilamina
Estabelece método de determinação do teor em constituintes carbonílicos nos óleos essenciais.

NBR5790 – óleos essenciais – Determinação do teor em constituintes carbonílicos pelo método da hidroxilamina livre
Prescreve método para a determinação do teor em constituintes carbonílicos nos óleos essenciais.

NBR5791 – óleos essenciais – Determinação da solubilidade em etanol
Prescreve método de determinação da solubilidade de óleos essenciais em etanol.

NBR5792 – óleos essenciais – Rotulagem e marcação dos recipientes ou frascos
Fixa o processo de rotulagem e marcação de recipientes ou frascos para óleos essenciais.

NBR5793 – Parafina e petrolato – Determinação do ponto de fusão por gotejamento
Prescreve o método de determinação do ponto de fusão de parafinas. Este método é usado comumente para petrolatos e outras ceras microcristalinas.

NBR5794 – Parafina – Determinação da penetração
Prescreve método de estimativa empírica da consistência de parafinas derivadas de petróleo através da medida de profundidade alcançada pela penetração de uma agulha-padrão. É aplicãvel a parafinas que tenham penetração até 25,0 mm.

NBR5795 – Parafinas – Determinação de substâncias carbonizáveis
Prescreve método para a determinação de substâncias carbonizáveis em ceras parafínicas de ponto de fusão entre 47 e 65 graus Celsius.

NBR5796 – Parafina – Determinação do ponto de fusão – Método da curva de resfriamento
Prescreve método para a determinação do ponto de fusão em parafina.

NBR5797 – Parafinas – Determinação do teor de óleo
Prescreve método para a determinação do teor de óleo em parafinas que possuem ponto de congelamento igual ou superior a 30 graus Celsius, e que não contenham mais do que 15 por cento de óleo.

NBR5798 – Produtos de petróleo – Determinação do índice de basicidade por titulação potenciométrica com ácido perclórico (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Descreve o método de determinação de constituintes básicos de produtos de petróleo por titulação com ácido perclórico em ácido acético glacial.

NBR5799 – Destilados de petróleo – Determinação de traços de enxofre – Método pela liga níquel – Raney
Prescreve método para a determinação de baixas concentrações de enxofre, na faixa de 0,1 a 200ppm, e pode ser aplicado para produtos destilados não-olefínicos, tais como naftas de destilação direta, de reforma e hidrocarbonetos aromáticos.

NBR5800 – Amostragem de petróleo e derivados líquidos para fins quantitativos
Estabelece tipos e procedimentos usados na amostragem de petróleo e seus derivados líquidos para fins quantitativos.

NBR5801 – óxido de ferro
Fixa características exigíveis para o óxido de ferro, material destinado a ser usado como pigmento na confecção de tintas ou outros usos industriais.

NBR5802 – Pigmentos e cargas – Determinação de resíduo em peneiras – Método úmido – Processo manual
Prescreve método de determinação de resíduo em peneira de uma amostra de pigmento ou cargas, dispersos em água.

NBR5803 – Pigmento – Ensaio de transparência
Prescreve método de determinação de transparência na cor plena de materiais comercialmente conhecidos como pigmentos para tintas.

NBR5804 – Pigmento – Ensaio de poder de cobertura
Prescreve método de determinação do poder de cobertura de materiais comercialmente conhecidos como pigmentos para tintas.

NBR5805 – Pigmento – Determinação do pH
Prescreve método para a determinação do pH em pigmentos.

NBR5806 – Pigmento verde de cromo e azul da prússia – Determinação de ferro total
Prescreve método de determinação de ferro total nos seguintes pigmentos: verde de cromo e azul da Prússia.

NBR5807 – Pigmentos amarelos, alaranjados e verdes de cromo – Determinação do teor de cromo
Prescreve método de determinação de cromo (CrO4) nos seguintes pigmentos: amarelos, alaranjados e verdes de cromo.

NBR5808 – Pigmentos amarelos, alaranjados e verdes de cromo – Determinação do teor de chumbo
Prescreve método de determinação do teor de chumbo (Pb) nos seguintes pigmentos: amarelos, alaranjados e verdes de cromo.

NBR5809 – Pigmento azul da prússia – Determinação de nitrogênio (do radical ferro cianeto)
Prescreve método de determinação de nitrogênio (N) do radical ferrocianeto em azul da Prússia.

NBR5810 – Pigmentos – Comparação visual da cor
Prescreve método de comparação visual da cor de pigmentos utilizando moinho automático ou manual.

NBR5811 – Teste de absorção de óleo de pigmentos
Prescreve método de determinação de absorção de óleo, pelo método da espátula, de materiais comercialmente conhecidos como pigmentos para tintas.

NBR5812 – Determinação do teor de Fe2O3 nos óxidos de ferro
Prescreve método de determinação do teor de Fe2O3 nos óxidos de ferro.

NBR5813 – óxidos de ferro – Determinação de insolúveis em ácido clorídrico
Prescreve método de determinação de substâncias insolúveis em ácido clorídrico nos óxidos de ferro.

NBR5814 – Teste de floculação e flotação de um pigmento
Prescreve método de determinação da possível floculação, como também da flotação de um pigmento.

NBR5815 – óxidos de ferro – Determinação de perda ao fogo
Prescreve método de determinação de perda ao fogo em óxidos de ferro.

NBR5816 – Pigmentos – Determinação do teor de umidade
Prescreve método de determinação de umidade em materiais comercialmente conhecidos como pigmentos para tintas.

NBR5817 – Pigmentos – Determinação de sais solúveis
Prescreve método de determinação de sais solúveis em pigmentos.

