NBR13695 – Equipamentos de proteção respiratória – Peça facial inteira
Fixa condições mínimas exigíveis para as peças faciais inteiras utilizadas como parte de equipamentos de proteção respiratória, exceto os equipamentos de fuga e de mergulho.

NBR13696 – Equipamentos de proteção respiratória – Filtros químicos e combinados
Fixa condições exigíveis para filtros químicos e combinados para uso como parte de um equipamento de proteção respiratória, excluídos os respiradores de fuga.

NBR13697 – Equipamentos de proteção respiratória – Filtros mecânicos
Fixa condições exigíveis para filtros mecânicos para uso como parte de um equipamento de proteção respiratória, excluídos os respiradores de fuga e as peças faciais filtrantes.

NBR13698 – Equipamentos de proteção respiratória – Peça semifacial filtrante para partículas
Fixa condições mínimas exigíveis para as peças semifaciais filtrantes para partículas, utilizadas como equipamentos de proteção respiratória, exceto respiradores de fuga.

NBR13699 – Sinalização horizontal viária – Tinta à base de resina acrílica emulsionada em água – Requisitos e método de ensaio
Especifica características exigíveis no recebimento de tintas à base de resina acrílica, emulsionadas em água, destinadas à sinalização horizontal viária, fornecidas separadamente das microsesferas de vidro.

NBR13700 – Areas limpas – Classificação e controle de contaminação
Estabelece classes-padrão de limpeza do ar e provê classes intermediárias para salas e zonas de trabalho limpas, baseadas em concentrações especificadas de partículas em suspensão no ar. Prescreve métodos para verificação da classe e requer um plano estab

NBR13701 – Prata refinada
Fixa condições exigíveis para a comercialização da prata refinada, nas seguintes classes: Classe I – Prata com teor mínimo de 99,90 porcento (título 999,0); Classe II – Prata com teor mínimo de 99,95 porcento (título 999,5); Classe III – Prata com teor mí

NBR13702 – Prata refinada – Análise química por espectrometria de absorção atômica
Prescreve método de espectrometria de absorção atômica para determinação do título de prata refinada, sendo necessária uma análise qualitativa prévia das impurezas da prata.

NBR13703 – Joalheria – Título de ligas de metais preciosos
Estabelece valores mínimos para titulação de ligas de metais preciosos recomendados para o uso em joalherias e afins.

NBR13704 – Flange de ferro fundido maleável, com rosca NBR 6414 – Dimensões e tolerâncias
Padroniza dimensões e as tolerâncias dos flanges de ferro fundido maleável, zincados ou não, com rosca conforme NBR 6414, com ou sem furação, para aplicação sob pressão máxima de serviço de 2,5 MPa (25,0 kgf/centímetros quadrados) em temperaturas de até 1

NBR13705 – Aditivos para arrefecimento de motor endotérmico, tipos A e B, concentrados – Requisitos e determinação das características (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Especifica requisitos exigíveis e os métodos para determinação das características dos aditivos concentrados dos tipos monoetilenoglicol e monopropilenoglicol, tipos A e B, destinados à preparação da solução refrigerante, que por sua vez deve promover o a

NBR13706 – Nãotecido – Determinação da permeabilidade ao ar
Prescreve método para a determinação da permeabilidade ao ar dos Nãotecidos, na presença de pequena diferença de pressão.

NBR13707 – Projeto de revestimento de paredes e estruturas com placas de rocha
Fixa condições exigíveis para a elaboração de projeto de revestimento de paredes e estruturas com placas de rochas.

NBR13708 – Execução e inspeção de revestimento de paredes e estruturas com placas de rocha
Fixa condições exigíveis para a execução e inspeção de revestimento de paredes e estruturas com placas de rocha.

NBR13709 – Aeronave – Aço cromo-níquel-molibdênio 4340 em barras – Especificação
Estabelece condições exigíveis para o aço cromo-níquel-molibdênio 4340 em barras, de qualidade aeronáutica.

NBR13710 – Aeronave – Aço cromo-níquel-molibdênio 4340 em barras – Processo de refusão a vácuo
Estabelece condições exigíveis para o aço cromo-níquel-molibdênio 4340 em barras, de qualidade aeronáutica, por processo de refusão a vácuo.

NBR13711 – Medidores e monitores de contaminação radioativa superficial de radiação alfa, beta e alfa-beta
Fixa condições exigíveis para os medidores e monitores de contaminação radioativa superficial de radiação alfa, beta e alfa-beta.

NBR13712 – Luvas de proteção
Estabelece os princípios gerais para a padronização de luvas de proteção confeccionadas em couro ou tecido.

NBR13713 – Aparelhos hidráulicos acionados manualmente e com ciclo de fechamento automático
Especifica características para recebimento de aparelhos hidráulicos acionados manualmente e com ciclo de fechamento automático, destinados ao uso público e a ambientes onde os fatores higiene e economia de água são imprescindíveis. Não se aplica a válvul

NBR13714 – Sistemas de hidrantes e de mangotinhos para combate a incêndio
Fixa as condições mínimas exigíveis para dimensionamento, instalação, manutenção, aceitação e manuseio, bem como as características, dos componentes de sistemas de hidrantes e de mangotinhos para uso exclusivo de combate a incêndio.

NBR13715 – Estruturas offshore – Amarras – Requisitos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Especifica as características das amarras para uso offshore e acessórios a serem utilizados em amarração de unidades móveis para operações offshore, amarração de unidades de produção flutuantes, amarração de sistemas de carregamento offshore e amarração d

NBR13716 – Equipamento de proteção respiratória – Máscara autônoma de ar comprimido com circuito aberto
Fixa condições mínimas exigíveis para máscaras autônomas de ar comprimido com circuito aberto. Aplica-se também às máscaras autônomas para bombeiros. Não se aplica às máscaras autônomas de circuito aberto para fuga e para equipamentos de mergulho.

NBR13717 – Alimentos de baixa acidez – Determinação da esterilidade comercial (pH maior 4,5)
Prescreve método de ensaio para a determinação da esterilidade comercial (pH maior 4,5) em produtos alimentícios de baixa acidez, acondicionados em embalagens herméticas que sofreram processo de esterilização.

NBR13718 – Alimentos de abixa acidez – Determinaçào da causa de deterioração microbiana
Prescreve método para a determinação da causa de deterioração microbiana de produtos alimentícios de baixa acidez, acondicionados em embalagens herméticas que sofreram processo de esterilização.

NBR13719 – Alimentos ácidos – Determinação de esterilidade comercial (pH menor igual 4,5)
Prescreve método para a determinação da esterilidade comercial (pH menor igual 4,5) em produtos alimentícios ácidos, acondicionados em embalagens herméticas que sofreram processo de esterilização.

NBR13720 – Alimentos ácidos – Determinação da causa de deterioração microbiana
Prescreve método para a determinação da causa de deterioração microbiana de produtos alimentícios ácidos, acondicionados em embalagens herméticas que sofreram processo de esterilização.

NBR13721 – Fio de filamento texturizado – Vocabulário
Define vários tipos de fios de filamento texturizados (ou texturados) como também os termos de processo pelos quais são produzidos.

NBR13722 – Fio sintético – Determinação do torque
Prescreve método para a determinação do torque de um fio sintético de multifilamento texturizado, pelos seguintes métodos: método da distância e método do número de torções da gavinha formada. Aplica-se também a todos os fios sintéticos, de filamentos con

NBR13723-1 – Aparelho doméstico de cocção a gás – Parte 1: Desempenho e segurança
Fixa as características de construção e desempenho, bem como os requisitos e métodos de ensaio para a segurança e identificação de aparelhos domésticos de cocção a gás, embutíveis e não embutíveis, referidos no corpo desta Norma como “aparelhos”.

NBR13723-2 – Aparelho doméstico de cocção a gás – Parte 2: Uso racional de energia
Fixa os requisitos e os métodos de ensaio para a utilização racional de energia dos aparelhos domésticos de cocção a gás, conforme NBR 13723-1.

NBR13724 – Membrana asfáltica para impermeabilização, moldada no local, com estruturantes (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa as condições exigíveis para a construção de membranas asfálticas para impermeabilização, moldadas no local, com uma a três armaduras dos seguintes tipos: armadura tecida, sintética, de poliéster, resinada e termoestabilizada; armadura não tecida, sin

NBR13725 – Fósforos de segurança – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica os requisitos para segurança, desempenho e rotulagem de fósforos de segurança disponíveis ao consumidor, bem como dá os métodos de ensaio necessários para verificação destes requisitos. Aplica-se somente a fósforos de segurança que possuam hast

NBR13726 – Redes telefônicas internas em prédios – Tubulação de entrada telefônica – Projeto
Fixa condições exigíveis para o estudo e/ou elaboração de projetos de tubulação de entrada telefônica aérea e subterrânea para prédios com mais de cinco pontos telefônicos. Aplica-se às instalações novas e às reformas em instalações existentes.

NBR13727 – Redes telefônicas internas em prédios – Plantas/partes componentes de projeto de tubulação telefônica
Estabelece condições exigíveis para a confecção das plantas a serem utilizadas na elaboração de projetos (estudo ou desenho) de tubulação telefônica em prédios. Estabelece também as partes componentes de um projeto de tubulação telefônica.

NBR13728 – Sinalização metroferroviária – Confiabilidade
Fixa critérios para a elaboração de especificação de confiabilidade de itens eletrônicos de sistemas de sinalização metroferroviária. Estas especificações devem estabelecer os níveis de confiabilidade dos itens a que se referem, bem como as condições sob

NBR13729 – Sinalização metroferroviária – Contador de eixo
Fixa condições exigíveis para a instalação de contador de eixos, para sinalização metroferroviária.

NBR13730 – Aparelho de anestesia – Seção de fluxo contínuo – Requisitos de desempenho e segurança
Fixa condições mínimas relativas ao desempenho e à segurança da seção de fluxo contínuo do aparelho de anestesia e seus componentes. Se forem utilizadas técnicas e tecnologias mais avançadas que as desta Norma, que ofereçam vantagens de desempenho, elas p

NBR13731 – Aeroportos – Tinta à base de resina acrílica emulsionada em água – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica características mínimas exigíveis no recebimento de tintas à base de resinas acrílicas emulsionadas em água, para sinalização horizontal de pistas e pátios em aeroportos.

NBR13732 – Couros – Determinação do teor de cálcio
Prescreve método para a determinação do teor de cálcio em couros, por titulação complexométrica.

NBR13733 – Identificação de nitrocelulose em acabamento de couro
Prescreve método para a identificação de nitrocelulose em acabamento de couro

NBR13734 – Roupa hospitalar – Características
Fixa características de fabricação de tecidos hospitalares e padroniza as dimensões dos artigos obtidos a partir deles.

NBR13735 – Nãotecido – Determinação da absorção
Especifica métodos de determinação da absorção de Nãotecido para avaliação do seu comportamento na presença de líquidos, levando-se em consideração: a) tempo de absorção de líquido; b) capacidade de absorção de líquido; c) taxa de capilaridade.

NBR13736 – Agua – Determinação de alcalinidade – Métodos potenciométrico e titulométrico
Prescreve métodos potenciométrico e titulométrico para a determinação de alcalinidade em amostras de águas de abastecimento público, águas naturais, águas minerais e de mesa, águas de abastecimento industrial, efluentes domésticos, efluentes industriais e

NBR13737 – Agua – Determinação de fluoreto – Métodos colorimétrico Spadns, visual de alizarina e eletrodo de íon específico
Prescreve métodos para a determinação de fluoreto em amostras de águas naturais, águas minerais e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais.

NBR13738 – Agua – Determinação de cromo hexavalente – Método colorimétrico da difenilcarbazida
Prescreve método colorimétrico da difenilcarbazida para determinação de cromo hexavalente (Cr6+) em amostras de águas naturais, águas minerais e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, em concentrações superiores a 0,005 mg Cr6+/L.

NBR13739 – Agua – Determinação de manganês total – Método colorimétrico do persulfato
Prescreve método colorimétrico do persulfato para determinação de manganês total em amostras de águas naturais, mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, em concentrações superiores a 0,04 mg Mn/L.

NBR13740 – Agua – Determinação do cromo total – Método colorimétrico da s-difenilcabazida
Prescreve método colorimétrico da s-difenilcarbazida para determinação de cromo total em amostras de água natural, águas minerais e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais.

NBR13741 – Destinação de bifenilas policloradas
Fixa condições exigíveis para a destinação de bifenilas policloradas (PCB’s) e resíduos contaminados com PCB’s.

NBR13742 – Procedimentos de segurança para transportadores contínuos – Transportadores de correia
Fixa procedimentos de segurança para transportadores de correia (TC) a serem observados pelos usuários destes equipamentos, de forma a se garantirem condições seguras de operação e manutenção.

NBR13743 – Roteiro de inspeção para transportadores contínuos em operação – transportadores de correia
Fixa procedimentos básicos de um roteiro de inspeção para transportadores de correia (TC) em operação, de tal forma a se garantir uma vida longa do equipamento, e as condições operacionais e de manutenção seguras.

NBR13744 – Cianetos – Processo de destruição em efluentes de mineração
Especifica características dos processos de destruição de cianetos, visando fornecer subsídios à elaboração de projetos de tratamento de efluentes de mineração, atendendo aos padrões legais vigentes, condições de saúde ocupacional e segurança, operacional

NBR13745 – Transporte ferroviário de mercadoria perigosa – Ficha de declaração de carga
Padroniza princípios gerais para o preenchimento da ficha de declaração de carga para o transporte ferroviário de mercadoria perigosa.

NBR13746 – Tanque rodoviário de plástico reforçado com fibra de vidro
Fixa condições mínimas exigíveis para o projeto, inspeção e recebimento de tanques rodoviários fabricados em plástico reforçado com fibra de vidro, pelo processo de enrolamento, destinado ao transporte rodoviário de produtos perigosos da classe 8 e vinhot

NBR13747 – Junta elástica para tubos e conexões de ferro fundido dúctil – Tipo JE2GS – Especificação
Fixa condições mínimas exigíveis para inspeção e recebimento das juntas elásticas tipo JE2GS, para tubos e conexões de ferro fundido dúctil, de diâmetros nominais de 50 a 2000, destinados às canalizações sob pressão.

NBR13748 – Tecido felpudo – Determinação da resistência ao corrimento do fio de felpa
Especifica método de ensaio para a determinação da resistência ao corrimento do fio de felpa (laço) em tecidos felpudos.

NBR13749 – Revestimento de paredes e tetos de argamassas inorgânicas – Especificação
Fixa condições exigíveis para o recebimento de revestimento de argamassas inorgânicas aplicadas sobre paredes e tetos de edificações. Esta norma aplica-se ao revestimento de elementos constituídos por concreto e alvenarias.

NBR13750 – Sistemas respiratórios – Sistemas com absorvedor – Requisitos de desempenho e segurança
Especifica requisitos mínimos para a segurança e o desempenho de sistemas respiratórios completos e seus componentes.

NBR13751 – Vigilância em anestesia e cuidados intensivos – Alarmes de sinalização sonora
Especifica características dos componentes sonoros dos sistemas de alarme, gerados eletricamente, em anestesia e cuidados respiratórios quer seja de instrumentos individuais ou como parte de um sistema centralizado.

NBR13752 – Perícias de engenharia na construção civil
Fixa diretrizes básicas, conceitos, critérios e procedimentos relativos às perícias de engenharia na construção civil.

NBR13753 – Revestimento de piso interno ou externo com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento
Estabelece requisitos para a execução, fiscalização e recebimento de revestimento de pisos externos e internos com placas cerâmicas assentadas com argamassa colante.

