Com o propósito de cobrança do IPTU e ITBI, cada prefeitura necessita saber a área de terreno e área de construção de cada propriedade do município, após isso, necessita avaliar o terreno e construção, soma os dois valores e aplica um percentual pré- determinado sobre o resultado que será, por fim, o imposto devido.

O IPTU e ITBI são calculados sobre o valor do imóvel e sobre a função social do imóvel. É sabido que, algumas prefeitura cobram menos impostos dos menos favorecidos.

No caso do recadastramento da área de terreno e área de construção de cada imóvel, a prefeitura pode optar por fazer as medições no local, utilizando, para tanto, uma considerável mão-de-obra. Ou, então, contratar empresa de aerofotometria, que, por digitalização de fotos, determinar-se-ão tais áreas.

O tipo e padrão construtivo do imóvel, assim como a sua área e localização do prédio, influenciam no valor da construção. O valor do terreno é fixado através da Planta Genérica do Município – PGM. Na PGM, cada região ou via pública possui um determinado valor por metro quadrado, que multiplicado pela área total do terreno determinará o valor total. – Os valores da PGM são calculados por engenheiros e arquitetos avaliadores.