NBR5818 – Teste de resistência à cristalização de pigmentos azuis de ftalocianina
Prescreve método de determinação da resistência à cristalização em solventes, dos pigmentos azuis de ftalocianina.

NBR5819 – Pigmentos – Teste de solidez a solventes
Prescreve método de determinação da solubilidade em solventes de materiais comercialmente conhecidos como pigmentos para tintas.

NBR5820 – Sulfato de níquel
Fixa condições exigíveis na aquisição de sulfato de níquel a ser usado para fins industriais e estabelece condições técnicas para o seu recebimento.

NBR5821 – Sulfato de níquel – Determinações de materiais insolúveis e da acidez
Prescreve método para a determinação de material insolúvel, teores de níquel, cobre, ferro, zinco, cobalto, chumbo e cromo, no sulfato de níquel para fins industriais, bem como a determinação da acidez (pH) de uma solução aquosa a 40 por cento de sulfato

NBR5822 – Benzeno, tolueno, xileno, naftas solventes e hidrocarbonetos aromáticos industriais similares – Determinação da acidez
Prescreve método de determinação quantitativa da acidez de benzeno, tolueno, xileno, naftas solventes e hidrocarbonetos industriais similares.

NBR5823 – Determinação de acetona no metanol
Prescreve método de ensaio para detectar a acetona presente no metanol em quantidades maiores que 0,003 por cento em peso.

NBR5824 – Acetona, álcoois etílico e metílico – Determinação do tempo de redução de permanganato – Método de Barbet
Prescreve método de ensaio para determinação qualitativa de impurezas em acetona, álcoois etílico e metílico, que reduzem permanganato de potássio.

NBR5825 – Cetona – Determinação do teor de álcool
Descreve procedimento para a determinação das impurezas alcoólicas, em quantidades inferiores a 2%, encontradas nas cetonas.

NBR5826 – Determinação do ponto de fusão de uma resina pelo método do tubo capilar
Prescreve método para a determinação do ponto de fusão de uma resina pelo sistema do tubo capilar.

NBR5827 – Prova de gelificação de resina fenólica (Gel Test)
Determina tempo de gelificação de uma resina fenólica pura reativa quando em combinação com óleo de tungue.

NBR5828 – Resina sólida – Determinação do ponto de amolecimento pelo sistema anel e bola (Ball and Ring)
Determina ponto de amolecimento pelo calor de resinas sólidas.

NBR5829 – Tintas, vernizes e derivados – Determinação da massa específica
Prescreve método de determinação da massa específica de tintas e vernizes.

NBR5830 – Resinas e vernizes – Determinação de estabilidade acelerada
Prescreve método para a obtenção, em um prazo relativamente curto, de uma idéia do comportamento de uma resina ou verniz, em função do tempo de armazenagem.

NBR5831 – Determinação do índice de acidez de resinas fenólicas puras óleo-solúveis
Prescreve método para a determinação do índice de acidez para resinas fenólicas puras, do tipo óleo-solúveis.

NBRISO5832-10 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 10: Liga conformada de titânio 5-alumínio 2,5-ferro
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para a liga de titânio conformada conhecida como liga de titânio 5-alumínio 2,5-ferro (Ti 5-Al 2,5-Fe) para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-4 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 4: Liga fundida de cobalto-cromo-molibdênio
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para a liga fundida de cobalto-cromo-molibdênio para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-5 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 5: Liga conformada de cobalto-cromo-tungstênio-níquel
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para a liga conformada de cobalto-cromo-tungstênio-níquel para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-9 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 9: Aço inoxidável conformado de alto nitrogênio
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para aços inoxidáveis conformados contendo 0,25 por cento e 0,5 por cento de nitrogênio para uso na fabricação de implantes cirúrgicos nos quais são requeridos altos níveis de resistência mecâ

NBRISO5832-1 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 1: Aço inoxidável conformado
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes de aços inoxidáveis conformados para uso na fabricação de implantes cirúrgicos. São enfocados dois tipos de aço inoxidável, baseados nas suas composições químicas.

NBR5832 – Determinação do índice de hidroxila de resinas ou vernizes
Prescreve método para a determinação do índice ou porcentagem de hidroxilas reativas contidas em uma unidade de resina ou verniz.

NBRISO5832-2 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 2: Titânio puro
Especifica as características e os métodos de ensaio correspondentes para titânio puro usado na fabricação de implantes cirúrgicos. São enfocados seis graus de titânio baseados na sua resistência à tração.

NBRISO5832-6 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 6: Liga conformada de cobalto-níquel-cromo-molibdênio
Especifica as características e os métodos de ensaio correspondentes para a liga cobalto-níquel-cromo-molibdênio para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-7 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 7: Liga forjada e conformada a frio de cobalto-cromo-níquel-molibdênio-ferro
Especifica as características e os métodos de ensaios correspondentes para a liga forjada e conformada a frio de cobalto-cromo-níquel-molibdênio-ferro para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-3 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 3: Liga conformada de titânio 6-alumínio 4-vanádio
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para a liga de titânio conformada conhecida como liga de titânio 6-alumínio 4-vanádio (liga Ti 6-Al 4-V) para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-8 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 8: Liga conformada de cobalto-níquel-cromo-molibdênio-tungstênio-ferro
Especifica as características e os métodos de ensaio correspondentes para liga conformada de cobalto-níquel-cromo-molibdênio-tungstênio-ferro para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBRISO5832-12 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Parte 12: Liga conformada de cobalto-cromo-molibdênio
Especifica características e métodos de ensaio correspondentes para a liga conformada de cobalto-cromo-molibdênio para uso na fabricação de implantes cirúrgicos.