NBR13754 – Revestimento de paredes internas com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento
Estabelece requisitos para a execução, fiscalização e recebimento de revestimento de paredes internas com placas cerâmicas assentadas com argamassa colante.

NBR13755 – Revestimento de paredes externas e fachadas com placas cerâmicas e com utilização de argamassa colante – Procedimento (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Estabelece requisitos para a execução, fiscalização e recebimento de revestimento de paredes externas com placas cerâmicas assentadas com argamassa colante específica para fachadas.

NBR13756 – Esquadrias de alumínio – Guarnição elastomérica em EPDM para vedação – Especificação
Fixa condições mínimas exigíveis para composto e guarnição elastomérica em EPDM para vedação de esquadrias de alumínio para usos interno e externo.

NBR13757 – Máquinas injetoras para plástico e elastômeros – Terminologia
Define termos a serem empregados em máquinas injetoras para plásticos e elastômeros, para uso em documentos técnicos de qualquer tipo, como, por exemplo, catálogos, manuais, literaturas, etc., bem como as respectivas unidades.

NBR13758 – Segurança de máquinas – Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores
Estabelece valores para distâncias de segurança, de modo a impedir o acesso e obstruir o livre acesso a zonas de perigo pelos membros inferiores de pessoas com idade superior ou igual a 14 anos. Estes valores são baseados em experiência prática, que se co

NBR13759 – Segurança de máquinas – Equipamentos de parada de emergência – Aspectos funcionais – Princípios para projeto
Especifica princípios de projeto de equipamentos de parada de emergência para máquinas. Não se leva em consideração a natureza da fonte de energia.

NBR13760 – Segurança de máquinas – Folgas mínimas para evitar esmagamento de partes do corpo humano
Possibilita ao usuário (por exemplo, elaboradores de normalização, projetistas e instaladores de máquinas) evitar riscos de zonas de esmagamento. Ela especifica as folgas mínimas relativas às partes do corpo humano e é aplicável quando segurança adequada

NBR13761 – Segurança de máquinas – Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores
Estabelece valores para as distâncias de segurança, de modo a impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores de pessoas com idade superior ou igual a três anos. Estas distâncias se aplicam quando, por si só, são suficientes para garantir segu

NBR13762 – Implantes ortopédicos – Ensaio estático de flexão de placas anguladas
Estabelece método para ensaio estático de flexão para placas anguladas, para a determinação da resistência, rigidez e ductibilidade, e apresenta resultados para deflexão máxima vertical.

NBR13763 – Ventiladores pulmonares para uso medicinal
Especifica requisitos mínimos para o projeto e a fabricação de ventiladores pulmonares para uso medicinal.

NBR13764 – Aeroespacial – Acabamento superficial de componentes de plástico reforçados por fibras
Especifica requisitos para os graus de acabamento superficial de componentes de plástico reforçados por fibras.

NBR13765 – Aeroespacial – Preparação de placas planas de resina reforçadas por fibras de carbono para corpos-de-prova
Descreve preparação de placas planas, com qualquer orientação de camadas unidirecionais ou tecidos de fibras de carbono com resinas termofixas (termorrígidas).

NBR13766 – Redutores de velocidade
Define termos utilizados na especificação de redutores e multiplicadores de velocidade mecânicos.

NBR13767 – Picadores de carne – Requisitos de segurança
Estabelece padrões de segurança aplicáveis a picadores de carne de pequeno e médio portes, cuja boca seja facilmente removível, acionados por motor elétrico ligados a uma rede elétrica, visando assegurar aos seus usuários maior segurança durante a operaçã

NBR13768 – Acessórios destinados à porta corta-fogo para saída de emergência – Requisitos (NOTA:2 ERRATAS A INCORPORAR)
Estabelece as condições exigíveis na fabricação, segurança e funcionamento de acessórios destinados a portas corta-fogo para saída de emergência.

NBR13769 – Bico de pulverização agrícola – Métodos de ensaio
Prescreve métodos de ensaio para estimar a exatidão do desempenho dos bicos hidráulicos de pulverização utilizados na aplicação de defensivos agrícolas.

NBR13770 – Termopar – Calibração por comparação com termorresistência de referência
Especifica método de calibração de termopares convencionais e de isolação mineral, por comparação das forças eletromotrizes térmicas geradas pelos termopares de ensaio com a variação da resistência de uma termorresistência de referência.

NBR13771 – Cabo e fio de compensação e/ou extensão – Calibração por comparação com padrão de referência
Especifica método de calibração de cabo e fio de compensação e/ou extensão, por comparação com um padrão de referência.

NBR13772 – Termorresistência – Calibração por comparação com termorresistência de referência
Especifica método de calibração de termorresistência industrial de platina, por comparação com termorresistência de referência, com a finalidade de constatar se a termorresistência atende os níveis de tolerância estabelecidos pela IEC 751. Esta Norma abra

NBR13773 – Termorresistência industrial de platina – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e métodos de ensaio da termorresistência industrial de platina (TIP), para medição da temperatura, cuja resistência elétrica é uma função definida da temperatura.

NBR13774 – Cabo e fio de compensação e/ou extensão para termopar – Tolerâncias e identificação
Especifica tolerâncias e o sistema de identificação de cabos e fios de compensação e/ou extensão usados em combinação com os termopares especificados pela NBR 12771.

NBR13775 – Máquinas para couro e calçados – Prospectos – Características gerais e técnicas
Estabelece características gerais e técnicas que devem constar em prospectos demonstrativos de máquinas para couro e calçados.

NBR13776 – Veículos rodoviários automotores, seus rebocados e combinados
Classifica veículos rodoviários automotores, seus rebocados e combinados em categorias que determinam o número de passageiros, tipo de veículo, capacidade de carga, bem como sua finalidade.

NBR13777 – Gaxetas de borracha para freios hidráulicos – Verificação da corrosão provocada em cilindros do freio, durante exposição cíclica à umidade e à temperatura
Prescreve método para a verificação da corrosão provocada em cilindros do freio, por gaxetas de borracha pra freios hidráulicos conforme a NBR 5552, durante a exposição cíclica destes cilindros do freio à umidade e à temperatura.

NBR13778 – Máquinas rodoviárias – Determinação da velocidade de deslocamento
Especifica método para determinar a velocidade de deslocamento das máquinas rodoviárias, podendo ser aplicada para máquinas rodoviárias sobre rodas ou esteiras.

NBR13779 – Máquinas rodoviárias – Determinação do centro de gravidade
Especifica método para determinar as coordenadas do centro de gravidade dos equipamentos de terraplenagem, pás-carregadeiras, caminhões fora-de-estrada, motoniveladoras e tratores em qualquer condição de carga ou posição dos acessórios.

NBR13780 – Bronzinas com ou sem flange – Tolerâncias, características de projeto, dados de ensaio
Especifica tolerâncias, características de projetos e dados de ensaio para bronzinas com flange, com diâmetro externo até d índice 0 = 250 mm, e sem flange, com diâmetro externo até d índice 0 = 500 mm. Entretanto, devido à variedade de projetos existente

NBR13781 – Instalação de tanque atmosférico subterrâneo em postos de serviço
Estabelece princípios gerais de segurança exigíveis para a instalação de tanque atmosférico subterrâneo em postos de serviço, fabricado conforme as NBR 13312 e NBR 13785.

NBRISO13781 – Resinas e formas fabricadas de poli(L-lactato) para implantes cirúrgicos – Ensaio de degradação in vitro
Descreve os métodos para a determinação de mudanças química e mecânica nas propriedades de poli(L-lactato) sob condições de ensaio de degradação in vidro.

NBR13782 – Sistema de proteção externa para tanque atmosférico subterrâneo em aço-carbono e suas tubulações para postos de serviço
Estabelece princípios gerais para proteção anticorrosiva externa de tanques atmosféricos em aço-carbono e de suas tubulações para instalação subterrânea, destinadas a postos de serviço de distribuição de combustíveis líquidos.

NBRISO13782 – Implantes para cirurgia – Materiais metálicos – Tântalo puro para aplicações em implantes cirúrgicos
Especifica as características e os métodos de ensaio correspondentes para folha, barra e fio de tântalo puro usado na fabricação de implantes cirúrgicos.

NBR13783 – Instalação hidráulica de tanque atmosférico subterrâneo em postos de serviço
Estabelece princípios gerais de segurança, construção e montagem das tubulações que se interligam ao tanque subterrâneo dos postos de serviço.

NBR13784 – Detecção de vazamento em postos de serviço
Estabelece procedimentos necessários à detecção de vazamentos em sistema de abastecimento subterrâneo de combustíveis (SASC).

NBR13785 – Construção de tanque atmosférico subterrâneo em aço-carbono de parede dupla metálica ou não-metálica
Estabelece princípios gerais para fabricação de tanques cilíndricos em aço-carbono de parede dupla metálica ou não-metálica (tanque jaquetado), que permita o monitoramento intersticial, com o propósito de detectar possíveis vazamentos e evitar a contamina

NBR13786 – Seleção de equipamentos e sistemas para instalações subterrâneas de combustíveis em postos de serviço
Estabelece princípios gerais para seleção dos equipamentos para o sistema subterrâneo de armazenamento e distribuição de combustíveis líquidos destinados a postos de serviço.

NBR13787 – Controle de estoque dos sistemas de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC) nos postos de serviço
Trata exclusivamente do controle de estoque dos tanques do SASC, isto é, através de medição (com régua ou qualquer outro equipamento de medição calibrado) e tabela de arqueação do tanque. Este controle fornecerá subsídios para avaliação de perdas e vazame

NBR13788 – Proteção catódica para sistemas de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC) em posto de serviço
Fixa requisitos mínimos exigíveis para a adoção de proteção catódica em sistemas de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC), através do uso de proteção catódica. Estes sistemas compreendem especialmente: Tanques existentes metálicos, revestidos o

NBR13789 – Terminologia – Princípios e métodos – Elaboração e apresentação de normas de terminologia
Estabelece regras para elaboração e apresentação de normas de terminologia. Ela não fixa princípios e métodos de terminologia, que são tratados na ISO 704.

NBR13790 – Terminologia – Princípios e métodos – Harmonização de conceitos e termos
Fixa enfoque metodológico adotado na harmonização dos conceitos, dos sistemas de conceitos, das definições, dos termos e dos sistemas de termos. Aplica-se à elaboração de glossários nacionais e internacionais.

NBR13791 – Terminologia – Indicativo de línguas – Simbologia
Apresenta símbolos dos nomes das línguas faladas no mundo. Os símbolos foram concebidos para serem utilizados principalmente em terminologia, lexicografia e linguística, mas são igualmente válidos para todos os casos em que se necessite uma identificação

NBR13792 – Proteção contra incêndio, por sistema de chuveiros automáticos, para áreas de armazenamento em geral – Procedimento
Fixa condições mínimas exigíveis para projeto, cálculo, instalação e manutenção de sistemas de chuveiros automáticos para proteção contra incêndio de áreas de armazenamento em geral.

NBR13793 – Segurança de mamadeiras
Fixa as condições exigíveis para fabricação e comercialização de mamadeiras, incluindo recomendações de uso.

NBR13794 – Registro para recipientes transportáveis de aço para 45 kg e 90 kg de gases liquefeitos de petróleo (GLP)
Fixa condições mínimas exigíveis para a fabricação e recebimento dos registros destinados aos recipientes transportáveis de aço para 45 kg e 90 kg de gás liquefeito de petróleo (GLP). Esta norma não se aplica a recipientes utilizados em veículos automotor

NBR13795 – Válvulas de segurança para recipientes transportáveis de aço para gases liquefeitos de petróleo (GLP) – Verificação das pressões de funcionamento
Prescreve método para verificação das pressões de funcionamento das válvulas de segurança para recipientes transportáveis de aço para gases liquefeitos de petróleo (GLP).

NBR13796 – Agua – Determinação de nitrogênio orgânico, Kjeldahl e total – Métodos macro e semimicro Kjeldahl
Prescreve métodos macro e semimicro Kjeldahl para a determinação de nitrogênio orgânico, Kjeldahl e total em amostra de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos, industriais e lodos.

NBR13797 – Agua – Determinação de cloretos – Métodos titulométricos do nitrato mercúrico e do nitrato de prata
Prescreve métodos para a determinação de cloreto em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento e de efluentes domésticos e industriais. Estes métodos são subdivididos em: método A: método titulométrico do nitrato mercúrico; método

NBR13798 – Agua – Determinação de cor – Método da comparação visual
Especifica um método para a determinação de cor em amostras de água de abastecimento, água natural e água mineral e de mesa em geral. Aplica-se para a determinação de cor de intensidade entre 1 mgPt/L e 500 mgPt/L, não sendo aplicável para altos teores de

NBR13799 – Agua – Determinação de cálcio – Métodos titulométricos do EDTA e do permanganato de potássio
Especifica métodos para a determinação de cálcio em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais. Aplicam-se os seguintes métodos: método titulométrico do EDTA – aplica-se à determinação de cálcio

NBR13800 – Agua – Determinação de magnésio – Métodos gravimétrico e por cálculo
Especifica métodos de determinação de magnésio em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais. Aplicam-se os seguintes métodos: método gravimétrico – aplica-se à determinação de magnésio em concen

NBR13801 – Agua – Determinação de arsênio pelo método de dietilditiocarbamato de prata
Especifica método de determinação de arsênio inorgânico em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, pelo método de dietilditiocarbamato de prata. Este método aplica-se para determinação de ars

NBR13802 – Agua – Determinação de selênio pelo método colorimétrico da diaminobenzidina
Especifica método de determinação de selênio em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, pelo método colorimétrico da diaminobenzidina. Este método aplica-se à determinação em concentrações de

NBR13803 – Agua – Determinação de mercúrio total pelo método da espectrometria de absorção atômica por geração de vapor a frio
Especifica método de determinação de mercúrio total em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, pelo método da espectrometria de absorção atômica, empregando a técnica da vaporização a frio. A

NBR13804 – Agua – Determinação de sílica pelos métodos de molibdossilicato, do azul heteropoli e gravimétrico
Especifica métodos para determinação de sílica em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes industriais e domésticos. Aplicam-se os seguintes métodos: método A – método do molibdossilicato: recomendado para amostras con

NBR13805 – Agua – Determinação de potássio – Método da espectrofotometria por emissão em chama
Especifica método para a determinação de potássio em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, pelo método da espectrofotometria por emissão em chama.

NBR13806 – Agua – Determinação de sódio – Método da espectrometria por emissão em chama
Especifica método para a determinação de sódio em amostras de água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria por emissão em chama.

NBR13807 – Agua – Determinação de alumínio – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de alumínio em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de abosorção atômica por chama.

NBR13808 – Agua – Determinação de bário – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de bário em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13809 – Agua – Tratamento preliminar de amostras para determinação de metais – Método da espectrometia de absorção atômica/emissão em chama
Especifica métodos de tratamentos preliminares de amostras de água natural, salina, mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, para determinação de metais por espectrometria de absorção atômica/emissão em chama.

NBR13810 – Agua – Determinação de metais – Método de espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de metais (prata, zinco, cádmio, níquel, chumbo, cobalto e cobre) em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13811 – Agua – Determinação de potássio e sódio – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de potássio e sódio em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13812 – Agua – Determinação de cálcio e magnésio – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de cálcio e magnésio em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13813 – Agua – Determinação de estanho – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de estanho em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13814 – Agua – Determinação de cromo – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de cromo em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13815 – Agua – Determinação de ferro – Método da espectrometria de absorção atômica por chama
Especifica método para a determinação de ferro em água natural, água mineral e de mesa, de abastecimento, efluentes domésticos e industriais, por espectrometria de absorção atômica por chama.

NBR13816 – Placas cerâmicas para revestimento – Terminologia
Define termos relativos às placas cerâmicas para revestimento, esmaltadas e não esmaltadas.

NBR13817 – Placas cerâmicas para revestimento – Classificação
Classifica placas cerâmicas para revestimentos, visando promover a especificação correta para o uso.

NBR13818 – Placas cerâmicas para revestimento – Especificação e métodos de ensaios (NOTA:2 ERRATAS INCORPORADAS)
Fixa características exigíveis para fabricação, marcação, declarações em catálogos, recebimento, inspeção, amostragem, ensaios opcionais complementares, métodos de ensaios e aceitação de placas cerâmicas para revestimento.

NBR13819 – Aparelhos sanitários de material cerâmico – Verificação da resistência mecânica
Prescreve método para a verificação da resistência mecânica de aparelhos sanitários fabricados em material cerâmico. O ensaio prescrito se aplica às bacias sanitárias, bidês, lavatórios de fixar na parede e tanques.

NBR13820 – Avaliação de servidões – Procedimento
Estabelece procedimentos para avaliação de servidões impostas a imóveis. E exigida em todas as manifestações que caracterizam o valor de servidões. A determinação deste valor é de responsabilidade e de competência exclusiva dos profissionais legalmente ha

NBR13821 – Vidros de segurança temperados e laminados para a construção civil – Determinação das propriedades mecânicas e ópticas
Especifica métodos de ensaio para a determinação das propriedades mecânicas (resistência aos choques mecânicos e térmicos) e ópticas de vidros de segurança temperados e laminados utilizados na construção civil, para avaliar o comportamento em serviço de c

NBR13822 – Redes telefônicas em edificações com até cinco pontos telefônicos – Projeto (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece padrões e procedimentos, que devem ser seguidos para a elaboração de projetos de redes telefônicas internas com até cinco pontos telefônicos. Aplica-se às instalações novas e às reformas em instalações existentes. Não se aplica à edificações de

NBR13823 – Vagão ferroviário – Espelho – Dimensões
Padroniza dimensões básicas e o tipo de espelhos para vagão ferroviário.

NBR13824 – Vagão ferroviário – Escotilha – Dimensões
Padroniza dimensões básicas de abertura livre de escotilha longitudinal de vagão ferroviário fechado (FE, FH, FP) e hoper (HF, HP, HE e HT), conforme classificados na NBR 11691.

NBR13825 – Vagão ferroviário – Escada e estribo – Dimensões
Padroniza dimensões básicas dos estribos e escadas de vagão ferroviário.

NBR13826 – Agrotóxico – Determinação da densidade
Prescreve método de ensaio para a determinação da densidade de produtos agrotóxicos. Abrange todas as formulações

NBR13827 – Agrotóxico – Determinação da estabilidade da dispersão
Prescreve método de ensaio para a determinação da estabilidade da dispersão de produtos agrotóxicos.

NBR13828 – Agrotóxico – Determinação da granulometria através de peneiramento via seca e teor de pó
Prescreve método de ensaio para a determinação da granulometria por peneiramento via seca e do teor de pó de produtos agrotóxicos.

NBR13829 – Agrotóxico – Determinação da aderência a semente via úmida
Prescreve método de ensaio utilizado para a determinação da aderência de um produto agrotóxico no tratamento via úmida de semente.

NBR13830 – Coleta de amostra de agrotóxico para fins de fiscalização – Procedimento
Fixa condições para a coleta de amostras de agrotóxicos, visando as análises físicas, químicas e físico-químicas de agrotóxicos para fins de fiscalização.

NBR13831 – Thiometon – Análise por cromatografia gasosa com padronização interna
Prescreve método de determinação de teor de thiometon, através de análise por cromatografia gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e às formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13832 – Disulfoton – Análise por cromatografia gasosa com padronização interna
Prescreve método de determinação de teor de disulfoton, através de análise por cromatografia gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e às formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13833 – Hidroxissulfato de cálcio e cobre – Análise por via eletrolítica
Prescreve método de determinação do cobre em hidroxissulfato de cálcio e cobre por via eletrolítica. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13834 – Hidróxido de cobre – Análise eletrolítica
Prescreve método de determinação do teor de cobre por via eletrolítica em hidróxido de cobre. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13835 – Norflurazon – Análise por cromatografia gasosa com padronização interna
Prescreve método de determinação de teor de norflurazon, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e às formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13836 – Oxadixil e clorotalonil – Análise por cromatografia líquida com padronização interna
Prescreve método de determinação de teor de oxadixil e clorotalonil, através de análise por cromatografia líquida com padronização interna. Aplica-se às formulações de oxadixil e clorotalonil, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13837 – Disulfoton e cyproconazole – Análise de disulfoton por cromatografia gasosa com padronização interna e cyproconazole por cromatografia líquida com padronização externa
Prescreve método de determinação de teores de disulfoton, através de análise por cromatografia gasosa com padronização interna, e cyproconazole, através de cromatografia líquida com padronização externa, para formulações combinadas dos dois ingredientes a

NBR13838 – Dimethenamid – Análise por cromatografia líquida com padronização interna
Prescreve método de determinação do teor de dimethenamid, através de análise por cromatografia líquida por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e às formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13839 – Fluazifop-p-butil – Análise por cromatogragia gasosa com padronização interna
Especifica método de determinação de teor de fluazifop-p-butil, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13840 – Pirimifos Metil – Análise por cromatografia gasosa com padronização interna
Especifica método de determinação de teor de pirimifos metil, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e às suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13841 – Artigo hospitalar – Tecido de gaze hidrófila purificada
Fixa características de qualidade dos tecidos de gaze hidrófila purificada. Não se aplica a produtos acabados de gaze, e sim somente para o tecido de gaze como subproduto.

NBR13842 – Artigo hospitalar – Determinação de pureza
Especifica um método para a determinação de pureza em substâncias solúveis em água, substâncias gordurosas, resíduos de incineração e corantes corretivos em artigo hospitalar.

NBR13843 – Compressa de gaze
Fixa características da qualidade da compressa de gaze, confeccionada a partir do tecido especificado na NBR 13841.

NBR13844 – Nãotecido – Determinação da resistência à pressão d’água
Especifica um método para medir a resistência do Nãotecido à penetração de líquidos aquosos. E aplicável a materiais construídos de forma a obterem resistência à penetração.

NBR13845 – Cimento aluminoso com agregado padrão – Determinação do tempo de pega
Especifica um método de ensaio para a determinação do tempo de início e fim de pega dos cimentos aluminosos, em argamassa com agregado padrão.

NBR13846 – Cimento aluminoso com agregado padrão – Determinação das resistências à flexão e à compressão à temperatura ambiente
Especifica método de ensaio para a determinação das resistências à flexão e à compressão de cimentos aluminosos com agregado padrão após a obtenção do fim de pega.

NBR13847 – Cimento aluminoso para uso em materiais refratários
Especifica condições exigíveis para o fornecimento de cimentos aluminosos destinados ao uso em materiais refratários.

NBR13848 – Acionador manual para utilização em sistemas de detecção e alarme de incêndio (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Fixa condições mínimas exigíveis para acionadores manuais, para instalações, interna e externa, utilizados em sistemas e alarme de incêndio. Estes acionadores manuais são previstos para serem interligados a sistemas de detecção e alarme de incêndio com su

NBR13849 – Esterilizadores a gás de óxido de etileno puro e suas misturas
Fixa condições exigíveis para esterilizadores a gás, com capacidade volumétrica superior ou igual a 1 U.E., especialmente os usados no campo de medicina. Inclui também o campo industrial, quando, por motivos médicos, materiais devem ser esterilizados.

NBR13850 – Eletrodos descartáveis para uso médico – Determinação das características elétricas
Especifica método de ensaio das características elétricas para ELETRODOS DESCARTAVEIS, tal como está definido na NBR 11189.

NBR13851 – Instrumentais cirúrgico e odontológico – Resistência à esterilização em autoclave, à corrosão e à exposição técnica – Requisitos gerais
Estabelece requisitos gerais para avaliação da resistência de instrumentos cirúrgicos e odontológicos de aço inoxidável à esterilização em autoclave, à corrosão e à exposição térmica. Exigências de uma Norma Brasileira específica têm precedência sobre os

NBR13852 – Instrumentais cirúrgico e odontológico – Requisitos gerais para marcação, embalagem e rotulagem
Especifica requisitos gerais para marcação, embalagem e rotulagem de instrumentais cirúrgicos e odontológicos fornecidos na condição de manufaturados, isto é, antes de esterilização.

NBR13853 – Coletores para resíduos de serviços de saúde perfurantes ou cortantes – Requisitos e métodos de ensaio
Fixa características de coletores destinados ao descarte de resíduos de serviços de saúde perfurantes ou cortantes, tipo A.4, conforme a NBR 12808. Não se aplica a coletores destinados ao descarte exclusivo de agulhas.

NBR13854 – Agulha para fístula arteriovenosa estéril e de uso único – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica características de agulhas para fístula arteriovenosa estéril e de uso único, destinado ao uso em rotinas de hemodiálise.

NBR13855 – Placa vinílica para revestimento de pisos e paredes – Determinação da estabilidade dimensional à imersão em água (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Prescreve o método para determinar as variações das dimensões longitudinais e transversais das placas vinílicas para revestimento de pisos e paredes, provocadas por imersão em água.

NBR13856 – Aguardente de cana – Determinação de acidez titulável total, volátil total e fixa
Prescreve métodos para a determinação de acidez titulável total, volátil total e fixa, em aguardente de cana

NBR13857 – Aguardente de cana – Determinação de ésteres
Prescreve dois métodos para a determinação de ésteres em aguardente de cana, que são os seguintes: método volumétrico; método espectrofotométrico.

NBR13858-2 – Telhas de concreto – Parte 2: Requisitos e métodos de ensaio
Fixa requisitos exigíveis para o recebimento e aceitação de telhas de concreto, destinadas à execução de telhados. Não se aplica à especificação de qualquer revestimento superficial.

NBR13858-1 – Telhas de concreto – Parte 1: Projeto e execução de telhados
Fixa condições exigíveis para o projeto e a execução de telhados com telhas de concreto conforme a NBR 13858-2.

NBR13859 – Proteção contra incêndio em subestações elétricas de distribuição
Fixa critérios para proteção contra incêndio em subestações elétricas de distribuição, nos tipos convencional e de uso múltiplo e compacta abrigada, subterrânea e de uso múltiplo.

NBR13860 – Glossário de termos relacionados com a segurança contra incêndio
Define termos que devem ser adotados na normalização de segurança contra incêndio.

NBR13861 – Transportadores contínuos – Correias transportadoras – Armazenagem, embalagem e manuseio
Estabelece requisitos a serem adotados na armazenagem, embalagem e manuseio de correias transportadoras.

NBR13862 – Transportadores contínuos – Transportadores de correia – Requisitos de segurança para projeto
Estabelece requisitos de segurança para projeto de transportadores de correia, a serem observados pelos fornecedores, fabricantes, projetistas, empresas de engenharia ou quaisquer outros envolvidos com o projeto destes equipamentos, de tal forma a se gara

NBR13863 – Preparação e uso de junção de referência para calibração de termopar
Fixa condições mínimas para preparação e uso de junções de referência para calibração de termopares.

NBR13864 – Mancozeb – Análise por titulação e determinação eletrolítica de oxicloreto de cobre
Prescreve método de determinaçào de teor de oxicloreto de cobre por via eletrolítica e mancozeb por titulação. Aplica-se às formulações de oxicloreto de cobre e mancozeb, devendo obedecer aos ensaio físicos da NBR 8510.

NBR13865 – Cilindro para massas alimentícias – Requisitos de segurança
Estabelece critérios de segurança para cilindros para massas alimentícias e máquinas e equipamentos de padaria; itens individuais de novos equipamentos e aquisição de máquinas usadas ou reformadas devem estar de acordo com os requisitos desta Norma. Aplic

NBR13866 – Aparelho doméstico de cocção – Vidros de segurança temperados – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e métodos de ensaio para vidros de segurança temperados para aparelhos domésticos de cocção. Aplica-se a painéis de vidros temperados, com espessura mínima de 3,0 mm, para os seguintes aparelhos domésticos de cocção: Fogões e fornos.

NBR13867 – Revestimento interno de paredes e tetos com pastas de gesso – Materiais, preparo, aplicação e acabamento
Fixa condições exigíveis quanto aos materiais, preparo, aplicação e acabamento de revestimentos internos de paredes e tetos com pasta de gesso.

NBR13868 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital em 23 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais em 23 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s.

NBR13869 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital para faixa de 10,7 GHz a 11,7 GHz, com capacidade de transmissão de 140 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais ponto a ponto, para faixa de 10,7 GHz a 11,7 GHz, com capacidade de transmissão de 140 Mbit/s.

NBR13870 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital para faixa de 7 425 MHz a 7 725 MHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais ponto a ponto para faixa de 7 425 MHz a 7 725 MHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s.

NBR13871 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital em 38 GHz, com capacidade de transmissão de 2 Mbit/s, 2 x 2 Mbit/s, 4 x 2 Mbit/s ou 8 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais em 38 GHz, com capacidade de transmissão de 2 Mbit/s, 2 x 2 Mbit/s, 4 x 2 Mbit/s ou 8 Mbit/s.

NBR13872 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital em 18 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais em 18 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s.

NBR13873 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital em 38 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais em 38 GHz, com capacidade de transmissão de 8 x 2 Mbit/s, 16 x 2 Mbit/s ou 34 Mbit/s.

NBR13874 – Telecomunicação – Equipamento radiodigital para a faixa de 7 425 MHz a 7 725 MHz, com capacidade de transmissão de 2 Mbit/s, 2 x 2 Mbit/s, 4 x 2 Mbit/s ou 8 Mbit/s
Fixa características técnicas mínimas exigíveis para equipamentos radiodigitais ponto a ponto para a faixa de 7 425 MHz a 7 725 MHz, com capacidade de transmissão de 2 Mbit/s, 2 x 2 Mbit/s, 4 x 2 Mbit/s ou 8 Mbit/s.

NBR13875 – Agrotóxico – Avaliação de compatibilidade físico-química
Estabelece o método para avaliação de compatibilidade físico-química de produtos agrotóxicos e afins em calda de aplicação no campo.

NBR13876 – Cyproconazole CE – Análise por cromatografia gasosa de alta resolução por padronização interna
Prescreve método de determinação contitativa do teor de cyproconazole CE, através de análises por cromatografia gasosa de alta resolução por padronização interna. Aplica-se às formulações concentradas emulsionáveis com cyproconazole, devendo obedecer aos

NBR13877 – Diquat íon – Análise por espectrofotometria
Especifica um método de determinação de teor de diquat íon, através de análise por espectrofotometria. Aplica-se ao produtos técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13878 – Napropamide – Análise por cromatografia gasosa por padronização interna
Especifica um método de determinação do teor de napropamide, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13879 – Flutriafol – Análise por cromatografia líquida por padronização interna
Especifica um método de determinação de teor de flutriafol, através de análise por cromatografia em fase líquida por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13880 – Fosmet – Análise por cromatografia gasosa por padronização interna
Especifica um método de determinação de teor de fosmet, através de análise por cromatografia em fase gasosa por padronização interna. Aplica-se ao produto técnico e suas formulações simples, devendo obedecer aos ensaios físicos da NBR 8510.

NBR13881 – Termômetros bimetálicos – Recomendações de fabricação e uso – Terminologia, segurança e calibração
Fixa condições exigíveis do termômetro bimetálico para uso industrial, no que concerne aos aspectos de terminologia, recomendações gerais dimensionais e construtivas, especificações de segurança e de utilização e procedimentos de ensaios. Um outro propósi

NBR13882 – Líquidos isolantes elétricos – Determinação do teor de bifenila policlorada (PCB)
Prescreve métodos para determinação do teor de PCB em líquidos isolantes elétricos. E aplicável a teores de PCB a partir de 3 mg/kg (ppm). Compreende três métodos: método A, que corresponde à análise por sensor de cloro; método B, que corresponde à espect

NBR13883 – Segurança de artigos para festas
Especifica características exigíveis à segurança dos artigos para festas e de época, de fabricação nacional ou importados, utilizados e comercializados no país, e refere-se a possíveis riscos que podem não ser identificados pelo público consumidor, mas qu

NBR13884 – Telecomunicação metroferroviária – Terminologia
Define termos empregados na telecomunicação metroferroviária.

NBR13885 – Placa de circuito impresso para telecomunicação metroferroviária – Modificação ou reparação – Procedimento
Fixa condições exigíveis para modificação ou reparação de placa de circuito impresso para equipamento de telecomunicação metroferroviária. Aplica-se às faces externas da placa multicamada. Não de aplica à placa que utiliza Tecnologia de Montagem sobre Sup

NBR13886 – Eletrificação ferroviária – Fio de contato de 107 mm quadrado – Desgaste – Procedimento
Fixa condições exigíveis à verificação do estado do fio de contato de 107 mm quadrado de rede aérea para tração de trem com velocidade de até 160 km/h, mediante levantamento de sua espessura e inspeção a olho nu, visando determinar providências relativas

NBR13887 – Ferrovia – Acidente do trabalho – Classificação do local
Classifica o local do acidente do trabalho em ferrovia, para fins de estatísticas.

NBR13888 – Construção superior do calçado – Reforços – Terminologia
Define termos de materiais destinados a reforçar a construção superior do calçado. Entende-se que todos os termos são definidos de acordo com seu uso no setor de calçados e correlatos.

NBR13889 – Construção superior do calçado – Laminados sintéticos – Terminologia
Define termos empregados na fabricação e utilização de laminados sintéticos utilizados na fabricação de calçados. Entende-se que todos os termos são definidos de acordo com seu uso no setor de calçados e correlatos.

NBR13890 – Couraças e contrafortes – Tomada do pedaço-de-prova e obtenção de corpos-de-prova
Fixa condições de procedimento para a tomada do pedaço-de-prova e obtenção de corpos-de-prova para ensaios físico-mecânicos e químicos, a partir de chapas de materiais para contraforte e para couraça.

NBR13891 – Laminados sintéticos – Tomada do pedaço-de-prova e obtenção de corpos-de-prova
Fixa condições de procedimento para a tomada do pedaço-de-prova e obtenção de corpos-de-prova para ensaios físicos-mecânicos, a partir de rolos de laminados sintéticos para calçados.

NBR13892 – Construção inferior do calçado – Terminologia
Define termos empregados na fabricação e utilização de materiais destinados à construção inferior de calçados, assim como também define as partes da mesma. Entende-se que todos os termos são definidos de acordo com seu uso no setor de calçados e correlato

NBR13893 – Construção inferior do calçado – Tomada do pedaço-de-prova, da porção-de-prova e obtenção de corpos-de-prova
Fixa condições de procedimento para a tomada do pedaço-de-prova, da porção-de-prova e obtenção de corpos-de-prova a partir de materiais em forma de chapas (solas, entressolas, palmilhas de montagem, papelões, etc.), peças unitárias (solados, tacões, salto

NBR13894 – Tratamento no solo (landfarming) – Procedimento
Fixa condições exigíveis para o tratamento no solo de resíduos sólidos industriais suscetíveis à biodegradação.

NBR13895 – Construção de poços de monitoramento e amostragem – Procedimento
Fixa condições exigíveis para construção de poços de monitoramento de aqüífero freático e dados mínimos para apresentação de projetos de redes de monitoramento.

NBR13896 – Aterros de resíduos não perigosos – Critérios para projeto, implantação e operação – Procedimento
Fixa condições mínimas exigíveis para projeto, implantação e operação de aterros de resíduos não perigosos, de forma a proteger adequadamente as coleções hídricas superficiais e subterrâneas próximas, bem como os operadores destas instalações e populações

NBR13897 – Duto espiralado corrugado flexível, em polietileno de alta densidade, para uso metroferroviário
Fixa condições exigíveis para duto espiralado corrugado flexível, em polietileno de alta densidade (PEAD), suas conexões e terminais (acessórios), para instalação de cabos ópticos e elétricos em redes subterrâneas, ao longo da faixa metroferroviária, util

NBR13898 – Duto espiralado corrugado flexível, em polietileno de alta densidade, para uso metroferroviário
Prescreve métodos de ensaios para verificar as características exigíveis para dutos espiralados corrugados flexíveis em polietileno de alta densidade (PEAD) e seus acessórios, para instalação de cabos ópticos e elétricos em redes subterrâneas, ao longo da

NBR13899 – Segurança do tráfego ferroviário – Trem de socorro
Fixa condições exigíveis ao atendimento de emergência de médio e grande porte, no transporte ferroviário, com trem de socorro. Não se aplica ao atendimento de emergência em transporte de produto perigoso, bem como a serviço de metrô, bonde, trem portuário

NBR13900 – Transporte ferroviário – Produto perigoso – Treinamento
Padroniza conteúdo programático do treinamento de pessoas envolvidas no transporte de produto perigoso por ferrovia.

NBR13901 – Transporte ferroviário – Produtos perigosos – Ficha de emergência
Padroniza confecção da ficha de emergência para o transporte ferroviário de produtos perigosos e fixa as condições exigíveis para o seu correto preenchimento.

NBR13902 – Vagão de combate a incêndio – Equipamento
Padroniza equipamentos e acessórios mínimos necessários para vagão de combate a incêndio (VCI), condicionado ao uso de vagão-tanque com água, em acidente ferroviário.

NBR13903 – Sabão e sabonete em barras – Determinação de umidade e voláteis – Método do forno de microondas
Especifica método para a determinação de umidade e voláteis em sabão e sabonete em barras, utilizando forno de microoondas.

NBR13904 – Fios para sutura cirúrgica
Fixa condições exigíveis na fabricação, armazenagem, controle de qualidade e distribuição de fios para sutura absorvíveis, não absorvíveis naturais e não absorvíveis sintéticos.

NBR13905 – Fios de categute simples e categute cromado (produto semi-acabado) não estéril
Fixa condições exigíveis na fabricação, armazenagem, controle da qualidade e distribuição de fios de categute simples e categute cromado, absorvíveis, de origem animal, produto semi-acabado, não estéril.

NBR13906 – Materiais refratários não-conformados granulados e embalados em contêineres – Amostragem
Especifica método de amostragem de materiais refratários não-conformados granulados, embalados em contêineres, que contenham grãos menores que 15 mm.

NBR13907 – Nãotecido – Determinação da resistência ao estouro
Especifica um método para a determinação da resistência ao estouro de Nãotecidos sujeitos à pressão hidrostática.

NBR13908 – Nãotecido – Preparação de corpos-de-prova para ensaios laboratoriais
Estabelece princípios gerais para preparação de corpos-de-prova para utilização em ensaios laboratoriais de Nãotecidos.

NBR13909 – Rodas de veículos rodoviários – Terminologia
Define termos técnicos de rodas e aros, utilizados em automóveis, veículos deles derivados, de uso misto oou de carga, e seus rebocados, camionetas, microônibus, ônibus, caminhões e seus rebocados.

NBR13910-1 – Diretrizes de ensaios para a determinação de ruído acústico de aparelhos eletrodomésticos e similares – Parte 1: Requisitos gerais
Refere a métodos de engenharia (grau 2 de acordo com a ISO 2204) para a determinação de níveis de potência sonora LW, expressos em decibels (dB) com referência a uma potência sonora de 1 picowatt (1pW), de ruído acústico de condução aérea dentro da faixa

NBR13910-2-3 – Diretrizes de ensaios para a determinação de ruído acústico de aparelhos eletrodomésticos e similares – Parte 2: Requisitos particulares para liquidificadores
As condições de medição especificadas nesta Norma simulam o mais próximo possível a utilização prática de liquidificadores, levando em conta a estabilidade do ruído emitido e a reprodutibilidade em diferentes laboratórios. É recomendado considerar dados d

NBR13910-2-1 – Diretrizes de ensaios para a determinação de ruído acústico de aparelhos eletrodomésticos e similares – Parte 2: Requisitos particulares para refrigeradores, congeladores, combinados e similares
Especifica métodos para a determinação do ruído acústico de transmissão aérea emitido por refrigeradores, congeladores, combinados e aparelhos similares de uso doméstico e uso similar, alimentados pela rede elétrica ou por baterias.

NBR13910-3 – Diretrizes de ensaios para a determinação de ruído acústico de aparelhos eletrodomésticos e similares – Parte 3: Procedimentos para a determinação e verificação de valores declarados de emissão sonora (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Descreve procedimentos para a determinação e verificação dos valores declarados de emissão sonora de aparelhos eletrodomésticos e similares. Aplica-se a todas as categorias de aparelhos eletrodomésticos e similares cobertos pela NBR 13910-1 e pela NBR 139

NBR13910-2-2 – Diretrizes de ensaios para a determinação de ruído acústico de aparelhos eletrodomésticos e similares – Parte 2: Requisitos particulares para secadores de cabelo
Aplicável a secadores de cabelo do tipo manual para uso doméstico ou similar, com e sem acessórios, tais como difusores e concentradores, com aquecimento ou não. Os requisitos para a declaração dos valores de nível de ruído não estão no objetivo desta nor

NBR13911 – Instrumental cirúrgico – Material metálico – Especificações para tarugos, barras e fios de aço inoxidável
Especifica os requisitos mecânicos e de composição química para tarugos, barras e fios de aço inoxidável, de modo a assegurar a consistência nos materiais conformados utilizados, diretamente ou processados por forjamento ou fundição, na produção de isntru

NBR13912 – Instrumental cirúrgico – Tesouras e cisalhas – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e métodos de ensaio para tesouras e cisalhas usadas em cirurgia. Requisitos estabelecidos em uma norma particular têm precedência sobre os requisitos desta norma.

NBR13913 – Instrumental cirúrgico articulado não cortante – Requisitos gerais
Especifica requisitos gerais para instrumental cirúrgico articulado não cortante. Requisitos estabelecidos em uma norma particular têm precedência sobre os requisitos desta Norma.

NBR13914 – Instrumental cirúrgico – Pinça de dissecção – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e os métodos de ensaio para pinças de dissecção.

NBR13915 – Instrumental cirúrgico – Afastadores de aço inoxidável – Requisitos gerais
Especifica requisitos para afastadores cirúrgicos de aço inoxidável.

NBR13916 – Instrumentais cirúrgico e odontológico de aço inoxidável – Acabamento e tratamento superficial
Especifica características superficiais e métodos de preparação de superfície para isntrumentais cirúrgicos e odoontológicos de aço inoxidável.

NBR13917 – Material têxtil – Tecido plano de 100% algodão para roupas profissionais e uniformes
Especifica características e condições necessárias para os tecidos planos de 100% algodão, utilizados na confecção de roupas profissionais e uniformes.

NBR13918 – Móveis – Berços infantis – Requisitos de segurança e métodos de ensaio
Especifica os requisitos de segurança e métodos de ensaio relativos a berços infantis e berços dobráveis para uso doméstico.

NBR13919 – Móveis – Cadeiras altas – Requisitos de segurança e métodos de ensaio
Fixa condições exigíveis relativas à segurança de cadeiras altas de uso doméstico para crianças, copm o objetivo de minimizar acidentes com crianças, resultantes do uso normal e do abuso razoalvelmente previsível das cadeiras altas.

NBR13920 – Aguardente de cana – Determinação do teor alcoólico
Prescreve dois métodos para a determinação do teor alcoólico em aguardente de cana, que são os seguintes: método alcoométrico; método espectrofotométrico no visível.

NBR13921 – Aguardente de cana – Determinação de cobre
Prescreve dois métodos para a determinação de cobre em aguardente de cana, que são os seguintes: método espectrofotométrico de absorção atômica; método espectrofotométrico no visível.

NBR13922 – Aguardente de cana – Determinação de açúcares
Prescreve método para a determinação do teor de açúcares de aguardente de cana, usualmente referido como “método do DNS”.

NBR13923 – Piche – Determinação do ponto de amolecimento – Método Mettler
Estabelece método para a determinação do ponto de amolecimento “PA” de piches na faixa compreendida entre 40 graus Celsius e 250 graus Celsius, pelo método Mettler.

NBR13924 – Piche – Determinação de insóluvel em quinolina (IQ) – Método gravimétrico
Estabelece método de determinação de material insolúvel em quinolina (IQ) em piche, pelo método gravimétrico.

NBR13925 – Piche – Determinação de insolúvel em tolueno (IT) – Método gravimétrico
Estabelece método de determinação de material insolúvel em tolueno (IT) em piche, pelo método gravimétrico.

NBR13926 – Piche e alcatrão – Determinação de cinza – Método gravimétrico
Estabelece método de determinação do teor de cinza em piche e alcatrão, pelo método gravimétrico

NBR13927 – Piche – Determinação do valor de coqueificação (ou carbono fixo) – Método gravimétrico
Estabelece método de determinação do valor de coqueificação (ou carbono fixo) em piche, pelo método gravimétrico.

NBR13928 – Segurança de máquinas – Requisitos gerais para o projeto e construção de proteções (fixas e móveis)
Fixa requisitos para o projeto e a construção de proteções, desenvolvidas primariamente para a proteção de pessoas de riscos mecânicos, incluindo aqueles de partes perigosas de máquinas. Também e dado enfoque na minimização de exposição a riscos não mecân

NBR13929 – Segurança de máquinas – Dispositivos de intertravamento associados a proteções – Princípios para projeto e seleção
Especifica princípios para o projeto e a seleção, independentemente da natureza da fonte de energia, de dispositivos de intertravamento associados a proteções. Também são fixados requisitos específicos para dispositivos de intertravamento elétrico.

NBR13930 – Prensas mecânicas – Requisitos de segurança
Estabelece critérios gerais para segurança aos operadores de prensas, determinando a aplicação de técnicas e requisitos para fabricação e uso, diminuindo os riscos na sua operação.

NBR13931 – Espirômetros – Requisitos
Especifica o desempenho mínimo e critérios de segurança para espirômetros utilizados em seres humanos, para fins de diagnóstico clínico e investigação, e descreve métodos para sua avaliaço.

NBR13932 – Instalações internas de gás liquefeito de petróleo (GLP) – Projeto e execução
Fixa condições mínimas exigíveis para o projeto e execução das instalações de gás liquefeito de petróleo (GLP) na fase vapor com pressão de trabalho máxima de 150 kPa (1,5 kfg/cm2). Aplica-se a todas as instalações em que os aparelhos de utilização sejam

NBR13933 – Instalações internas de gás natural (GN) – Projeto e execução
Fixa condições exigíveis para a elaboração de projeto e execução das instalações destinadas a uso do gás natural, com pressão máxima de 35 kPa (0,35 kgf/cm2). Aplica-se às edificações e construções em geral, em execução ou sujeitas à reforma ou construção

NBR13934 – Agua – Determinação de ferro – Método colorimétrico da ortofenantrolina
Prescreve método colorimétrico da ortofenantrolina para a determinação de ferro total, ferro solúvel, ferro férrico e ferro ferroso em amostras de águas naturais, águas minerais e de mesa, de abastecimento, residuárias domésticas e industriais. Este métod

NBR13935 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliéster modificado – Classe térmica 180 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, classe térmica 180 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13936 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, hermético, à base de poliéster modificado – Classe térmica 180 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, herméticos, classe térmica 180 graus Celsius, grau 2.

NBR13937 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliéster modificado, recoberto com poliamidaimida – Classe térmica 200 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exígiveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, recobertos com poliamidaimida, herméticos, classe térmica 200 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13938 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliimida modificada – Classe térmica 220 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliimida modificada, classe térmica 220 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13939 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliéster modificado, estanhável e aglutinável – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, estanháveis e aglutináveis, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1B e 3B.

NBR13940 – Fio de alumínio esmaltado de seção circular à base de polivinilformal – Classe térmica 120 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de alumínio esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de polivinilformal, classe térmica 120 graus Celsius, graus 1 e 2.

NBR13941 – Fio de alumínio esmaltado de seção circular à base de poliéster modificado – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de alumínio esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1 e 2.

NBR13942 – Fio de alumínio esmaltado de seção circular à base de poliéster modificado – Classe térmica 180 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de alumínio esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, classe térmica 180 graus Celsius, graus 1 e 2.

NBR13943 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano, soldável e aglutinável – Classe térmica 105 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano, soldáveis e aglutináveis, classe térmica 105 graus Celsisus, graus 1B e 2B.

NBR13944 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de polivinilformal – Classe térmica 120 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de polivinilformal, classe térmica 120 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13945 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano – Classe térmica 130 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano, classe térmica 130 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13946 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano recoberto com poliamida – Classe térmica 130 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano recoberto com poliamida, soldáveis, classe térmica 130 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13947 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de epóxi – Classe térmica 130 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de epóxi, classe térmica 130 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13948 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliéster modificado, estanhável – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, estanháveis, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13949 – Fio de cobre esmaltado de seção circular, à base de poliéster modificado, estanhado, recoberto com poliamida – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliéster modificado, recobertos com poliamida, estanháveis, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13950 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13951 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano recoberto com poliamida – Classe térmica 155 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano recoberto com poliamida, soldáveis, classe térmica 155 graus Celsius, graus 1, 2 e 3.

NBR13952 – Fio de cobre esmaltado de seção circular à base de poliuretano, soldável e aglutinável – Classe térmica 130 graus Celsius – Especificação
Fixa condições exigíveis para fios de cobre esmaltados de seção circular, para enrolamento, com isolação à base de poliuretano, soldáveis e aglutináveis, classe térmica 130 graus Celsius, graus 1B e 2B.

NBR13953 – Fio para enrolamento – Ensaios
Prescreve o modo de proceder nos ensaios de fios de cobre ou alumínio esmaltados, com fibras ou papel, de seção circular, retangular e tipo litz, sendo indicado os aparelhos e acessórios para cada ensaio.

NBR13954 – Inspeção de fios para enrolamento – Procedimento
Fixa condições exigíveis para a inspeção no recebimento de fios de cobre ou alumínio, de seção circular, retangular ou encordoados (litz), esmaltados e/ou recobertos com materiais isolantes, para enrolamento.

NBR13955 – Desencalante – Determinação do índice de neutralização
Prescreve método de determinação do índice de neutralização de produtos desencalantes. Determina somente o índice de neutralização relativo à acidez. Substâncias que formam complexos com íons de cálcio não são avaliadas por este método.

NBR13956 – Sílica ativa para uso em cimento Portland, concreto, argamassa e pasta de cimento Portland – Especificação
Estabelece condiçães exigíveis no recebimento de sílica ativa destinada à utilização em concretos, argamassas ou pastas de cimento Portland, seja no estado original, densificada ou na forma de lama, bem como seu emprego como adição durante a fabricação do

NBR13957 – Sílica ativa para uso em cimento Portland, concreto, argamassa e pasta de cimento Portland – Métodos de ensaio
Descreve métodos de ensaios de laboratórios exigíveis na especificação de sílica ativa para uso em concreto, argamassa e pasta de cimento Portland, bem como adição durante a fabricação do cimento Portland.

NBR13958 – Materiais refratários especiais conformados densos para fornos de vidro – Características gerais e especificações
Especifica condições de qualidade dos materiais refratários especiais conformados densos para emprego em fornos de vidro.

NBR13959 – Materiais refratários conformados densos para fornos de vidro – Características gerais e especificações
Especifica condições de qualidade dos materiais refratários conformados densos para emprego em fornos de vidro.

NBR13960 – Móveis para escritório – Terminologia
Define termos empregados relativos a móveis para escritório.

NBR13961 – Móveis para escritório – Armários – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica os armários para escritório.

NBR13962 – Móveis para escritório – Cadeiras – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica as cadeiras para escritório.

NBR13963 – Móveis para escritório – Móveis para desenho – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica os móveis para desenho para escritório.

NBR13964 – Móveis para escritório – Divisórias – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica as divisórias para escritório.

NBR13965 – Móveis para escritório – Móveis para informática – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica os móveis para informática para escritório.

NBR13966 – Móveis para escritório – Mesas – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica as mesas para escritório.

NBR13967 – Móveis para escritório – Sistemas de estação de trabalho – Classificação e características físicas e dimensionais
Especifica características físicas e dimensionais e classifica os sistemas de estação de trabalho para escritório.

NBR13968 – Embalagem rígida vazia de agrotóxico – Procedimentos de lavagens
Estabelece procedimento para a adequada lavagem de embalagens rígidas vazia de agrotóxico que contiveram formulações miscíveis ou dispersíveis em água, classificadas como embalagens não-perigosas, para fins de manuseio, transporte e armazenagem.

NBR13969 – Tanques sépticos – Unidades de tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos – Projeto, construção e operação
Oferece alternativas de procedimentos técnicos para o projeto, construção e operação de unidades de tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos de tanque séptico, dentro do sistema de tanque séptico para o tratamento local de esgotos

NBR13970 – Segurança de máquinas – Temperatura de superfícies acessíveis – Dados ergonômicos para estabelecer os valores limites de temperatura de superfícies aquecidas
Especifica dados relativos às circunstâncias sob as quais o contato com superfícies aquecidas pode causar queimaduras. Esses dados permitem a avaliação de riscos de queimaduras.

NBR13971 – Sistemas de refrigeração, condicionamento de ar e ventilação – Manutenção programada
Estabelece orientações básicas para as atividades e serviços necessários na manutenção programada de conjuntos e componentes em sistemas e equipamentos de refrigeração, condicionamento de ar e ventilação.

NBR13972 – Bebedouros com refrigeração mecânica incorporada – Requisitos de qualidade, desempenho e instalação
Fixa condições mínimas exigíveis para bebedouros de água auto-suficientes que empregam motocompressores de refrigeração projetados para conexões a circuitos de corrente alternada com classificação não superior a 600 Vca, e que fornecem tanto água fria com

NBR13973 – Transporte e armazenagem de gás metano veicular (GMV) em alta pressão – Cilindro em plástico reforçado com selante não-metálico – Projeto, fabricação e inspeção
Fixa condições mínimas exigíveis para o projeto, fabricação seriada e inspeção de cilindros em plástico reforçado, com selante não-metálico, com capacidade volumétrica em água excedendo 20 L, mas não superior a 1000 L, para utilização na armazenagem de GM

NBR13974 – Cabos ópticos – Determinação da resistência pneumática – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio que deve ser aplicado para a determinação da resistência pneumática em cabos pressurizados utilizados em telecomunicações.

NBR13975 – Fibras ópticas – Determinação da força de extração do revestimento – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio para a determinação da força requerida para a extração mecânica do revestimento protetor de fibras ópticas ao longo de seu eixo. Este ensaio não tem o propósito de maximizar a resistência da fibra, após o revestimento ser extraí

NBR13976 – Cabos ópticos – Imersão – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de imersão em cabos ópticos, para a determinação das variações do índice de fluidez, da massa e de aspectos visuais do material analisado.

NBR13977 – Cabos ópticos – Determinação do tempo de indução oxidativa (OIT) – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio para a determinação do tempo de indução oxidativa em geléias, capa e outros materiais poliméricos de cabos ópticos.

NBR13978 – Cabos ópticos – Tração em cabos – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de tração em cabos ópticos.

NBR13979 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Tração do elemento metálico (tubo e/ou elemento ranhurado) – Método de ensaio
Precreve método de ensaio de tração sobre os elementos metálicos (tubo e/ou elemento ranhurado) do cabo pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento mecânico dos elementos metá

NBR13980 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Verificação de protuberâncias internas no tubo metálico – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de verificação de protuberâncias internas no tubo metálico do cabo pará-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar a ocorrência de irregularidades no processo de fabric

NBR13981 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Curto-circuito – Método de ensaio
Precreve método de ensaio de curto-circuito em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão. O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento óptico e mecânico do cabo, quando submetido à passagem de corrente de curto-circuito

NBR13982 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Vibração eólica – Método de ensaio
Precreve método de ensaio de vibração eólica em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão. O objetivo do ensaio é avaliar o desempenho à fadiga do cabo pára-raios com fibras ópticas e as características ópticas das fibras sob v

NBR13983 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Puxamento pela polia – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de puxamento pela polia em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é analisar o desempenho mecânico e óptico do cabo OPGW, quando submetido à tração em ciclos de pass

NBR13984 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Raio mínimo de curvatura – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio para a verificação do raio mínimo de curvatura em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento óptico e mecânico do cabo OPGW, quando submetido

NBR13985 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Tensão-deformação – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de tensão-deformação em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento óptico e mecânico do cabo, quando submetido à força de tração.

NBR13986 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Tração – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de tração em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento óptico e mecânico do cabo, quando submetido à força de tração.

NBR13987 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Torção – Método de ensaio
Prescreve método de ensaio de torção em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW). O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento óptico e mecânico do cabo, quando submetido aos esforços de torção.

NBR13988 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Pressurização do tubo metálico de proteção – Método de ensaio
Prescreve método de execução do ensaio de pressurização do tubo metálico de proteção em cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão. O objetivo deste ensaio é verificar o comportamento do cabo, quando submetido ao ensaio de press

NBR13989 – Cabo óptico subterrâneo – Determinação do desempenho, quando submetido ao ensaio de coeficiente de atrito estático – Método de ensaio
Prescreve a metodologia de determinação do desempenho do cabo óptico subterrâneo, quando submetido ao ensaio de determinação do coeficiente de atrito estático, pelo método da rampa.

NBR13990 – Cabo óptico subterrâneo – Determinação do desempenho, quando submetido à vibração – Método de ensaio
Prescreve a metodologia de determinação do desempenho do cabo óptico subterrâneo, quando submetido ao ensaio de vibração. O objetivo do ensaio é determinar se há alterações das características de atenuação ópticas das fibras, durante e após o cabo óptico

NBR13991 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Determinação do desempenho térmico – Método de ensaio
Prescreve a metodologia de determinação do desempenho térmico do composto de enchimento e do tubete polimérico de cabos OPGW. Entende-se por desemepnho térmico a capacidade do composto de enchimento e do tubete polimérico de suportar aos condicionamentos

NBR13992 – Gasolina automotiva – Determinação do teor de álcool etílico anidro combustível (AEAC)
Prescreve método para a determinação do teor de álcool etílico anidro combustível (AEAC), na faixa de 1% a 100% em volume, em gasolina automotiva tipo “C” e tipo “C – Premium”. Outros álcoois presentes na amostra serão computados como AEAC.

NBR13993 – Alcool etílico anidro combustível (AEAC) – Determinação do teor de hidrocarbonetos
Prescreve método para a determinação do teor de hidrocarbonetos em álcool etílico anidro combustível (AEAC).

NBR13994 – Elevadores de passageiros – Elevadores para transporte de pessoa portadora de deficiência
Fixa as condições exigíveis na elaboração do projeto, fabricação e instalação de elevadores de passageiros, com o fim de adequá-los com características para transportar pessoas portadoras de deficiência que pode locomover-se sem o auxílio de terceiros:

NBR13995 – Materiais têxteis – Determinação do desvio de trama em tecidos planos
Especifica um método de ensaio para determinar o desvio de trama em tecidos planos.

NBR13996 – Máquinas de moldagem por sopro destinadas à produção de artigos ocos de termoplástico – Requisitos técnicos de segurança para projeto e construção
Abrange requisitos essenciais de saúde e segurança para o projeto e construção de máquinas de moldagem por sopro para o processamento de termoplásticos.

NBR13997 – Pastas celulósicas – Amostragem para ensaio
Especifica método para obtenção de uma amostra representativa de um lote de pasta celulósica para fins de ensaio. Aplica-se a todos os tipos de pastas celulósicas embaladas em fardos ou rolos.

NBR13998 – Pasta celulósicas – Determinação do teor de massa seca – Método por secagem em estufa
Especifica método para determinar o teor de massa seca de pastas celulósicas por secagem em estufa. Aplica-se às pastas celulósicas úmidas ou secas ao ar, desde que, além da água, não contenham outras substâncias que possam volatizar-se à temperatura de e

NBR13999 – Pastas celulósicas – Determinação do teor de cinza
Especifica método para determinar o teor de cinza em pastas celulósicas. Aplica-se a todos os tipos de pastas celulósicas.

NBR14000 – Pastas celulósicas – Determinação do teor de cinza insolúvel em ácido
Especifica método para determinar o teor de cinza insolúvel em ácido de pastas celulósicas. Aplica-se a todos os tipos de pastas celulósicas.

NBRISO14001 – Sistemas de gestão ambiental – Especificação e diretrizes para uso
Especifica requisitos relativos a um sistema de gestão ambiental, permitindo a uma organização formular uma política e objetivos que levem em conta os requisitos legais e as informações referentes aos impactos ambientais significativos. Ela se aplica aos

NBR14001 – Pastas celulósicas – Determinação de material solúvel em diclorometano
Especifica método para separar os materiais solúveis em diclorometano das pastas celulósicas. Aplica-se a todos os tipos de pastas químicas e semiquímicas.

NBR14002 – Pastas celulósicas – Determinação da solubilidade em soluções de hidróxido de sódio – Método sulfato ferroso amoniacal
Especifica método para determinar a solubilidade das pastas celulósicas em soluções de hidróxido de sódio de concentrações fixas. As concentrações de hidróxido de sódio mais empregadas são de 18%, 10% e 5% (massa/massa). Aplica-se com mais frequência em p

NBR14003 – Pastas celulósicas – Determinação da consistência
Especifica método para determinar a consistência de pastas celulósicas. Aplcia-se a todos os tipos e suspensões aquosas de pastas celulósicas. O resultado obtido é usado em outros ensaios laboratoriais químicos ou físicos que necessitem da determinação da

NBRISO14004 – Sistemas de gestão ambiental – Diretrizes gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Provê orientação para o desenvolvimento e a implementação de princípios e sistemas de gestão ambiental e sua coordenação com outros sistemas de gestão. As diretrizes nesta Normas são aplicáveis a qualquer organização, independentemente do porte, tipo ou g

NBR14004 – Pastas celulósicas – Determinação da solubilidade em soluções de hidróxido de sódio – Método iodométrico
Especifica método para determinar a solubulidade das pastas celulósicas em soluções de hidróxido de sódio de concentrações fixas.

NBR14005 – Medidor velocimétrico para água fria, de 15 metros cúbicos por hora até 1500 metros cúbicos por hora de vazão nominal
Prescreve método a ser empregado na verificação das principais características de medidores de vazão para água fria, de 15 metros cúbicos por hora a 1500 metros cúbicos por hora de vazão nominal.

NBR14006 – Móveis escolares – Assentos e mesas para instituições educacionais – Classes e dimensões
Padroniza as classes e as dimensões para assentos e mesas escolares, que correspondem aos estágios de crescimento do alunado, data antropométrica, assegurando correta postura ao sentar, proteção à saúde e estruturação corporal do usuário. Permite ainda li

NBR14007 – Móveis escolares – Assentos e mesas para instituições educacionais – Requisitos
Fixa condições míminas exigíveis para encomenda, fabricação e fornecimento de assentos e mesas escolares, usados em instituições educacionais em todo o País, exceto para escolas especiais. Aplica-se a assentos e mesas escolares novos e no estado em que sã

NBR14008 – Veículos rodoviários automotores leves – Determinação do fator de deterioração das emissões de gases durante o acúmulo de rodagem
Estabelece condições e procedimento exigíveis para a determinação do fator de deterioração das emissões de gases, do escapamento e evaporativas, durante a execução de ensaio de acúmulo de rodagem em veículos rodoviários automotores leves.

NBR14009 – Segurança de máquinas – Princípios para apreciação de riscos
Descreve procedimentos básicos, conhecidos como apreciação de riscos, pelos quais os conhecimentos e experiências de projeto, utilização, incidentes, acidentes e danos relacionados a máquinas são considerados conjuntamente, com o objetivo de avaliar os ri

NBRISO14010 – Diretrizes para auditoria ambiental – Princípios gerais
Estabelece princípios gerais de auditoria ambiental aplicáveis a todos os tipos de auditorias ambientais. E recomendado que qualquer atividade definida como uma auditoria ambiental de acordo com esta Norma satisfaça às recomendações nelas constantes.

NBR14010 – Componentes metálicos para calçados – Determinação da resistência ao fosqueamento de peças niqueladas
Prescreve método para determinar o grau de compatibilidade entre componentes metálicos (com revestimentos de níquel) e couros, geralmente utilizados para a confecção de artefatos e cabedais de calçados. O aspecto de compatibilidade avaliado por este métod

NBRISO14011 – Diretrizes para auditoria ambiental – Procedimentos de auditoria – Auditoria de sistemas de gestão ambiental
Estabelece procedimentos que permitem planejar e executar uma auditoria de um SGA, a fim de determinar sua conformidade com os critérios de auditoria de SGA.

NBR14011 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Requisitos
Estabelece características dos aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas, utilizados em edificações cujas instalações elétricas de baixa tensão e hidráulicas de água fria e quente tenham sido projetadas e executadas respectivamente conforme a

NBRISO14012 – Diretrizes para auditoria ambiental – Critérios de qualificação para auditores ambientais
Estabelece diretrizes relativas aos critérios de qualificação para auditores e auditores-líderes ambientais, sendo aplicável tanto a auditores internos quanto a externos. Os critérios para a seleção e composição de equipes de auditoria não são incluídos.

NBR14012 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Verificação da resistência ao desgaste ou remoção da marcação – Método de ensaio
Prescreve método para verificar a resistência ao desgaste ou remoção das etiquetas ou marcações, especificadas na NBR 14011, aplicadas em aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas. Aplica-se a qualquer tipo de etiquetas ou marcações, tais com

NBR14013 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Determinação da potência elétrica – Método de ensaio
Prescreve método para determinação da potência elétrica, referida à tensão nominal, em aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas, utilizados em edificações.

NBR14014 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Determinação do incremento máximo de temperatura – Método de ensaio
Prescreve método para determinação do incremento máximo de temperatura para a maior potência disponível nos aquecedores instantâneos de água ou torneiras elétricas, utilizados em edificações.

NBR14015 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Determinação do consumo de energia elétrica – Método de ensaio
Prescreve método para determinação do consumo de energia elétrica, na tensão nominal, de aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas, utilizados em edificações. Os consumos determinados por este método são o consumo mensal mínimo e o consumo me

NBR14016 – Aquecedores instantâneos de água e torneiras elétricas – Determinação da corrente de fuga – Método de ensaio
Prescreve método para determinação da corrente de fuga, passível de circular através do corpo do usuário, em aquecedores instantâneos de água ou torneiras elétricas, utilizados em edificações. O método se aplica a cada uma das potências, quando disponívei

NBR14017-2 – Tecnologia gráfica – Controle do processo de produção de separação de cores, prova e impressão – Parte 2: Impressão em offset
Especifica um número de parâmetros de processo e seus valores, que devem ser aplicados ao preparar uma separação de cores para impressão em offset, em quadricromia, especialmente por um dos seguintes métodos: impressão de formulários contínuos e provas of

NBR14017-1 – Tecnologia gráfica – Controle do processo de produção de separação de cores, prova e impressão – Parte 1: Parâmetros de processo e métodos de ensaio
Especifica o vocabulário e estabelece um conjunto mínimo de parâmetros de processo, que exlusivamente determinam a reprodução reticulada de uma imagem em quadricromia. Este parâmetros foram selecionados considerando os estágios dos processos de separação

NBR14018-1 – Tecnologia gráfica – Especificação de cor e transparência para escalas de tinta de impressão – Parte 1: Impressão em offset plana e rotativa com sistema de secagem a quente
Especifica um conjunto de cores a serem obtidas a partir de uma série de tintas aplicáveis à impressão em offset em quadricromia, tanto para o processo de prova como para impressão, quando impressas sob condições específicas em um equipamento laboratorial

NBR14019 – Decodificador serial-paralelo para registrador eletrônico programável
Fixa condições mínimas exigíveis para decodificador serial-paralelo utilizado em conjunto com rgistradores eletrônicos programáveis. Também fixa as características mínimas físicas e elétricas necessárias de determinadas partes do equipamento.

NBR14020 – Transporte – Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência – Trem de longo percurso
Estabelece princípios gerais para a acessibilidade à pessoa portadora de deficiência, de forma segura, em trens de longo percurso. Aplica-se tanto a projetos novos quando às adaptações dos projetos já existentes.

NBR14021 – Transporte – Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência – Trem metropolitano (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece os princípios gerais para a acessibilidade à pessoa portadora de deficiência, de forma segura, em trens metropolitanos. Deve ser aplicada em projetos novos. Para os sistemas já existentes, deve ser aplicada sempre que as adaptações resultantes

NBR14022 – Transporte – Acessibilidade à pessoa portadora de deficiência em ônibus e trólebus, para atendimento urbano e intermunicipal
Estabelece os padrões e critérios que visam proporcionar à pessoa portadora de deficiência acessibilidade ao transporte em ônibus e trólebus, para atendimento urbano e intermunicipal.

NBR14023 – Registro de atividades de bombeiros
Estabelece um sistema para padronização do registro de dados dos trabalhos operacionais de bombeiros, contendo os dados mínimos necessários para o seu processamento apropriado por órgãos competentes, para fins legais e estatísticos. Aplica-se a todos os ó

NBR14024 – Centrais prediais e industriais de gás liquefeito de petróleo (GLP) – Sistema de abastecimento a granel (NOTA:EMENDA INCORPORADA)
Fixa as condições exigíveis para o abastecimento de recipientes estacionários ou transportáveis nos consumidores, a partir de locais públicos ou não. Aplica-se a instalações de centrais de GLP constituídas por recipientes estacionários ou transportáveis c

NBR14025 – Nãotecido – Determinação da resistência à penetração de água
Especifica um método de pressão hidrostática para determinar a resistência dos nãotecido à penetração de água. O método é indicado para nãotecido densos.

NBR14026 – Concreto projetado – Especificação
Estabelece os critérios e as condições a serem adotados para o emprego de concreto projetado.

NBR14027 – Roupa hospitalar – Confecção de campo simples
Especifica características e condições necessárias para a confecção de campo simples de uso hospitalar.

NBR14028 – Roupa hospitalar – Confecção de campo duplo
Especifica características e condições necessárias para a confecção de campo duplo de uso hospitalar.

NBR14029 – Agrotóxico – Validação de metodologia analítica para análise de teor de ingrediente ativo em produtos técnicos e formulações de agrotóxicos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Prescreve as condições para validação de metodologia analítica para análise de teor de ingrediente ativo em produtos técnicos e formulações de agrotóxicos.

NBR14030 – Pastas celulósicas – Desagregação a úmido em laboratório
Esta Norma especifica um aparelho e um método para desagregar a úmido, em laboratório, alguns tipos de pastas celulósicas, incluindo fibras recicladas. Estes procedimentos são necessários para outros ensaios que necessitem de desagregação.

NBR14031 – Pastas celulósicas – Determinação da resistência à drenagem pelo aparelho Schopper-Riegler (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Esta Norma especifica um método para determinar a resistência à drenagem de suspensões aquosas de pastas celulósicas pelo aparelho Schopper-Riegler.

NBR14032 – Pastas celulósicas – Determinação de celuloses alfa, beta e gama
Esta Norma especifica um método para determinar as celuloses alfa, beta e gama em pastas celulósicas.

NBR14033 – Móveis de cozinha – Terminologia
Esta Norma define os termos que designam o mobiliário empregado nas cozinhas.

NBR14034 – Móveis de cozinha – Padronização
Esta Norma padroniza as dimensões dos móveis de cozinha.

NBR14035 – Veículo leve sobre trilhos – Requisitos
Esta Norma fixa os requisitos para o veículo leve sobre trilhos (VLT) que trafega em vias urbanas, em área confinada, a céu aberto, túnel ou elevado.

NBR14036 – Aparelho de mudança de via A – Punhos fixos e ajustáveis
Esta Norma fixa as condições exigíveis para fabricação, inspeção, recebimento e utilização de punhos em aparelho de mudança de via A.

NBR14037 – Manual de operação, uso e manutenção das edificações – Conteúdo e recomendações para elaboração e apresentação
Estabelece o conteúdo a ser incluído no Manual de operação, uso e manutenção das edificações, com recomendações para sua elaboração e apresentação.

NBR14038 – Antena VHF de baixo perfil para veículo metro-ferroviário
Fixa as condições exigíveis para antena VHF, de baixo perfil, para veículo metro-ferroviário, para comunicação terra-trem.

NBR14039 – Instalações elétricas de alta tensão (de 1,0 kV a 36,2 kV) (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Fixa as condições exigíveis para o projeto e a execução de instalações elétricas de alta-tensão, com tensão nominal de 1,0 kV a 36,2 kV, à freqüência industrial, de modo a garantir segurança e continuidade de serviço. Aplica-se a partir da origem da insta

NBR14040-3 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 3: Equipamentos obrigatórios e proibidos (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 2 – Equipamentos obrigatórios e proibidos. Esta norma utiliza o método de inspeção visual.

NBR14040-7 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 7: Direção
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 6 – Direção. Esta norma utiliza o método de inspeção visual e inspeção mecanizada.

NBR14040-10 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 10: Sistemas e componentes complementares
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 9 – Sistemas e componentes complementares. Esta norma utiliza o método de inspeção visual.

NBR14040-9 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 9: Pneus e rodas
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 8 – Pneus e rodas. Esta norma utiliza o método de inspeção visual.

NBR14040-8 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 8: Eixos e suspensão (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular, denominada nesta parte da norma de grupo 7 – Eixos e suspensão. Esta norma utiliza o método de inspeção visual, para veículos leves e pesados, e a inspeção mecanizada somente para veículo

NBR14040-12 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 12: Habilitação de inspetores de segurança veicular
Especifica os requisitos mínimos relativos à habilitação de inspetores de segurança veicular.

NBR14040-6 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 6: Freios
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 5 – Freios. Esta norma utiliza o método de inspeção visual e inspeção mecanizada.

NBR14040-5 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 5: Iluminação (NOTA:ERRATA INCORPORADA)
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 4 – Iluminação. Esta norma utiliza o método de inspeção visual e inspeção mecanizada.

NBR14040-1 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 1: Diretrizes básicas
Estabelece as diretrizes básicas da inspeção de segurança para veículos ou conjunto de veículos terrestres, abrangendo os princípios, as obrigações e os controles básicos, que se aplicam às pessoas jurídicas envolvidas nessa inspeção.

NBR14040-2 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 2: Identificação
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 1 – Identificação. Esta norma utiliza o método de inspeção visual.

NBR14040-4 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 4: Sinalização
Especifica como deve ser efetuada a inspeção de segurança veicular denominada nesta parte da norma de grupo 3 – Sinalização. Esta norma utiliza o método de inspeção visual.

NBR14040-11 – Inspeção de segurança veicular – Veículos leves e pesados – Parte 11: Estação de inspeção de segurança veicular
Especifica os requisitos mínimos no que se refere aos equipamentos e instalações de uma estação de inspeção de segurança veicular.

NBR14041 – Equipo de infusão estéril e de uso único
Fixa as características para equipos de infusão estéreis e de uso único destinados ao uso médico hospitalar assegurando a compatibilidade de uso com frascos para infusão de soluções e dispositivos intra-venosos.

NBR14042 – Móveis – Ferragens e acessórios – Conectores
Estabelece os diferentes tipos de conectores utilizados em móveis.

NBR14043 – Móveis – Ferragens e acessórios – Dobradiças
Estabelece os diferentes tipos de dobradiças utilizados em móveis.

NBR14044 – Móveis – Ferragens e acessórios – Corrediças
Estabelece os diferentes tipos de corrediças utilizados em móveis.

NBR14045 – Móveis – Ferragens e acessórios – Dispositivos de fechamento e limitadores de movimento
Estabelece os diferentes tipos de dispositivos de fechamento e limitadores de movimento utilizados em móveis.

NBR14046 – Móveis – Ferragens e acessórios – Niveladores
Estabelece os diferentes tipos de niveladores utilizados em móveis.

NBR14047 – Móveis – Ferragens e acessórios – Suporte
Estabelece os diferentes tipos de suporte utilizado em móveis.

NBR14048 – Móveis – Ferragens e acessórios – Puxadores e espelhos e guias para chaves
Estabelece os diferentes tipos de puxadores e espelhos e guias para chaves, utilizados em móveis.

NBR14049 – Móveis – Ferragens e acessórios – Rodízios e suportes para pé
Estabelece os diferentes tipos de rodízios e suporte para pé utilizados em móveis.

NBR14050 – Sistemas de revestimentos de alto desempenho, à base de resinas epoxídicas e agregados minerais – Projeto, execução e avaliação do desempenho – Procedimento (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece os procedimentos para projeto, seleção, execução, inspeção, avaliação do desempenho e recebimento dos produtos e serviços executados com sistemas de revestimentos de alto desempenho (RAD) à base de resinas epoxídicas e agregados minerais. Aplic

NBR14051 – Aguardente de cana – Determinação de metanol
Prescreve o método espectrofotométrico para a determinação de metanol em aguardente de cana.

NBR14052 – Aguardente de cana – Determinação de álcoois superiores
Prescreve o método espectrofotométrico para a determinação de álcoois superiores em aguardente de cana.

NBR14053 – Aguardente de cana – Determinação de aldeídos
Prescreve dois métodos para determinação de aldeídos em aguardente de cana, que são os seguintes: método volumétrico e método espectrofotométrico.

NBR14054 – Artigo hospitalar – Ataduras de gaze
Fixa as características da qualidade da atadura, confeccionada a partir do tecido especificada na NBR 13841.

NBR14055 – Ataduras flexíveis mistas e 100% algodão (crepom) – Determinação do comprimento esticado
Especifica o método para a determinação do comprimento esticado de ataduras flexíveis mistas e 100% algodão (crepom). É um método de referência com o qual todos os outros métodos comerciais ou industriais devem ser comparados para o estabelecimento de sua

NBR14056 – Artigos hospitalar – Ataduras flexíveis mistas e 100% algodão (crepom)
Fixa as características da qualidade das ataduras flexíveis de composição mista e 100% algodão (crepom).

NBR14057 – Ataduras flexíveis esticadas sob carga padrão – Determinação do número de fios de tecidos
Especifica um método para a determinação do número de fios de tecidos de ataduras flexíveis esticadas sob carga de 10 N/cm de largura. É um método de referência com o qual todos os outros métodos comerciais ou industriais devem ser comparados para o estab

NBR14058 – Instrumental cirúrgico – Porta-agulhas – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e métodos de ensaio para porta-agulhas.

NBR14059 – Instrumental cirúrgico – Pinças articuladas – Requisitos e métodos de ensaio
Especifica requisitos e métodos de ensaio para pinças articuladas.

NBR14060 – Segurança ferroviária – Primeiros-socorros
Padroniza as recomendações de procedimentos de primeiros-socorros a serem prestados pela ferrovia a ferido e a doente, e o treinamento de socorristas.

NBR14061 – Implantes para cirurgia – Pinos para uso com fixadores externos – Dimensões
Estabelece requisitos dimensionais para pinos para uso com fixadores externos. Os pinos para uso com fixadores externos são parcialmente rosqueados, sendo que os formatos das roscas são muito variáveis em tamanho e desenho, podendo-se apenas normatizar as

NBR14062 – Arsênio – Processos de remoção em efluentes de mineração
Especifica as características dos processos de romoção de arsênio, visando fornecer subsídios à elaboração de projetos de tratamento de efluentes de mineração, atendendo aos padrões legais vigentes, condições de saúde ocupacional, segurança, operacionalid

NBR14063 – óleos e graxas – Processos de tratamento em efluentes de mineração
Caracteriza processos de remoção de óleos e graxas, de origem mineral, visando fornecer subsídios à elaboração de projetos de tratamento de efluentes de mineração, atendendo os padrões legais vigentes (máximo de 20 mg/L), às condições de saúde ocupacional

NBR14064 – Atendimento a emergência no transporte rodoviário de produtos perigosos (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece as condições mínimas para orientar as ações básicas a serem adotadas por entidades ou pessoas envolvidas dierta ou indiretamente em situações de emergência, no transporte rodoviário de produtos perigosos.

NBR14065 – Destilados de petróleo e óleos viscosos – Determinação da massa específica e da densidade relativa pelo densímetro digital
Estabelece o ensaio para a determinação da massa específica e da densidade relativa de destilados de petróleo e óleos viscosos, que podem ser manuseados normalmente como líquidos a temperaturas de ensaio entre 15°C e 35°C. Sua aplicação limita-se a líquid

NBR14066 – óleos lubrificantes – Determinação de bário, cálcio, magnésio e zinco por espectrometria de absorção atômica
Descreve o método para determinação de bário (de 0,005% p/p a 1,0% p/p), zinco, cálcio e magnésio (de 0,002% p/p a 0,3% p/p) em óleos lubrificantes, por espectrometria de absorção atômica.

NBR14067 – Corante – Preparação de soluções analíticas
Fixa o procedimento para a prepraração de soluções de corantes a serem utilizados nos ensaios analíticos.

NBR14068 – Implantes em odontologia – Requisitos gerais para marcação, embalagem e rotulagem
Especifica os requisitos gerais para marcação, embalagem e rotulagem de implantes dentários fornecidos na condição estéril ou como manufaturado, isto é, antes de esterilização.

NBR14069 – Corante – Determinação da homogeneidade através de cromatografia em camada fina – Método A – Cromatografia em papel – Método B – Cromatografia em placa
Prescreve os métodos para determinação da homogeneidade de corantes, através da cromatografia em papel ou placa, comparativa a uma amostra padrão do corante.

NBR14070 – Alumínio e suas ligas – Determinação de manganês – Método fotométrico com periodato
Prescreve o método de determinação de manganês em alumínio e suas ligas em concentrações de 0,005% a 2,0%, pelo método fotométrico com periodato.

NBR14071 – Alumínio e suas ligas – Determinação de estrônico – Método gravimétrico com sulfato
Prescreve o método de determinação de estrônico em alumínio e suas ligas contendo mais que 0,9% de estrônico, pelo método gravimétrico com sulfato.

NBR14072 – Alumínio e suas ligas – Determinação de cromo – Método oxidativo com persulfato (oxi-redução)
Prescreve o método de determinação de cromo em alumínio e suas ligas em concentrações de 0,2% a 3,0%, pelo método oxidativo com persulfato (oxi-redução).

NBR14073 – Alumínio e suas ligas – Determinação de zinco – Método titulométrico com EDTA
Prescreve o método de determinação de zinco em alumínio e ligas de alumínio em concentrações de 0,3% a 10,0%, pelo método titulométrico com EDTA.

NBR14074 – Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) – Especificação (NOTA:EMENDA A INCORPORAR)
Fixa as condições mínimas exigíeis na fabricação, aceitação ou recebimento de cabos pára-raios com fibras ópticas (OPGW), utilizados preferencialmente em linhas aéreas de tansmissão de energia elétrica. Os cabos pára-raios com fibras ópticas são constituí

NBR14075 – Cordão óptico – Determinação da deformação da fibra óptica por tração do cordão óptico
Prescreve o método para o ensaio de tração em cordões ópticos e determinação da deformação da fibra óptica.

NBR14076 – Cabos ópticos – Determinação do comprimento de onda de corte em fibra monomodo cabeada – Método de ensaio
Prescreve o método para a determinação do comprimento de onda de corte em fibra óptica monomodo cabeada, observando o comprimento de onda no qual a potência transmitida através da fibra muda abruptamente.

NBR14077 – Segurança do usuário – Comunicação visual
Fixa as condições exigíveis para comunicação visual, relativas à segurança do usuário, no transporte de passageiros de todos os sistemas metroferroviários do país.

NBR14078 – Tecnologia gráfica – Controle do processo – Confecção de matrizes de impressão em offset
Define a terminologia, os métodos de prova e os requisitos para o controle do processo de preparação de matrizes de impressão em offser. Aplica-se às chapas de metal pré-sensibilizadas; à exposição de contato, seja em prensa de cópia, máquinas copiadoras

NBR14079 – Pasta celulósica – Determinação da viscosidade intrínseca em solução de cuproetilenodiamina (CUEN) com viscosímetro do tipo capilar
Especifica um método para determinar a visccosidade intrínseca, conhecida também como número limite de viscosidade, usando como solvente solução de cuproetilenodiamina 0,5 M e viscosímetro capilar. Aplica-se a materiais solúveis em cuproetilenodiamina, po

NBR14080 – Pasta celulósica e madeira – Determinação de pentosanas – Método colorimétrico com orcinol
Especifica um método para determinar o teor de pentosanas e pode ser aplicada a madeira e outros materiais ligno-celulósicos e a pastas celulósicas branqueada e não branqueada.

NBR14081 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Especificação (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Estabelece as características exigíveis no recebimento de argamassa colante industrializada destinada ao assentamento de placas de cerâmica, pelo método da camada fina.

NBR14082 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Execução do substrato-padrão e aplicação de argamassa para ensaios
Estabelece os procedimentos para execução do substrato-padrão e aplicação da argamassa colante industrializada para os ensaios de tempo em aberto, resistência de aderência e deslizamento.

NBR14083 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Determinação do tempo em aberto
Especifica um método de ensaio de laboratório para determinação do tempo em aberto para argamassa colante industrializada, destinada ao assentamento de placas de cerâmica em pisos e paredes, pelo método da camada fina.

NBR14084 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Determinação da resistência de aderência
Especifica um método de ensaio de laboratório para determinação da resistência de aderência para argamassa colante industrializada, destinada ao assentamento de placas de cerâmica em pisos e paredes, pelo método da camada fina.

NBR14085 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Determinação do deslizamento
Especifica um método de ensaio de laboratório para determinação do deslizamento de placas cerâmicas, quando assentadas com argamassa colante industrializada em paredes, pelo método da camada fina.

NBR14086 – Argamassa colante industrializada para assentamento de placas de cerâmica – Ensaios de caracterização no estado anidro
Especifica métodos de ensaio para a determinação do resíduo na peneira com abertura de 1,0 mm e da massa específica aparente no estado solto de argamassa colante industrializada, destinada ao assentamento de placas de cerâmica em pisos e paredes, pelo mét

NBR14087 – Telecomunicação – Bloco terminal de rede externa – Requisitos de desempenho
Estabelece requisitos mínimos para blocos terminais de rede externa de telecomunicações.

NBR14088 – Telecomunicação – Bloco terminal de rede interna – Requisitos de desempenho
Estabelece requisitos mínimos para blocos terminais de rede interna de telecomunicações.

NBR14089 – Telecomunicação – Bloco terminal para distribuidor geral – Requisitos de desempenho
Estabelece requisitos mínimos para blocos terminais de distribuidor geral de telecomunicação.

NBR14090 – Cabos telefônicos – Conjunto de emenda aérea selado – Requisitos de desempenho
Tem por objetivo definir os requisitos mínimos e estabelecer os critérios para comprovação de conformidade de conjuntos de emenda aérea selados, aplicados nas emendas de cabos aéreos para telecomunicações com condutores metálicos, tanto para cabos instala

NBR14091 – Cabos telefônicos – Conjunto de emenda aérea não selado – Requisitos de desempenho
Tem por objetivo definir os requisitos mínimos e estabelecer os critérios para comprovação de conformidade de conjuntos de emenda aérea não selados, aplicados nas emendas de cabos aéreos para telecomunicações com condutores metálicos, tanto para cabos ins

NBR14092 – Cabos telefônicos – Conjunto de emenda aérea selado – Método de ensaio
Tem por objetivo estabelecer os métodos de ensaio aplicáveis a conjuntos de emenda aérea selados, utilizados nas emendas de cabos aéreos para telecomunicações com condutores metálicos.

NBR14093 – Cabos telefônicos – Conjunto de emenda aérea não selado – Método de ensaio
Tem por objetivo estabelecer os métodos de ensaios aplicáveis a conjuntos de emenda aérea não selados, utilizados nas emendas de cabos aéreos para telecomunicações com condutores metálicos.

NBR14094 – Fertilizantes – Determinação de nitrogênio total em uréia – Método Kjeldahl simplificado
Especifica o método para determinação de nitrogênio total pelo método Kjeldahl em produtos que contenham nitrogênio amídico como forma de nitrogênio orgânico. Aplica-se a todos os fertilizantes sólidos, líquidos ou em suspensão, que contenham exclusivamen

NBR14095 – Area de estacionamento para veículos rodoviários de transporte de produtos perigosos
Fixa as condições de segurança mínimas exigíveis para as áreas de estacionamento para veículos rodoviários de transporte de produtos perigosos, carregados ou não descontaminados (conforme Decreto nº 96044).

NBR14096 – Viaturas de combate a incêndio (NOTA:ERRATA A INCORPORAR)
Fixa as condições mínimas exigíveis para o projeto, construção e desempenho de viaturas de combate a incêndio. Aplica-se às viaturas novas para combate a incêndio urbano com bombeamento e apoio às operações associadas aos Corpos de Bombeiros públicos e pr

NBR14097 – Termopar isolação mineral
Fixa as condições exigíveis na fabricação, aceitação e/ou recebimento de termopar isolação mineral.

NBR14098 – Construção inferior do calçado – Solas, solados e materiais para este fim – Determinação das medidas lineares
Prescreve o método de ensaio para determinar as medidas lineares de corpos-de-prova e peças inteiras de solas, solados e materiais para este fim.

NBR14099 – Construção superior do calçado – Laminados sintéticos – Determinação da espessura
Prescreve o método de ensaio para determinar a espessura de laminados sintéticos, por meio de apalpadores mecânicos.

NBR14100 – Proteção contra incêndio – Símbolos gráficos para projeto
Estabelece símbolos para serem utilizados nos projetos de proteção contra incêndio nas áreas de arquitetura, engenharia, construção e áreas correlatas, para prover detalhes sobre os equipamentos de proteção contra incêndio, combate ao fogo e meios de fuga

NBR14101 – Papel e cartão – Tubetes – Amostragem para ensaios
Especifica um método para obtenção de uma amostra representativa de um lote de tubetes, para propósitos de ensaios.

NBR14102 – Papel e cartão – Tubetes – Condicionamento das amostras
Especifica as condições de atmosferas para condicionamento e ensaio de tubetes.

NBR14103 – Cabo óptico dielétrico subterrâneo – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cabos ópticos dielétricos subterrâneos. Estes cabos são indicados preferencialmente para instalações subterrâneas em aplicação enterradas ou em linhas de dutos.

NBR14104 – Amostragem e inspeção em fábrica de cabos e cordões ópticos – Procedimento
Fixa os critérios para inspeção em fábrica de cabos e cordões ópticos.

NBR14105 – Manômetros com sensor de elemento elástico – Recomendações de fabricação e uso
Estabelece os critérios para a fabricação e uso dos manômetros, vacuômetros e manovacuômetros com sensor de elemento elástico para indicação de pressão e/ou vácuo para uso industrial, no que concerne aos aspectos de: classificação em classes de exatidão (

NBR14106 – Cordão óptico monofibra – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cordões ópticos. Os cordões ópticos devem ser instalados em ambientes internos, protegidos das intempéries, sendo utilizados para interligação de equipamentos ou dispositivos de interface óptica.

NBR14107 – Bilhetagem – Validador magnético
Padroniza as funções dos validadores empregados nos equipamentos de controle de acesso por bilhetes codificados magneticamente.

NBR14108 – Artigo hospitalar – Gaze em rolo – Requisitos gerais
Especifica as características da qualidade da gaze em rolo, confeccionada a partir do tecido especificado na NBR 13841.

NBR14109 – Móveis para escritório – Armários – Ensaios de estabilidade, resistência e durabilidade
Estabelece os métodos para a determinação da estabilidade, resistência e durabilidade de armários para escritório, totalmente montados e prontos para uso. Aplica-se, independentemente do tipo de material, a todos os tipos de armários para escritório.

NBR14110 – Móveis para escritório – Cadeiras – Ensaios de estabilidade, resistência e durabilidade
Estabelece os métodos experimental e analítico para a determinação da estabilidade e os métodos para determinação de resistência e de durabilidade de cadeiras de escritório, de qualquer material e tipologia. Os métodos experimental e analítico para determ

NBR14111 – Móveis para escritório – Mesas – Ensaios de estabilidade, resistência e durabilidade
Estabelece os métodos para a determinação da estabilidade, resistência e durabilidade de mesas para escritório. Aplica-se, independentemente do tipo de material, a todos os tipos de mesas para escritório.

NBR14112 – Móveis para escritório – Divisórias – Ensaios de estabilidade e resistência
Estabelece os métodos para a determinação da estabilidade e resistência de divisórias para escritório. Aplica-se, independentemente do tipo de material, a todos os tipos de divisórias para escritório, salvo indicações contrárias especificadas na descrição

NBR14113 – Móveis para escritório – Sistemas de estação de trabalho – Ensaios de estabilidade, resistência e durabilidade
Estabelece os métodos para a determinação da estabilidade, resistência e durabilidade de estações de trabalho para escritório. Aplica-se, independentemente do tipo de material, a todos os tipos de estações de trabalho para escritório, sejam elas formadas

NBR14114 – Solo – Solos argilosos dispersivos – Identificação e classificação por meio do ensaio do furo de agulha (pinhole test)
Prescreve o método para obtenção de uma medida direta e qualitativa da dispersibilidade de solos argilosos, pelo fluxo de água destilada através de um pequeno furo feito axialmente, através do corpo-de-prova. A naturaza da solução que flui do corpo-de-pro

NBR14115 – Poliéster reforçado com fibras de vidro – Chapas planas ou onduladas – Requisitos
Fixa os requisitos exigíveis para o recebimento de chapas de poliéster reforçado com fibras de vidro, onduladas ou planas, translúcidas ou opacas, contendo ou não camada protetora contra ação das intempéries, destinadas a obras civis de cobertura ou fecha

NBR14116 – Poliéster reforçado com fibras de vidro – Domos para cobertura ou iluminação zenital – Requisitos
Fixa os requisitos exigíveis para o recebimento de domos em poliéster reforçados com fibras de vidro, translúcidos ou opacos, destinados a obras civis de cobertura ou iluminação zenital.

NBR14117 – Machos retificados para roscar – Rosca métrica ISO com campo de tolerância 4H até 8H e 4G até 6G para roscas normal e fina – Tolerância de fabricação da parte da rosca
Especifica as tolerâncias da parte de rosca de machos para roscar, as quais são usadas na fabricação de roscas métricas ISO com campo de tolerância de 4H até 8H e de 4G até 6G, conforme a NBR 9527 (excluído os campos de tolerâncias 7G e 8G, os quais norma

NBR14118 – Macho para roscar tubos – Tolerâncias da parte roscada do macho
Fixa as tolerâncias para a parte roscada dos machos com perfil retificado (machos para roscar em máquinas e machos finais), destinados às roscas não vedantes para tubos, com abreviatura G, conforme NBR 8133, e às roscas Whithworth para tubos e conexões (f

NBR14119 – Instalações em saneamento – Registro de pressão em ligas de cobre – Requisitos
Fixa as condições exigíveis para o recebimento de registros de pressão, intercambiáveis, em ligas de cobre, destinados a instalações em saneamento. Estas exigências se referem à qualidade do registro de pressão e às faixas de resultados em que devem se si

NBR14120 – Instalações em saneamento – Registro de pressão em ligas de cobre – Dimensões
Padroniza as dimensões e tolerâncias de registro de pressão em ligas de cobre, utilizado em instalações hidrálicas em saneamento.

NBR14121 – Ramal predial – Registro tipo macho em ligas de cobre – Requisitos
Fixa as condições exigíveis para aceitação e/ou recebimento de registro tipo macho em ligas de cobre, destinado à tomada e ao bloqueio para ramal predial, em redes distribuidoras de água. Aplica-se ao registro tipo macho com diâmetro de 20 mm (3/4″).

NBR14122 – Ramal predial – Cavalete galvanizado DN 20 – Requisitos
Fixa as condições mínimas exigíveis para recebimento de cavalete, com tubos de aço galvanizado, conexões de ferro maleável galvanizado, registro de pressão e conjunto porca, tubete e guarnição, destinado a ramais prediais para hidrômetros de até 3 m3/h.

NBR14123 – Ramal predial – Registro tipo macho em ligas de cobre – Verificação da estanqueidade à pressão interna
Prescreve o método de verificação da estanqueidade à pressão interna do registro tipo macho em ligas de cobre para ramal predial, quando aberto e fechado.

NBR14124 – Ramal predial – Registro tipo macho em ligas de cobre – Determinação da perda de carga
Prescreve o método de determinação da perda de carga de registro tipo macho em ligas de cobre para ramal predial.

NBR14125 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Revestimento orgânico – Pintura
Fixa as condições mínimas da qualidade e ensaios de conformidade em revestimento orgânico por pintura, para tratamento de superfície do alumínio e suas ligas, para aplicações de uso geral.

NBR14126 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Revestimento orgânico – Determinação do brilho da película seca de tintas e vernizes
Prescreve o método de determinação da intensidade de brilho especular de um revestimento superficial orgânico seco de tintas e vernizes.

NBR14127 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Determinação da resistência ao impacto da película seca de tintas e vernizes
Prescreve os métodos de determinação da resistência ao impacto de um revestimento superficial orgânico seco e deve ser aplicada na avaliação do desempenho do revestimento orgânico em pó e/ou líquido, em chapas e perfis extrudados de alumínio e suas ligas,

NBR14128 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Determinação da resistência à abrasão do revestimento orgânica – Método de Taber
Prescreve o método de determinação da resistência à abrasão dos revestimentos orgânicos aplicados no tratamento de superfície do alumínio e suas ligas, utilizando-se o método de Taber.

NBR14129 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Método geral
Especifica um método geral para analisar a composição fibrosa de papel, cartão e pasta celulósica. É aplicável a todos os tipos de pastas celulósicas e à maioria de papéis e cartões, incluindo aqueles que contém mais que um tipo de pasta celulósica, difer

NBR14130 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Guia de corantes
Apresenta um guia para selecionar os corantes mais apropriados na análise da composição fibrosa de papel, cartão e pasta celulósica.

NBR14131 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Método de ensaio com o corante Herzberg
Especifica um método para preparação, uso e reações de fibras com o corante Herzberg. Deve ser usada em conjunto com a NBR 14129 e, se necessário, com outros métodos citados na NBR 14130.

NBR14132 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Método de ensaio com o corante Graff “C”
Especifica um método para preparação, uso e reações de fibras com o corante Graff “C”. Deve ser usada em conjunto com a NBR 14129 e, se necessário, com outros métodos citados na NBR 14130.

NBR14133 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Método de ensaio com o corante Lofton-Merritt (modificação de Wisbar)
Especifica um método para preparação, uso e reações de fibras com o corante Lofton-Merritt. Deve ser usada em conjunto com a NBR 14129 e, se necessário, com outros métodos citados na NBR 14130.

NBR14134 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Determinação do coarseness da fibra
Especifica um método para determinar o coarseness, que é uma propriedade da fibra que caracteriza as pastas celulósicas. O fator de massa usado para análise da composição fibrosa de papel, cartão e pasta celulósica pode ser calculado a partir do coarsenes

NBR14135 – Papel, cartão e pasta celulósica – Análise da composição fibrosa – Determinação do fator de massa
Especifica dois métodos para determinar o fator de massa de fibras usado para análise da composição fibrosa de papel, cartão e pasta celulósica. O fator de massa pode ser obtido por comparação com outras fibras ou calculado a partir do coarseness da fibra

NBR14136 – Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo até 20 A/250 Vc.a. – Padronização
Padroniza as dimensões de plugues e tomadas de características nominais até 20 A/250 V em corrente alternada, para uso doméstico e análogo, para a ligação a sistemas de distribuição com tensões nominais compreendidas entre 100 V e 250 V em corrente altern

NBR14137 – Segurança do tráfego – Inspeção e segurança no tráfego de auto de linha
Fixa condições exigíveis para a inspeção e circulação de autos de linha e serviço para segurança do tráfego. Não se aplica ao atendimento de emergência em transporte de produto perigoso, bem como a serviço do metrô, bonde, trem portuário, industrial e de

NBR14138 – Via férrea – Trem – Revista e equipagem – Inspeção de Segurança do tráfego
Fixa as condições exigíveis para inspeção de segurança do tráfego em trem formado e sua equipagem.

NBR14139 – Via férrea – Locomotiva – Inspeção de segurança do tráfego
Fixa as condições exigíveis para a inspeção de segurança do tráfego de locomativa.

NBR14140 – Alimentos e bebidas – Análise sensorial – Teste de análise descritiva quantitativa (ADQ)
Fixa conceitos e procedimentos para aplicação de teste de análise descritiva quantitativa (ADQ) em análise sensorial de alimentos e bebidas.

NBR14141 – Escalas utilizadas em análise sensorial de alimentos e bebidas
Classifica e define as escalas utilizadas em análise sensorial de alimentos e bebidas.

NBR14142 – Nãotecido – Determinação da repelência a água
Especifica um método de ensaio para medir a repelência do nãtecido através de diferentes soluções água-álcool, chamadas de soluções-padrão, baseado no princípio da energia superficial dos nãotecidos.

NBR14143 – Elaboração de projetos de drenagem superficial para fins agrícolas – Requisitos
Estabelece os requisitos mínimos necessários à elaboração de projetos de drenagem superficial para fins agrícolas.

NBR14144 – Elaboração de projetos de drenagem subterrânea para fins agrícolas – Requisitos
Estabelece os requisitos gerais para elaboração e apresentação de projetos de drenagem subterrânea, com a finalidade de remover o excesso de água do solo, para torná-lo adequado ao aproveitamento agrícola ou evitar a salinização.

NBR14145 – Drenagem agrícola – Terminologia e simbologia
Define os termos empregados em drenagem agrícola e os símbolos convencionais necessários para a preparação de cartas, mapas e plantas que integrem o projeto de drenagem para fins agrícolas.

NBR14146 – Ramal predial – Registro tipo macho em ligas de cobre – Dimensões
Padroniza as dimensões e tolerâncias de registro tipo macho em ligas de cobre para ramal predial.

NBR14147 – Aço – Determinação e verificação de profundidade de endurecimento por têmpera superficial
Prescreve o método para determinação e verificação da profundidade de endurecimento por têmpera superficial. Camadas endurecidas por têmpera superficial cujas profundidades sejam superiores a 0,3 mm. Em peças que apresentem dureza inferior à dureza limite

NBR14148 – Veículo rodoviário rebocado de carga – Protetor lateral – Instalação
Padroniza a instalação de protetores laterais em todos os veículos rodoviários rebocados de carga, pertencentes às categorias acima de 3500 kg de massa bruta total. A intenção é conceber aos usuários das estradas e tráfego urbano (pedestres, ciclistas e m

NBR14149 – Gasolina e misturas de gasolina com produtos oxigenados – Determinação da pressão de vapor pelo método seco
Corresponde a uma modificação do método ASTM D 323 (método Reid) e apresenta dois procedimentos de ensaio para a determinação da pressão de vapor de gasolina e misturas de gasolina com produtos oxigenados. É aplicável a gosolina e misturas de gasolina com

NBR14150 – Instalações hidráulicas prediais – Registro de pressão de liga de cobre – Verificação de desempenho
Prescreve os métodos de ensaio que devem ser usados na avaliação do desempenho de registro de pressão destinado a instalações hidráulicas prediais. Tais ensaios permitem a verificação dos seguintes requisitos: estanqueidade à pressão interna; resistência

NBR14151 – Instalações hidráulicas prediais – Registro de gaveta de liga de cobre – Verificação do desempenho
Prescreve os métodos de ensaio que devem ser usados na avaliação do desempenho de registro de gaveta de liga de cobre destinado a instalações hidráulicas prediais. Tais ensaios permitem a verificação dos seguintes requisitos: estanqueidade à pressão inter

NBR14152 – Segurança de máquinas – Dispositivos de comando bimanuais – Aspectos funcionais e princípios para projeto
Especifica os requisitos de segurança para um dispositivo de comando bimanual e sua unidade lógica. Descreve as características principais de um dispositivo de comando bimanual para o alcance de segurança e expõe as combinações de características funciona

NBR14153 – Segurança de máquinas – Partes de sistemas de comando relacionadas à segurança – Princípios gerais para projeto
Especifica os requisitos de segurança e estabelece um guia sobre os princípios para o projeto de partes de sistemas de comando relacionadas à segurança. Para essas partes, específica categorias e descreve as características de suas funções de segurança. I

NBR14154 – Segurança de máquinas – Prevenção de partida inesperada
Especifica medidas de segurança, incorporadas ao equipamento, que objetivam a prevenção da partida inesperada da máquina para permitir intervenções humanas seguras em zonas de perigo. Aplica-se a partidas inesperadas de todos os tipos de fontes de energia

NBR14155 – Tratamento de superfície do alumínio e suas ligas – Determinação da microdureza da camada anôdica
Prescreve o método para medição de dureza de camadas anôdicas em alumínios e suas ligas, através da utilização de aparelho de determinação de microdureza, associado a microscópio mecanográfico.

NBR14156 – Produtos de petróleo – Determinação da pressão de vapor – Minimétodo
Descreve o método para determinação da pressão de vapor total exercida no vácuo por produtos líquidos de petróleo, voláteis, que contenham ar, utilizando instrumentos automatizados de medição de pressão de vapor. Este ensaio é adequado para amostras com p

NBR14157 – óleos lubrificantes – Determinação da perda por evaporação pelo método Noack
Descreve um procedimento específico para a determinação da perda por evaporação de óleos lubrificantes (especialmente de óleos para motores), usando-se a aparelhagem de ensaio Noack para a medição de evaporação. Ensaio refere-se a um conjunto de condições

NBR14158 – Cabo óptico interno – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cabos ópticos internos. Estes cabos são indicados para instalações internas em estações telefônicas, interligando cabos ópticos externos aos distribuidores ópticos e instalações internas comerciais e i

NBR14159 – Cabo óptico com núcleo geleado protegido por capa APL – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação de cabos ópticos com núcleo geleado protegido por capa APL. Estes cabos são indicados preferencialmente para instalações subterrâneas, em linhas de dutos.

NBR14160 – Cabo óptico dielétrico aéreo auto-sustentado – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cabos ópticos dielétricos aéreos auto-sustentados. Estes cabos são indicados preferencialmente para instalações aéreas.

NBR14161 – Cabo óptico dielétrico de emergência – Especificação
Fixa as condições mínimas exigíveis na fabricação dos cabos ópticos dielétricos de emergência. Estes cabos ópticos são destinados à recuperação de sistemas onde ocorreu rompimento do cabo ópticos. Os cabos de emergência são indicados para uso em linhas de

NBR14162 – Aparelhos sanitários – Sifão – Requisitos e métodos de ensaio
Estabelece as exigências para sifões usados em aparelhos sanitários ligados às instalações prediais de esgoto, para a evacuação de águas servidas domésticas. Não se aplica para sifões integrados a aparelhos sanitários tais como bacias sanitárias ou mictór

NBR14163 – Descargas eletrostáticas – Terminologia
Define os termos utilizados no controle das descargas eletrostáticas.

NBR14164 – Símbolos gráficos utilizados no controle das descargas eletrostáticas
Define os símbolos gráficos utilizados no controle das descargas eletrostáticas na indústria eletroeletrônica.

NBR14165 – Via férrea – Travessia elétrica – Requisitos
Fixa as condições exigíveis à travessia de via férrea, por linha de energia elétrica. Não se aplica à travessia de telecomunicação ou de sinalização.

NBR14166 – Rede de referência cadastral municipal – Procedimento
Fixa as condições exigíveis para a implantação e manutenção da Rede de Referência Cadastral Municipal destinada a: apoiar a elaboração e a atualização de plantas cadastrais municipais; amarrar de modo geral, todos os serviços de topografia visando as inco

NBR14167 – Peles salgadas – Determinação do grau de saturação de salmoura e avaliação do grau de conservação
Prescreve o método para determinação do grau de saturação de salmoura contida em peles salgadas e para avaliação do grau de conservação (cura) das peles salgadas, a partir da saturação estimada da salmoura e do teor de umidade.

NBR14168 – Equipo de transfusão para uso único
Fixa as características para equipos de transfusão estéreis e de uso único destinados ao uso médico hospitalar, assegurando a compatibilidade de uso com recipientes para sangue e componentes sangüínios, cateteres intravenosos e cânulas.

NBR14169 – Ocorrência ferroviária – Boletim – Passagem em nível
Padroniza o boletim de ocorrência ferroviária em passagem em nível, para verificação específica de acidente entre o tráfego e o trânsito, e fixa os procedimentos aplicáveis ao seu correto preenchimento.